Skip to content

Nunca antes…

fevereiro 16, 2011

Tamanha foi a organização [e ostentação] na festa de lançamento da Coleção Grêmio-Topper 2011, que as novas camisas ficaram [quase] em segundo plano. Não há dúvidas que a nova fornecedora de material esportivo gremista causou a melhor das impressões aos torcedores – mal cuidados nos últimos cinco anos, seja em certas vestimentas ou em festa. Tanto que estão dizendo que “nunca antes na história deste clube, foi realizada uma festa como a de ontem”.

A Topper, pode-se assim dizer, ganhou todos pelo “estômago”. Não falo de comes e bebes somente, mas de toda a estrutura oferecida aos convidados no espaço montado à beira do gramado do “velho casarão“. A quem acompanhou das sociais do estádio, entretenimento não faltou: irreverência e música. E dizem: cerveja a esbanjar.

As expectativas que cercavam o grande evento da noite, a apresentação da coleção seguida das novas camisas de jogo, já se davam por confirmadas. Grande foi o esforço em agradar os gremistas que não seria no principal que a marca esportiva deixaria a desejar.

Desfile iniciado, primeiro camisas de treino – bonitas, simples e aparentam ser até de jogo – e demais artigos da coleção na passarela. Após, eis que adentra o #novomanto tricolor, seguido pela celeste e sua “cruz” e também pela menos prestigiada [mas agradou] camisa branca.

A primeira tradicionalíssima, remetendo ao manto vencedor de 1981. Depois, uma bela novidade tendo inspiração em nossa bandeira. A última, uma invenção que se permite depois de acertar a mão nas anteriores. Mas opinião, cada um tem a sua. O fato novo [e o mais importante]: a Topper e, claro, o Grêmio, acertaram. Camisa mui digna de ser TRI DA AMÉRICA já temos, agora é no campo.

Por falar nisso, o que surpreendeu, particularmente, foi a presença de tantos jogadores. Nada de reservas ou juniores, e sim titulares acompanhados do técnico – não um simples ou qualquer, mas o Santo Renato Portaluppi. Bola dentro da direção, pois mostra união e comprometimento da equipe em tempos de Copa Libertadores e campanha de sócios.

Quer a lista deles, aí está: Saimon, Lúcio, Fernando, Borges, Rodolfo, Júnior Viçosa, Escudero (o mais tímido, claro), Gabriel (tava faceiro), Fábio Rochemback (não deu um sorriso), Victor (ídolo-mor), Douglas, Carlos Alberto (o mais à vontade), André Lima, Adílson, Paulão, Willian Magrão e Marcelo Grohe. Que ressalte-se ainda as presenças dos ídolos Tarciso e Roger (hoje auxiliar técnico do Renato).

Não tem muito mais o que acrescentar: talvez o detalhe do som de batidas do coração na entrada do Espaço Topper, ou ainda o fato de ter pisado, mesmo que só na beirinha, o gramado do nosso templo – não quis ser indisciplinado como alguns que ultrapassaram as barreiras. Enfim, baita festa, começou bem a Era Topper no Grêmio e o marketing do clube está de parabéns.

* Apesar de ter comparecido, não sou fotógrafo e as “melhores” estão aí acima (tem o vídeo logo a seguir). Por isso indico para apreciações: site GREMIO.net, Grêmio Fotos, Azul, Preto e Branco, Grêmio Libertador e Grêmio Copero. Os posts anteriores a esse tratam do mesmo assunto, é só conferir.

Abaixo, o vídeo com encerramento do desfile da Coleção Grêmio-Topper 2011. Aguante, Grêmio!

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. Anderson permalink
    fevereiro 17, 2011 1:54 am

    Cara, achei o desenho muito bonito da camisa e fui comprar na grêmio Mania hoje…
    Meu tamanho é M e só tinha uma número 5 e muitas números 9, a número 5 tinha uma mancha e também tava com a costura saindo.
    comprei uma 9 conferindo alguns detalhes de costura pois muitas tinhas costuras tortas…
    Cheguei em casa e fui comparar com as da Puma… Que decepção de acabamento… Costuras tortas, na puma era dificil achar uma costura levemente torta. As golas, mangas e barras das camisas da Puma são muito melhor projetadas. As costuras das barras da manga e camisa são ridículas nessa da Topper, fica uma parte da barra branca aparecendo por estar deslocada pra baixo ou para cima, fora que a costura da lateral da camisa é tão torta que acaba deformando a última listra horizontal da camisa.
    Pra não dizer que é só defeito, achei o escudo maior do Grêmio muito bonito, o fundo azul do banrisul também gostei pois deixa a frente mais limpa, e o tom de azul que usaram é mais vivo e bonito do que os tons que a puma usava.
    Mas o acabamento, que decepção meu amigo…
    Cuidado na hora de escolher a camisa, verifiquem sempre as costuras dela!

  2. dragão permalink
    fevereiro 17, 2011 8:25 pm

    essa camisa ficou bonita se não fosse por um detalhe o material é uma me***,como o cara disse ai em cima as costuras sao malfeitas,o acabento e pior se com a topper a camisa ganha com beleza com a puma ganha com qualidade

  3. Rodrigo Rodrigues permalink*
    fevereiro 19, 2011 12:37 pm

    Amigos, talvez vocês tenham tido um azar na compra. Não comprei a nova camisa, não falo por mim, mas ouvi de outras pessoas que tanto a costura da camisa como a qualidade do material da Topper é superior ao da Puma.

    Quando for comprar, posso passar a minha impressão.

    Abraço.

Trackbacks

  1. Tweets that mention Nunca antes… « Grêmio 1903 -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: