Skip to content

Gauchão’11: sem surpresa, sem pontos e sem paciência

março 13, 2011

O Grêmio entrou em campo neste sábado (12) para enfrentar o Cruzeiro-RS pela segunda vez em duas semanas. O time do técnico Renato Portaluppi foi formado praticamente só por reservas, tendo apenas Carlos Alberto como representante do time titular e, por hora, capitão do time. Ele, aliás, prometeu no Twitter na quinta-feira, uma surpresa para o torcedor.

O tricolor começou bem. Logo no começo, o garoto Emerson avançou pela esquerda e tentou encobrir o goleiro Fábio. A bola passou em frente ao gol antes de Faísca afastar. O tempo passava e o Cruzeiro passava a gostar do jogo. Ao contrário do que se imaginava, o time reserva gremista pouco apresentou. Diante de um Cruzeiro embalado pela goleada no Porto Alegre, por 8×0, na quinta-feira (10), o que se viu foi um Grêmio sem entrosamento, sem jogadas ensaiadas e que assistia apaticamente o time de Leocir Dall’Astra tocar a bola e comandar a partida.

Aos 14 minutos, foi a vez de Jô receber na frente e tentar a finalização. Matheus, o grande destaque da partida, saiu e interviu o arremate do atacante.

Cruzeiro fez 2 a 0 nos reservas do Grêmio – Foto: Fernando Gomes

Quase dez minutos mais tarde, o Grêmio chegou novamente. Em boa jogada pela direita, Clementino cruzou e Carlos Alberto se preparava para cabecear, mas foi “atrapalhado” por Emerson. Quaisquer que fossem as tentativas de ataque do Grêmio (meio ou laterais), todas fracassavam. O Cruzeiro ganhou mais ritmo e, percebendo os espaços abertos pela defesa tricolor, abriu o placar. Diego Torres recebeu sem marcação após boa troca de passes e colocou o time visitante na frente.

Com a vantagem no placar, o Cruzeiro passou a administrar o placar. O técnico Renato Portaluppi, ciente da necessidade de mudar o time para promover algum fato novo no segundo tempo, colocou os jogadores reservas para aquecer antes mesmo do final da primeira etapa, que ainda reservava uma chance primorosa que Diego Clementino desperdiçou. Ao avançar pela direita, ficou cara a cara com Fábio, mas arrematou em cima do goleiro do Cruzeiro. Em seguida, foi a vez de Maylson perdeu um gol. Ao receber cruzamento de Bruno Collaço, o volante (improvisado como lateral pela direita) chutou por cima do gol.

O segundo tempo começou com a entrada de Mateus Magro no lugar de Vinícius Pacheco e Saimon no de Mário Fernandes que, segundo Renato, estava gripado e inclusive era dúvida para a partida. Só que o técnico gremista não esperava perder seu capitão logo no começo da segunda etapa. Em grande jogada, Fernando lançou Carlos Alberto que “caiu” na área. O árbitro interpretou como simulação do camisa 19 e lhe aplicou o segundo amarelo, expulsando-o. Renato, revoltado, ironicamente o aplaudiu. Antes de deixar o gramado, entrou em campo para “conversar” com Coruja, mas foi em vão.

Renato invadiu campo e foi contido por Neuton – Foto: Ricardo Giusti

Sem Carlos Alberto e sem técnico, o Grêmio ficou ainda mais vulnerável ao contragolpe cruzeirista e praticamente inoperante no ataque.  Maylson desperdiçou mais uma chance. Wesley errou passe e foi substituído por Lins logo em seguida. Aos 15 minutos,  Jô lançou Diego Torres, que finalizou para ótima defesa de Matheus, com apenas uma mão. Mas na sequência Diego Torres insistiu e deu passe para Almir fazer o segundo gol do Cruzeiro.

O lateral-direito Alex, que acabara de entrar na partida, assustou o goleiro Matheus aos 35 minutos, com um chute cruzado, na trave. Na última tentativa de descontar o placar, Lins fez ótima jogada na entrada da área e cruzou para Clementino. O atacante cabeceou para ótima defesa de Fábio. No rebote, Maylson, livre, praticamente recuou para o goleiro, provocando vaias até dos quero-queros do Olímpico. E ainda deu tempo de Juninho receber livre e chutar próximo ao gol de Matheus, quase marcando o terceiro.

O resultado terminou com a paciência de Renato Portaluppi, que afirmou na coletiva achar inadmissível o fato da equipe gremista ter assistido ao Cruzeiro jogar, especialmente no primeiro tempo.

O time que atuou contra o Cruzeiro descansa neste domingo. Para o grupo principal, treino a partir das 9h30. Na terça, o Grêmio embarca para Huánuco, no Peru, onde na quinta (17) enfrenta o León, pela quarta rodada da Taça Libertadores da América. A partida está marcada para as 17h, horário de Brasília.

5 Comentários leave one →
  1. março 13, 2011 9:28 pm

    Renato bancou a contratação de Carlos Alberto. Todos acreditávamos que, assim com o fez com Douglas, faria Carlos Alberto brilhar com a camisa tricolor. Por enquanto, parece que o plano está saindo exatamente ao contrário, ao invés de Renato colocar Carlos Alberto no estrelato do grupo, Carlos Alberto é quem está queimando o filme de Renato.

  2. giovani montagner permalink
    março 13, 2011 9:42 pm

    também gostei do inicio da equipe, bom toque de bola, ousada, porém muito “facera”. os volantes avançavam demais ou estavam fora de posição e somando a facilidade com que os jogadores adversários passavam pelo maylson, sobrava tudo para os zagueiros.
    – gostei do goleiro matheus.
    – maylson não pode ser lateral, ele tem que jogar como o lucio, sem muita preocupação com a marcação, vindo na defesa e aparecendo no ataque. claro, sem a mesma velocidade e pela direita.
    – o matheus magro vai ser um baita jogador.
    – tanto o fernando quanto o emerson são segundo volante, achei errada a escalação conjunta.
    – vinicius pacheco ainda não tenho uma opinião
    – carlos alberto não pode jogar no meio, muito menos ser centro de time. ele só joga com a bola no pé, então ele deve jogar no ataque, mais próximo da área, onde sua habilidade pode render algo.
    – o Grêmio precisa urgentemente de dois atacantes reservas, um tem que ser de velocidade. torço para o borges não se machucar, senão adeus qualquer chance do tricolor marcar gol. espero uma boa e, principalmente, rápida recuperação do andré lima.
    – podem me criticar a vontade, mas começo a desconfiar da qualificação do nosso treinador.

  3. Filipe Ameida Hackford permalink
    março 14, 2011 9:09 am

    Nunca fui fã desse Carlos Alberto, sempre o achei um jogador problemático, com muito “cartaz” pra pouco futebol, é o tipo de jogador que serve pra Fluminense, Flamengo, Corinthians e etc… Não pra o Grêmio. Sempre fui contra a contratação dele e dei graças a Deus quando o imprestavel do AVM tinha o descartado. E eis que dias depois o estrago tava feito.
    O único jogador que achei que fez boa atuação no jogo contra o Cruzeiro foi o goleiro Matheus. O “Tio Odone” ano passado falou aos 4 cantos que “não iria medir esforços pra o Grêmio ser campeão do mundo” e até agora nada(ele não nega ser político). O time, ou mellhor as peças que tão dando resultado são tudo da gestão anterior. O Odone do qual eu esperava muito(mesmo) tá decepcionanado muito(mesmo). Enquanto o time dos pernetas trazem Bolatti e os Bambis trazem Luis Fabiano, a gente tem de se contentar com micos, com jogadores inexpressivos e uma contratação do Carlos Alberto só porque é um jogador em baixa, por isso o contrataram.
    Pô, se não acham que uma Libertadores precisa de ousadia, vão fazer uma contratação boa e de peso pra um Gauchão no ano que vem?

    Eu critiquei muito o Duda, mas a verdade é que em 2009 ele arriscou/contrataou mais, mesmo errando, pra ser bem sincero, depois que o Meira saiu as coisas começaram a dar certo pra ele.

    Precisavamos de um segundo atacante, agora de um avante também. Eu gostaria muito de ver o Kléber, aquele mesmo, ele tem bom futebol, tem problemas, mas o Renato pode “consertar” ele, acho muito mais válido apostar num cara que tem poder de ser decisivo do que num jogador que é comum como o CA. O Kléber poderia fazer uma ótima parceria com o Borges ou André Lima. Outro jogador que eu acho que poderia render aqui é o argentino Palacio, mas vai falar isso pra nossa competente direção…

  4. março 14, 2011 10:48 am

    Um pouco de calma. Há de se observar que esse jogo se deu após um “título” e isso sempre baixa a adrenalina.

  5. heraldo permalink
    março 14, 2011 5:24 pm

    Uma pergunta, e responda-me quem assim se achar expert para responde-la, é esse o time titular do GREMIO, ou foram todas as peças, reservas e improvisadas,contra o cruzeiro?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: