Skip to content

Mais duas contratações

junho 3, 2011

Foto: Tatiana Lopes/Agência RBS

Apenas mais duas contratações para fechar a janela de transferência no estádio Olímpico. Após a apresentação do volante Gilberto Silva, 34, nesta quinta-feira (02), o Grêmio precisa de apenas mais um zagueiro e um meia-atacante, que possa fazer a função que é atualmente de Lúcio. Para isso, o clube segue negociando a vinda de Esteban Paredes, 30, do Colo Colo, enquanto que Sebastián Coates, 20, do Nacional, voltou a ser cogitado.

Até aqui, não se sabe a que pé anda a situação de Paredes, mas o Grêmio segue negociando a vinda do jogador. Ao contrário do que ocorreu com Ezequiel Miralles, quando o Colo Colo pretendia vendê-lo para fazer caixa, o jogador chileno é ídolo do El Cacique. O próprio Paredes falou em sair, mas vive bem em Santiago e, portanto, não tem razão para forçar a saída, o que torna a negociação mais complexa, embora nada impossível.

Sobre o zagueiro, Coates é alvo de intensa disputa entre cartolas brasileiros. O jogador esteve próximo ao Grêmio, quando este ainda sinalizava parceria com a Traffic. Desde o negócio Ronaldinho, porém, a estrutura dessa relação ficou abalada. Assim o jogador passou a ser cogitado no São Paulo, como sucesso de Diego Lugano. No entanto, a demora por parte do Morumbi em fechar o negócio causa estranheza. Além disso, a empresa de J. Hawilla quer seu nome na Arena. Para isso, precisa mostrar serviço. Talvez comece pelo uruguaio.

Em tempo, volto a dizer que o Grêmio acertou na vinda de Gilberto Silva. Apesar da idade avançada, o volante é um daqueles jogadores que devem encerrar a carreira próximo dos 40 anos, uma vez que é um exemplo de postura profissional. O jogador não é culpado pelo fracasso da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2010. Pelo contrário, onde passou, funcionou, seja no Atlético Mineiro, Arsenal, Panathinaikos e na própria Seleção, onde jogou três Mundiais e ganhou o de 2002. No Grêmio, espera-se que seja uma referência para nossos jogadores, principalmente os mais jovens.

7 Comentários leave one →
  1. Lopes permalink
    junho 3, 2011 10:58 am

    Eu sugeriria Alejandro Martinuccio do Penharol, mas acho quase impossível pelo destaque que obteve e pelo fato de seu time estar na final da LA. Mais viável seria, acredito, Jonathan Fabbro do Cerro Portenho (jogou muito até a eliminação para o Santos). Esteban Paredes do Colo-Colo segue como a principal tentativa, mas poderia especular-se também, quem sabe Lucas Pratto do Universidad Católica lembram dele. Lembrança nada boa não é mesmo? Para a zaga prefiro sem dúvidas Alex Silva que, a pesar do preço, é um baita jogador. Sebastián Coates do Nacional é mais jovem e, talvez, mais barato, mas ainda acho o primeiro muito melhor. Alex Silva não teria problema nenhum com adaptação e, também, acredito que seria titular indiscutível de três, quatro temporadas ou mais. Para escolher apenas dois então, meus eleitos seriam: Fabbro e Alex Silva!

  2. Lopes permalink
    junho 3, 2011 11:12 am

    Meu time ficaria assim: Victor, Gabriel, Mario Fernandes, Alex Silva e Lúcio; Gilberto Silva, Rochenback, Douglas e Fabbro; Leandro e Miralles. E, ainda, tem o retorno do André Lima (se voltar a jogar como antes tem vaga).

  3. vinicius permalink
    junho 3, 2011 5:33 pm

    Acredito que o Grêmio chega forte pelo Coates, digo isso pois comparando com Alex Silva, que lógico tem mais experiência que o Uruguaio, mas tem também um histórico de lesões que pelo investimento deixa a direção um pouco receosa. Vindo Coates o Grêmio praticamente abre mão de Paredes, pois não se pode 3 estrangeiros no Brasileirão, ai neste caso preocupa, pois não vejo jogadores Brasileiros disponiveis com a caracteristica de Paredes, é um Dilema que a direção do Grêmio irá enfrentar. E mais, Coates pode dar futuramente um retorno financeiro que Alex Silva não daria, Coates tem mercado no Exterior, Alex já teve sua chance e não foi bem.

    • Daniel permalink
      junho 3, 2011 5:55 pm

      Outra saída seria dispensar o Escudero, já que é o único que veio por empréstimo e não vem sendo muito utilizado.

    • junho 3, 2011 11:31 pm

      A vinda de Coates em nada atrapalha a negociação de Paredes. O Grêmio pode trazer os dois jogadores normalmente, mas tendo de revezar um dos estrangeiros a cada partida. O Inter, por exemplo, tem quatro estrangeiros e faz isso. Além disso, já existe pressão por parte dos clubes e da FGF de aumentar esse limite de três para cinco jogadores. Levando-se em conta que a nossa economia é a maior da América do Sul, torna-se cada vez mais comum estrangeiros virem pra cá. A CBF terá de mudar mais cedo ou mais tarde.

      • Daniel permalink
        junho 4, 2011 9:33 pm

        Tem razão, estava com a idéia de que eram três estrangeiros por competição e não por partida. Mesmo assim, acho muito difícil que o Coates venha. Pelo que dizem, é muito caro. O Grêmio não deve oferecer o que o Nacional pede e, pra entrar em leilão, tinha que ser um jogador muito mais consagrado.

        A Traffic também não me inspira confiança. Naming rights é uma coisa complicada pra se negociar através de uma empresa que já mostrou não ser muito fiel aos seus clientes.

  4. vinicius permalink
    junho 7, 2011 10:01 am

    Vocês acham que vale a pena sempre ter que decidir quem vai estar na lista dos relacionados? Pelo investimento que seriam e são Coates e Paredes, e Miralles e Escudero, jogadores que ganhariam bem no Olimpico ficarem de fora de uma partida para relacionar Clementino, Lins, Bruno Collaço ou Rafa Marques…. è uma coisa que a direção precisa avaliar muito bem.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: