Skip to content

Grêmio precisa agir contra baderneiros

janeiro 27, 2011

Foto: Miguel Rojo, AFP

A violência entre torcedores já vem se tornando um problema que não dá mais para ser ignorado pelo Grêmio. Em três jogos de 2011, tivemos incidentes de violência no estádio, chegando ao absurdo de envolver um conselheiro, como na confusão da partida diante do Lajeadense. Nesta quarta, mais uma vez um bando de idiotas envergonhou o torcedor gremista no estádio Centenário, colaborando com a fama de torcida violenta que tentam nos atribuir.

Enxergo a existência de dois problemas graves quanto à violência no futebol. O primeiro deles é a inércia do Poder Público em combater esse mal, seja na aplicação branda da legislação ou sequer punição a esses marginais. Outro problema vem dos clubes, que é a falta de vontade de ter uma política que vise a exclusão desses delinqüentes nos estádios.

Não me interessa as razões da existência da Velha Escolha ou da Máfia (cuja fama é péssima em todos os sentidos, diga-se), o que quero é que Paulo Odone e a cúpula tricolor parem de passar a mão na cabeça desses indivíduos. É preciso que adotem posturas mais rígidas no combate à violência, antes que a situação saia do controle, chegando aos homicídios.

O Grêmio tem no Exército Gremista um grande trunfo que é muito mal aproveitado, tanto no marketing como também no quesito segurança. O Tricolor pode perfeitamente decidir que somente entra no Olímpico quem for cadastrado e tiver o cartão do Exército em suas mãos. Isso possibilitará que o clube tenha maior controle dos torcedores por meio de um amplo cadastro.

Através desse registro, o Grêmio pode perfeitamente saber quem são os marginais que entram no estádio a fim de brigar (aliás, já deve saber quem são) e assim impedir a entrada deles no Olímpico por um determinado tempo, dependendo da gravidade da infração. Se for reincidente, então nunca mais. Todavia, se o tal conselheiro que se envolveu em briga de torcidas ainda não foi excluído do Conselho Deliberativo, então o clube dá péssimos sinais de que não pretende servir de exemplo.

 

Post-Scriptum: A informação que recebi logo após a publicação desse post é que o tal conselheiro que se envolveu na briga de torcedores, na partida contra o Lajeadense, encontra-se afastado do Conselho Deliberativo e passará pela comissão de ética.

Anúncios
11 Comentários leave one →
  1. Mariana permalink
    janeiro 27, 2011 11:58 am

    Bruno, acho que a tua opinião é a mesma de qualquer torcedor de bem. O problema é que a justiça sempre pressupõe a inocencia e não a condenação. No caso dos baderneiros, a punição não é “branda”. Na grande maioria são primários e por isso se valem da chamada transição penal, que oferece a prestação de serviço como punição. Algusn acreditam que para um “guri de apartamento” a prestação de serviço é um humilhação imortante para a não repetição de atos de violência. A impunidade é falsa e conta com uma grande contribuição dos meus colegas de imprensa. Os veículo de comunicação insistem em dizer “são sempre os mesmos”, “todo mundo sabe quem são”… Só que isso não é verdade. Podem ser todos frequentadores da Veha Escola, Máfia ou Geral, mas não são sempre as mesmas pessoas. SE fossem, seria reincidentes e neste caso poderia ser punidos com pena de prisão (de 1 a 2 anos de prisão e E multa) e ainda ser proibido de frequentar estádios entre 3 meses e 3 anos, tendo

  2. Mariana permalink
    janeiro 27, 2011 12:04 pm

    ops.. passei da cota de caracteres… Tá tudo no Estatudo do Torcedor em vigor desde julho de 2010. Lá manda ter cadastro atualizado – e por isso o Grêmio criou o Exército. Agora, a diretoria do Grêmio tem que tomar providências pq a lei tbm diz que os clubes têm responsabilidade na prevenção da violência. E ok, as leis funcionam mais no papel que a prática, mas está tudo lá!! LEI Nº 12.299

  3. Lopes permalink
    janeiro 27, 2011 3:18 pm

    Bruno, parabéns pelo comentário!
    É ridículo ver torcedores do tricolor fazendo esse papelão. Além de ser de uma vulgaridade tamanha, uma falta de respeito, marginalidade mesmo, ainda podem prejudicar o clube com multas e perdas de mando de campo. Já não basta os abacaxis que a direção tem, ainda vem esses idiotas querendo criar mais problemas. Essas atitudes afastam crianças, mulheres, os mais velhos, as famílias dos estádios. Outro dia, vi duas torcidas do Grêmio se pegando, não entendi! Como entender? São semelhantes a cachorrada no cio. Mas sou mais brando que você. Acredito numa terceira chance. Na 1ª palhaçada, um ano de suspensão; na 2ª uns três, ou cinco anos, a 3ª aí sim, banido do estádio!!!

  4. Maria permalink
    janeiro 27, 2011 5:39 pm

    Apoiado

  5. janeiro 27, 2011 7:01 pm

    Perfeito… estádio não é lugar de marginal… se a polícia e o judiciário não pudem, o clube deveria proteger seus sócios e torcedores de bem e não deixar entrar no estádio esses marginais…. O clube sabe quem são, e voltam de tempos em tempos… o problema que é uma decisão política difícil de tomar, afinal, sabemos bem quem são esses marginais, inclusive este conselheiro… Provavelmente será afastado e daqui um tempo volta… falta coragem política para tomar uma atitude… mas tenham em mente, esse tipo de atitude só afasta os torcedores de bem do campo….

  6. jean permalink
    janeiro 27, 2011 8:06 pm

    viu bruno coelho vcs tem msn ou orkut sei la pode passa ?? valeu abraçao

  7. observador permalink
    janeiro 27, 2011 9:37 pm

    É isso aí caro Bruno,além de punir esses marginais tbm precisamos contratar né?

  8. giovani montagner permalink
    janeiro 27, 2011 10:17 pm

    apoiado. porém, não acredito em punição.
    investiguem e não duvido que haja ajuda financeira do clube nos custos de viagem desses torcedores, porque assim garante presença da torcida no estádio e alguns votos na eleição.

    • Filipe Almeida Hackford permalink
      janeiro 28, 2011 12:39 am

      Também penso que pode haver ajuda financeira do clube e/ou ingressos de graça pra certos setrores de torcidas com finalidade eleitoral em relação ao clube…

  9. roque permalink
    janeiro 28, 2011 8:23 am

    Perfeito o comentário. A idéia de usar o exército gremista é muito boa, porém, é necessário TER um departamento de marketing. O que temos até o momento é um departamento de antimarketing que só fez pagar micos. Tente falar com o marketing através do site. Voce não consegue. Tente falar com a ouvidoria através do site, tambem não vai conseguir. A administração está uma bagunça, o que enxergamos no futebol é reflexo disso.

Trackbacks

  1. Tweets that mention Grêmio precisa agir contra baderneiros « Grêmio 1903 -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: