Skip to content

Gauchão’11: Gre-Cruz define finalista do turno

fevereiro 27, 2011

Um antigo clássico gaúcho vai definir o primeiro finalista da Taça Piratini, o primeiro turno do Campeonato Gaúcho 2011. Grêmio e Cruzeiro se enfrentam hoje, às 16h, no estádio Olímpico.  Ninguém duvida do favoritismo do Grêmio diante do Cruzeirinho. Mas o clima de “salto alto” não existe no Olímpico. O respeito pelo adversário é pregado a todo instante, inclusive pelo volante Adílson, que afirmou ter estudado as jogadas do time que retornou à elite do Gauchão neste ano.

Apesar da viagem cansativa no retorno da Colômbia, onde o Grêmio perdeu para o Junior Barranquilla, pela Libertadores, o técnico Renato Portaluppi promete força máxima para o confronto diante do Cruzeiro.

Renato usará força máxima contra o Cruzeiro-PA (Foto: Diego Vara / ClicRBS)

Ao todo, o time tem três baixas confirmadas. Lúcio, que sentiu dores no joelho direito e ficou de fora inclusive do jogo de quinta; Vilson, que ainda não tem condições de atuar; e William Magrão, que foi cortado da concentração para tratar de sua ida para o Corinthians. Não descarta-se, no entanto, a preservação de jogadores que não apresentem condições físicas adequadas para o confronto. A principal dúvida neste caso seria o lateral-direito Gabriel, que poderia abrir passagem para Mário Fernandes.

A formação provável do time para o clássico Gre-Cruz deve ser: Victor; Gabriel, Rodolfo, Rafael Marques e Gilson; Rochemback, Adilson, Carlos Alberto e Douglas; Borges e André Lima. Mesmo com a atuação apagada diante do Junior, que lhe rendeu uma substituição prematura, Carlos Alberto receberá uma nova chance de Renato. O próprio técnico admite que o retirou do time pelo seu excesso de vontade, o que já lhe rendera um cartão amarelo cedo, além de várias entradas ríspidas e, por vezes, desnecessárias.

Mas o que mais assusta é a insistência em Gilson. O lateral-esquerdo foi o principal responsável pelos inúmeros ataques do time colombiano durante praticamente todo o primeiro tempo. O setor só foi neutralizado quando Bruno Collaço entrou e o auxiliou. Repetir este erro hoje pode ser arriscado.

Já o Cruzeiro entrará em campo ainda mais motivado. Depois de eliminar o Internacional nos pênaltis na semana passada, o time do técnico Leocir Dall’Astrará terá uma missão mais complicada hoje. Ao contrário do frágil e desqualificado time do Beira-Rio, o Cruzeirinho encontrará pelo caminho um time forte, fechado e focado na conquista do primeiro turno da competição.

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. Juliano permalink
    fevereiro 27, 2011 10:08 pm

    Fez o suficiente para ganhar desse time fraco do Cruzeiro, desconto para volta da viagem, preocupante foi a bola aerea novamente. Carlos Alberto mal novamente, talvez seja chance de deixar Escudeiro jogar, no ataque ou na meia colocando Lúcio na ala novamente, já que Gilson não está correspondendo.

  2. Juliano permalink
    fevereiro 27, 2011 10:20 pm

    A arbitragem foi mal novamente, não puniu o Cruzeiro pela quantidade de faltas, a marcação tão elogiada do Cruzeiro pela imprensa vermelha era somente através de faltas. Aí fica fácil marcar só fazendo faltas e sem punição.

  3. william felipe teodoro permalink
    março 7, 2011 11:16 pm

    ullllllllllllll grêmio melhor do mundo
    inter cagão inter cagão inter cagão inter cagão
    dale q dale gremio
    campeão da liberta voutou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: