Skip to content

Preparação física continua deixando a desejar

maio 28, 2011
Flávio Oliveira orienta físico treino com o grupo - Foto: Futura Press

Flávio Oliveira orienta físico treino com o grupo - Foto: Futura Press

Uma antiga dor de cabeça voltou a preocupar o Grêmio nos últimos dias. O número excessivo de lesões e desconfortos musculares sentidos pelos jogadores tem colocado em dúvida, novamente, a qualidade da preparação física do Grêmio.

Ano passado, questionei o trabalho executado por Anderson Paixão e supervisionado pelo pai, Paulo Paixão. Ainda no ano passado, os dois deixaram a preparação física do clube e deram lugar para Flávio de Oliveira. O problema, no entanto, parece não ter fim.

O Grêmio conta, atualmente, com oito jogadores no departamento médico. Gabriel, Vilson, Matheus Magro, Bruno Collaço, Leandro e Adílson sentiram desconforto muscular e estão em fase de recuperação. Já André Lima e Rodolfo lesionaram-se com mais gravidade, havendo necessidade de intervenção cirúrgica.

Ainda que o condicionamento físico dos jogadores não pareça tão precário como no ano passado, as constantes baixas no time vem preocupando não só o torcedor, mas também o técnico Renato Portaluppi. Não é raro o treinador fazer alguma opção de emergência em virtude de uma baixa de última hora. A falta de reposição de qualidade acaba deixando o time dependente. Sem Vilson, o Grêmio precisou utilizar o garoto Saimon. Sem Leandro, o mais novo integrante do departamento médico, o Grêmio deverá ter Lins como reposição para o ataque contra o Atlético-PR, amanhã, às 16h, na Arena da Baixada. Será que é suficiente?

O torcedor fica com uma pulga atrás da orelha com tantas lesões e tantas baixas, por vezes até simultâneas. O que será que está dando errado na preparação física do Grêmio? Uns reclamam do profissional responsável, outros acusam o acúmulo de jogos como principal responsável pelo desgaste. Seja lá o que for, o Grêmio não pode deixar isto passar em branco. Outros times tiveram carga de jogos igual ou superior a nossa e não notou-se um número tão absurdo de lesões. Já são mais de 20 baixas ao longo do ano. O único jogador da equipe principal que ainda não desfalcou o Grêmio por lesão em 2011 é o meia Douglas.

A preparação física é responsável por boa parte do resultado dentro de campo. Não podemos mais correr risco de perder jogadores num campeonato longo como é o Brasileirão. Lesões acontecem, mas não em número tão elevado.

2 Comentários leave one →
  1. Daniel permalink
    maio 28, 2011 8:25 am

    As lesões musculares precisam ser investigadas mesmo, mas não se deve também culpar a preparação física por todos os desfalques. Torções, lesões de ligamento, fraturas… Tudo isso é acidente de trabalho. Não foi má preparação que fez o Rodolfo cair por cima da própria perna no último jogo. Foi uma fatalidade.

    Outro ponto que já ouvi em algumas entrevistas com preparadores e fisioterapeutas é que a condição psicológica dos atletas também influencia em lesões. Só pra lembrar um exemplo recente, aquele Ederson que se lesionou com três minutos de jogo pela seleção por puro nervosismo. E, se pararmos pra pensar, quase não tivemos lesões graves quando o Grêmio estava ganhando tudo no segundo turno no BR’10 e o clima no Olímpico era bem mais leve.

    “O único jogador da equipe principal que ainda não desfalcou o Grêmio por lesão em 2011 é o meia Douglas.”

    Também, pudera. Ele não corre :p

  2. Alex permalink
    maio 28, 2011 7:24 pm

    Olá, Na verdade eu só queria mostrar o video de uma Mini Torcedora Gremista! – Link: http://www.youtube.com/watch?v=be_uH32MjiQ

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: