Skip to content

Carlos Alberto: um problema a menos

abril 28, 2011

Foto: Tatiana Lopes / Agencia RBS

Era um fim previsível a saída de Carlos Alberto do estádio Olímpico Monumental, embora a notícia de sua dispensa tenha surpreendido a todos na tarde desta quinta-feira. Apesar disso, não havia como prever outro futuro para o meia, que nunca engrenou com a camisa do Grêmio e sempre causou polêmicas e mais polêmicas extracampo. Enfim, foi um alívio.

Sempre fui contra a vinda de Carlos Alberto, por saber que era um jogador que não engrenava em clube algum desde a sua saída do Porto, quando ainda era treinado por José Mourinho. É verdade  que conseguiu brilhar em poucos jogos pelo Corinthians, mas não fez falta quando saiu devido à irregularidade. Desde então, passou por Fluminense, Werder Bremen (Alemanha), Botafogo e Vasco da Gama, sem destaque algum nesses clubes.

Apesar disso, tive paciência com Carlos Alberto, dando o apoio necessário para, quem sabe, ele deslanchar no Grêmio. Infelizmente, não foi isso que ocorreu. Com atuações péssimas ou no máximo medianas, o jogador ganhou destaques por meio de sua irresponsabilidade na página pessoal no Twitter, onde a todo o momento discutia e ofendia terceiros.

A dispensa do jogador era questão de tempo, por mais que houvesse a torcida para Carlos Alberto justificar o nome de peso que sua contratação representou. Isso, porém, nunca ocorreu. O meia era um dos vários problemas no time de Renato. Não correspondia quando entrava em campo, perdia a cabeça facilmente, abusava do individualismo e suas jogadas raramente resultavam em uma chance clara de gol. Logo, era um jogador inócuo para os adversários, improdutivo para o Grêmio.

Resta saber qual será o futuro de Carlos Alberto. No Grêmio, ninguém o quer mais. No Vasco da Gama, diretor executivo do clube, Rodrigo Caetano, rechaça a possibilidade de reintegração do meia ao grupo, que disputa a final da Taça Guanabara e deslanchou,  coincidência ou não, após a saída  do jogador. É um homem pagando caro por suas atitudes.

Sobre a diretoria, a dispensa de Carlos Alberto apenas revela, novamente, o quanto está atual administração está perdida. O vice-presidente de futebol, Antonio Vicente Martins, havia dito pouco antes que o grupo do Grêmio era qualificado e que não precisava de contratações. Será que ele mantém esse pensamento com um meia a menos em plena Libertadores? Assim começa a gestão de Paulo Odone, fracassos e mais fracassos.

Off-Topic: Douglas foi absolvido por unânimidade pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD) devido a um suposto chute que teria dado em um atleta do Veranópolis, em partida ocorrida no dia 3 de abril, no Olímpico. Com a decisão, o camisa 10 joga o Grenal deste domingo, na decisão da Taça Farroupilha.

13 Comentários leave one →
  1. Gremista de Coração permalink
    abril 28, 2011 10:08 pm

    Eu também concordo com a saida do C. Alberto, nao mostrou para q veio (assim como Escudero), Grêmio q preisa dum time bem melhor do q tem agora para tentar ir mais longe na LA… Veremos agora o Gauchão… desisão de turno para eles, desisão de título para nós. Precisamos de novos nomes no nosso elenco, parece q Vicente Martins só verá isso após o Gauchão mesmo assim acho dificel um bom jogador vir para o Grêmio.

    • Juliano permalink
      abril 29, 2011 7:15 pm

      Quanto ao Escudero vamos dar um tempo maior, não teve nem 30% das chaces dada a esse maloqueiro do Carlos Alberto. Ele saindo da oportunidade para jovens como Pessali, que pode jogar muito, basta colocar ele no time e dar sequencia.

      • Gremista de Coração permalink
        maio 1, 2011 12:14 am

        Considero o Pessali um bom jogador, q devia estar na lista da Libertadores… e já q falam q o mercado está fraco para mais reforços, pq nao usar os guris da base? pouca experiencia para disputar uma libertadores será?

  2. felipe permalink
    abril 29, 2011 1:19 am

    GURIZADA, ALERTTTTAAAAAAA!!!

    ALGUEM LEU O CP (CORREIO DO POVO) DE HOJE???
    TEM UM POST BEM PEQUENO NO CANTO INFERIOR DIREITO DA PÁGINA 23.
    TA CERTO QUE É DE UM MOVIMENTO CONTRARIO AO ODONE, MAS HÁ INDÍCIOS DE INFORMAÇÕES DE UM ACESSOR DO PRESIDENTE DE QUE OS SUBSTITUTOS PARA O VICE DE FUTEBOL E O TECNICO SERIAM RESPECTIVAMENTE, PAULO PELAIPE E celso juarez ROTH.

    NÃO ACREDITOOOOOOO!!!!

    SOU SÓCIO DE MATRÍCULA 123943, PARTICIPO DO MOVIMENTO GREMIO DO PRATA (NÃO ASSIDUO AINDA), VOTEI NO ODONE, MAS PELO AMOR DE DEUS, MEXER NO RENATO É MEXER COM TODA A ESTRUTURA DE TIME, DE TORCIDA, DE VISÃO, DE CONCEITO E UMA BAITA COVARDIAAAA!!!

    FORA ODONE, NUNCA MAIS GANHA MEU VOTO, FORA VICENTE!!!

    NUNCA QUIS TANTO A VOLTA DE KOFF

    ESPALHEM!!! (mesmo não tendo certeza da veracidade da informação, mas melhor prevenir a remediar)

    • heraldo permalink
      abril 30, 2011 10:21 am

      Felipe, ler o cp, é burrice, pois é o diario oficial dos roseos, segundo ,querer a volta do gagá, agora que foi tirado a pontapé e pela porta dos fundos do c13, vc tá de brincadeira.O GREMIO só se salva com gente nova, e não de grupo velho.

  3. abril 29, 2011 2:43 am

    Eu só fico indignado com uma coisa. Ficamos sem um meia que chute com a perna direita. Mithyuê, Pessali e companhia nem pegam lista… e outra, Escudero, Vilson, Neuton ficam no banco…

    Time ideal seria:

    -Victor
    – Gabriel
    -Vilson
    -Rodolfo
    – Lúcio
    – Adílson (1° volante, só na marcação)
    – Rockemback ( 2° volante saindo dar o combate e ajudando um pouco na marcação)
    – Douglas (Pela meia esquerda e central)
    – (Aqui o grande problema, cadê o meia atacante com que seja destro?) – Mithyuê quem sabe?
    – André Lima
    – Leandro

    o meio do Grêmio precisa se movimentar um pouco mais, tinham que assistir os jogos do barcelona, eles tocam a bola até abrir uma brecha e é sempre toque de primeira, somente jogadas rápidas.
    Mas no Grêmio não, metem a bola no Borges ele domina ( quando consegue) e sempre atrasa a jogada, quem sabe mesmo fazer essa função é o André Lima.

    E pow, tem que ver essa parada de os jogadores volta e meia no DM, sempre a mesma merda toda vez… esses DM do Grêmio tá foda hein…

  4. Andressa permalink
    abril 29, 2011 12:12 pm

    Esse time que o Grêmio tem não vai para a frente nessa Libertadores,o meio esta muito fraco e estão precisando de um bom centroavante de preferência que não fassa falta sem bola,para que não seja expulso e deixe o Grêmio na situação que o Borges deixou na terça pela Libertadores!Tem muito o que melhorar!!!

  5. Giuliano - Gremista SP permalink
    abril 29, 2011 12:33 pm

    Sinceramente, o Odone tá saindo pior que o Duda…perdeu tempo com o dentuço pilantra e perdeu o Jonas…contrataram negos que nao servem nem pra jogar no íbis e tao no Gremio…e o maldito continua após “840” anos falando da batalha dos aflitos…pelamordedeus…se o time nao tiver qualidade, nao adianta nada…como essa direção está perdida…mais um ano perdido…precisamos de dirigentes de visão, nao mumias como Dudas e Odones…e o Renato tem sua parcela de culpa tbm, pois as indicações foram dele.

    Ele é ídolo máximo do nosso Gremio, mas temos que aprender a separar o ídolo do técnico…

    Enfim, com essa direção,mais um ano perdido a se lamentar…

    • Daniel permalink
      abril 29, 2011 3:00 pm

      Que o Renato tem a sua parcela de culpa pela má fase do time (e é grande), eu concordo. Mas não acho que seja pelas indicações.

      Ele trouxe para o Grêmio: Paulão, Vilson, Gabriel, Rodolfo, Vinicius Pacheco, Júnior Viçosa, Lins, Gilson, Clementino e Carlos Alberto. Os três primeiros foram muito bem e importantes no ano passado. Rodolfo e Vinicius ainda não mostraram o futebol das suas melhores fases (no Fluminense e no Flamengo, respectivamente), mas todos sabemos que têm qualidade. Viçosa e Lins são jogadores jovens, que mostram potencial, mas pecam muitas vezes pela falta de experiência (o visível nervosismo do Lins no último jogo, por exemplo). Os três últimos são os únicos que podem ser realmente chamados de decepções.

      Por outro lado, quem a diretoria trouxe? Só um argentino caro e, até o momento, inútil.

      O maior defeito do Renato, ao meu ver, é a falta de “copeirismo”. Temos bons jogadores de um modo geral, mas nenhum deles sabe jogar Libertadores, então quem deveria passar isso pra eles é o técnico. E o Renato, infelizmente, não é o Felipão.

  6. Juliano permalink
    abril 29, 2011 7:20 pm

    Carlos Alberto nem devia ter vindo, só pegou grana, tirou uma vaga de um jogador na libertadores, fez tumulto, bateu boca no twitter (que por sinal ele jogasse 50% do que ele trova no twitter, ele seria melhor que o Messi) e ainda tirou oportunidade de Pessali, que ao meu ver poder ser o outro meia ao lado de Douglas, já que ele tem uma boa habilidade, visão de jogo, recompõe o meio rápido, basta dar sequencia com uma parceria melhor de time.

  7. Filipe Almeida Hackford permalink
    abril 30, 2011 11:40 am

    CA nunca, nunca , nunca deveria ter vindo e JÀ FOI TARDE!

  8. Alfredo Carlet permalink
    abril 30, 2011 5:42 pm

    O jogador da Católica que pisou no rosto do Rochembach vai ser julgado como o Douglas ?
    Sonho grande, GRÊMIO x Barcelona na decisão do Mundial de Clubes.

  9. Darci permalink
    abril 30, 2011 6:18 pm

    Ao Felipe, do terceiro post!

    Só para te lembrar, que Odone foi eleito pelo conselho Deliberativo e nao no Pátio pelo voto dos sócios.
    O Gremio do Prata estava numa chapa e Odone e Vicente Martins em outra! Entao ninguém do Gremio do Prata votou em Odone!
    Se quiseres e puderes, me passa teu sobrenome, que sou do Prata e nao estou recordando de ti.
    Amplexos!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: