Skip to content

Grêmio negociará transmissão direto com a Globo

março 2, 2011

Fábio Koff - Foto: Ronaldo BernardiGrêmio não negociará com Clube dos 13, de Fábio Koff – Foto: Ronaldo Bernardi

Nos últimos minutos desta terça-feira (01), o Grêmio, através do seu site oficial, emitiu um comunicado onde esclarece a decisão tomada pelo Conselho de Administração no que se refere ao processo de negociação sobre os direitos de transmissão e imagem do clube entre 2012 e 2014. O Grêmio, segundo a nota, negociará diretamente com a Rede Globo de Televisão. Leia a íntegra do comunicado:

COMUNICADO OFICIAL

Conselho de Administração do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

Porto Alegre, 01 de março de 2011.

Diante da polêmica e do impasse criados nacionalmente em relação ao direito de televisionamento e uso das imagens dos clubes de futebol do brasileiro, o GRÊMIO vem comunicar que a sua decisão, tomada por unanimidade por seu Conselho de Administração, atendendo aos interesses do Clube, é de iniciar um processo de negociação diretamente com a Rede Globo de Televisão.

Conselho de Administração
Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense

Como torcedor, espero que a direção leve ao pé da letra o que diz a nota: atender aos interesses do clube. Qualquer que seja o lado defendido por A ou B nessa situação, o fato é que todos queremos um bem comum. Queremos que o Grêmio saia ganhando. é complicado emitir qualquer opinião favorável ou contrária ao que decidiu o Conselho de Administração. Todas as informações divulgadas até agora se desencontram. As emissoras não apresentaram para o torcedor o que querem dos clubes e o que trarão de retorno. Isso nos impede de fazer qualquer julgamento precipitado.

Embora toda a história construída no clube por Fábio Koff, ex-presidente gremista e presidente do Clube dos 13, não podemos adotar uma posição favorável à entidade apenas por que ela é presidida por uma figura histórica do Grêmio.

Mas algo me deixa intrigado: o Grêmio comunica que “negociará direto com a Globo”. Isso significa, se bem entendi, que não ouvirá as outras emissoras (em especial a Record, principal concorrente no processo). Se essa for a posição, acho arriscado. Ainda que eu não acredite que a Record conseguirá bancar um valor superior ao da Globo, é ruim para a imagem do clube “fechar as portas” para as outras emissoras.

Mas entre idas e voltas, sabemos que o Grêmio, a exemplo de todos os clubes fora do eixo RJ-SP, só terá seus jogos transmitidos em rede nacional quando enfrentar clubes cariocas e paulistas. Ou alguém aqui tinha esperança de ver um Grêmio x Coritiba na Globo ou Record, ao vivo, para todo o país?

O ruim dessa história toda é que, cada dia que passa, cresce o monopólio da Rede Globo no controle do futebol. E o pior: indiretamente, no que diz respeito ao ganho financeiro, nos sujeitamos a isso.

Muita água ainda vai rolar.

ATUALIZAÇÃO – 11:44

O vice de futebol do Grêmio, Antônio Vicente Martins, publicou em seu perfil oficial no Facebook um texto onde esclarece detalhadamente a opinião do Conselho de Administração sobre a negociação:

Decisão de negociar com a Rede Globo a transmissão de jogos do Grêmio não significa saída automática do Clube dos Treze. Entendo que a escolha da melhor proposta deve considerar uma série de elementos, como tempo de exposição, abrangência de retransmissão, exposição em outros meios de mídia, audiência, e valores. Por isto, a decisão do clube deve respeitar seus interesses estratégicos e considerar todos estes elementos.

Esta discussão não deve ser ideológica ou passional.

Não temos que ser contra isto ou aquilo. Divergir da proposta ou do encaminhamento do Clube dos Treze somente reafirma nossa completa autonomia na defesa dos interesses do Grêmio, segundo nosso entendimento.

Para que o torcedor possa debater: é preciso saber que se houver algum valor acima do que é proposto pela Rede Globo por outra rede de televisão, este valor deve ser superior o suficiente para compensar perdas remuneratórias que o clube vai ter com relação a outros patrocinadores(como os das camisas, por exemplo) porque o nível de exposição em outros meios de mída, audiência média e abrangência de retransmissão serão menores.

Como visto, a discussão é muito mais complexa do que saber se uma rede oferece um real e outra rede oferece um real e vinte centavos.

A escolha da rede de televisão que fará o televisionamento é uma escolha do melhor negócio para o clube. As empresas envolvidas buscam o seu lucro, não tenhamos dúvida disto. Isto é justo e faz parte das regras do jogo. Isto não está em discussão. O que temos que deixar bem claro para o torcedor é que nossa escolha também vai buscar a melhor proposta, a mais lucrativa para o Grêmio.

Antônio Vicente Martins

Vice-presidente de Futebol do Grêmio – Conselho de Administração

Anúncios
12 Comentários leave one →
  1. Lopes permalink
    março 2, 2011 11:16 am

    Talis concordo com você e, também, fico apreensivo com o desfecho dessa história.
    Queremos o melhor para o Grêmio e, a meu ver, o C13 não vinha fazendo o melhor possível para seus afiliados. A Globo tem muita competência nas transmissões. Por outro lado, beneficia os clubes do Sudeste e destes mais ainda Flamengo e Corinthians, em detrimento aos clubes das demais regiões do país. Depois, tem coisas que não dá para aceitar, como por exemplo, os jogos das quartas começarem as 22h ou passarem um jogo desinteressante enquanto jogos bons só pei-per-view. Queremos futebol mais cedo, dane-se a novela.
    Meu medo da negociação direta, é criarem um abismo maior ainda entre meia dúzia de clubes, ou menos ainda, e o restante do país. Imaginem os grandes de Sampa e Rio ganhando o dobro, triplo, quadruplo de Grêmio, Inter, Cruzeiro, Atléticos, etc… e seis, sete, oito vezes o que ganharão outros menos expressivos. Aparentemente, negociar diretamente com as emissoras, e não somente com a Globo, pode ser bom pra dupla, mas será para o futebol brasileiro? Não quero que o Brasileirão se torne um Espanhol ou, um outro, onde dois ou três clubes se revessam nos títulos. Quero que o Grêmio receba muito dim-dim, mas se para isso vamos acabar com as receitas de outros 20, 25 clubes ou mais, acredito que não vale a pena! Sou leigo nessa questão da negociação com as emissoras, por isso, faço a seguinte pergunta: Se os clubes tem o produto futebol, por que não oferecem este produto por um valor X (compatível com o que é pago atualmente) àqueles consumidores (no caso as emissoras) que o desejarem? Quem quiser pagar, que pague e transmita quando bem entender. Tem que haver concorrência. Por que temos três, quatro empresas prestando o mesmo serviço em outras áreas (veja as empresas aéreas por exemplo) e no futebol existe o monopólio GLOBAL?
    Perdoe-me o tamanho do texto. É que fico estressado com essas sacanagens!

  2. Lopes permalink
    março 2, 2011 11:30 am

    Os clubes brasileiros precisam criar uma liga já!

    • Sancho permalink
      março 2, 2011 4:43 pm

      Para criar uma Liga, eles teriam que, antes, se entender. O que se vê é exatamente o motivo porque não há uma Liga.

  3. Sancho permalink
    março 2, 2011 4:42 pm

    Repito o que disse no Grêmio 1983:

    Alguém avisa o ACM que O GRÊMIO NÃO PASSA NA GLOBO!

    Essa emissora tem a pachorra de empurrar jogo do Paulistão para não ter que transmitir jogo nosso pela Libertadores.

    Abraço.

    • Edilson permalink
      março 2, 2011 8:13 pm

      Concordo plenamente! Essa emissora não engole até hoje o sucesso do Grêmio nos anos 90, como nos 5×0 contra o Palmeiras, em que o ridículo galvão bueno narrou os gols do Grêmio quase chorando. Pra eles o que importa são os clubes paulistas e cariocas e o resto que se foda!!! Até quando teremos dirigentes que não pensam no torcedor? Agora seria a chance de abrir concorrência para termos um campeonato mais equilibrado, com transmissões democráticas de todos os clubes por igual. O monopólio dessa rede de TV me dá nojo, assim como sua preferência por novelas colocando o futebol depois das dez. Por isso não perco meu tempo dando um pingo sequer de audiência pra esses trouxas!

  4. Sancho permalink
    março 2, 2011 4:44 pm

    O que estão fazendo conosco é o que fizemos com os pequenos do Rio Grande do Sul.

    • Eduardo permalink
      março 2, 2011 6:11 pm

      Totalmente de acordo.

  5. Alexandre Dantas permalink
    março 3, 2011 12:18 am

    Pergunta que não quer calar: Se a Globo oferecer 500 milhões e a Record ou a Redetv oferecer 1 bilhão, o Grêmio deve aceitar a proposta da Globo, por esta ter uma suposta qualidade em transmissão?

  6. giovani montagner permalink
    março 3, 2011 3:36 am

    certamente não temos todo as informações, e não a teremos, para podermos chegar a melhor conclusão. porém, algo me incomoda nesse episódio.
    digamos que determinada televisão considere, pelos seus critérios, rentável transmitir os jogos de 16 dos 20 clubes do campeonato. os 4 clubes excluídos podem não ter seus jogos transmitidos ou aceitam valores irrisórios para que isso não ocorra e é melhor do que nada. caso na próxima negociação esta mesma televisão considere que não é rentável pagar para 16 e resolva pagar somente para 9, e depois para 5. a pergunta é como ficará o campeonato?
    podem argumentar que outra televisão ocupará seu lugar, o que fatalmente acontecerá, mas e caso essa concorrente não queira todos transmitir os jogos de todas as outras equipes? e se quiser investir 3 delas, com valores elevados, apenas para que um de seus produtos seja rival para com os produtos da empresa rival? e se resolver investir em apenas 1, pagando uma mixaria para os demais, como fica o esporte futebol?
    o que esta em jogo não é pouca coisa, é o futuro do futebol. é o futuro do campeonato mais importante, da modalidade esportiva mais praticada, que possui o maior número de admiradores no país. logo, a questão ultrapassa o simples aspecto do interesse clubístico, ela deve ser tratada com respeito e cuidado para evitar uma hecatombe. infelizmente o assunto esta sendo conduzido por pessoas despreparadas ou mal intencionadas.
    considero a postura do clube dos 13 a melhor, pois pensa na valorização conjunta dos clubes e, portanto, da competição.

Trackbacks

  1. Uma batalha a mais | Grêmio, meu bom amigo.
  2. A maior tradição do futebol brasileiro « Cão Uivador
  3. A maior tradição do futebol brasileiro | Cão Uivador

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: