Skip to content

DIRETO AO PONTO: que o fiasco sirva de lição

dezembro 15, 2010

Direto ao ponto, por Talis Ramon

Preparei um texto para falar da gestão de Paulo Odone, que se inicia hoje. Mas a euforia oriunda com esse fim de ano espetacular que estamos tendo me fez repensar o tema. É hora de falar de futebol, não da política futebolística em si. É hora de pensar no futuro do Grêmio, e este passa obrigatoriamente pela partida contra o fraco Liverpool, do Uruguai.

O fisco colorado ontem (15), em Abu Dhabi, é motivo para comemoração, zuação, brincadeiras, flautas de toda ordem e toda sorte. Mas passou. O maior benefício que podemos tirar dessa história toda, enquanto gremistas, é a atenção e o respeito. O Inter em nenhum momento viajou para Abu Dhabi com o objetivo de enfrentar o Mazembe, do Congo. Viajou pensando na Internazionale. O tombo foi feio. Foi semelhante àquele que tomamos contra o Ajax, em 95. Mas lá era o Ajax, bicampeão holandês e campeão da Liga dos Campeões da UEFA alguns meses antes. Ontem era o Mazembe. O que é o Mazembe? O que foi o Mazembe? Nada. Perto do Internacional, o Mazembe era nada. Mas merecia respeito. É da ética do futebol respeitar todo e qualquer adversário, afinal como dizem os sábios, “o jogo só acaba quando termina”.

A maior lição que tiramos é esta. O Grêmio ainda não está na Libertadores 2011. Está na pré-Libertadores, e isto faz toda a diferença. Uma derrota e tudo pode ir por água abaixo. Toda a maré de sorte na qual navegamos desde a chegada de Renato, incluindo todos os reforços por ele indicados que deram certo, a saída do Z4 para o G4, a virada do Independiente e a derrota do Inter em Abu Dhabi, tudo conspirou a nosso favor. É hora de manter a sorte ao nosso lado. Respeitar o Liverpool e entrar pensando na vitória, e não na humilhação dos uruguaios, tendo em vista a proporcional diferença de Grêmio e Inter para Liverpool e Mazembe, respectivamente.

A calma, o respeito, a humildade e a atenção ao adversário ficam marcados como os grandes deméritos do Inter nos Emirados Árabes, e devem ser motivo de preocupação redobrada para nós.

Que o Grêmio entre em campo no final de janeiro com a certeza de que dará o melhor de si, mas que encontrará pela frente um adversário motivado e, quem sabe, audacioso, já que agora todos os pequenos clubes se espelharão no Mazembe para tentar atrapalhar a festa dos clubes de maior expressão, cujo favoritismo é inevitável.

Com simplicidade se vai longe. Deixemos para ousar no momento certo. Não é hora de salto alto. Enquanto isso, a flauta é livre…

‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗

@talisramon não escreve toda segunda-feira para o @BlogGremio1903.

Anúncios
13 Comentários leave one →
  1. Daniel permalink
    dezembro 15, 2010 4:07 pm

    A receita pra vencer deve vir do próprio time: Vibração proporcional à do Renato, humildade do Jonas, seriedade do Paulão, segurança do Victor e a frieza do matador Clementino.

  2. Miguel Fossati permalink
    dezembro 15, 2010 4:13 pm

    ÓTIMA VISÃO! Além de zoar o Inter, temos que nos espelhar na situação em que o Inter enfrentou. Liverpool/URU é melhor que o Mazembe, e devemos chegar lá com a cabeça erguida, mas também com o respeito superior a todo e qualquer sentimento que os jogadores terão durante toda a partida.
    Grande postagem!

  3. Érick permalink
    dezembro 15, 2010 4:24 pm

    disse tudo! devemos ir com calma e pensar que nada está ganho,aos poucos,a luz do fim do tunel(tri da libertadores) vai se transformar num sol!!

  4. papai eh o maior permalink
    dezembro 15, 2010 5:04 pm

    Mas AVAGA da libertadores não é tão decepcionante como perder um MUNDIAL par um time que naõ existe no mapa.

  5. dezembro 15, 2010 6:15 pm

  6. Régis permalink
    dezembro 15, 2010 8:35 pm

    Talis, você foi, realmente, direto ao ponto, pois o respeito, a humildade, a atenção, são características intrínsecas, não só de um clube de futebol, mas de todos nós, seres humanos, os quais temos que levá-las para o dia-a-dia de nossas vidas. Respeito é bom e todos nós gostamos. Será que o Internacional pensou que enfrentaria um bando de “passa-fome”, só pelo fato de ser oriundo da África? Que pensamento medíocre! Temos que eliminar todos os esteriótipos que aprendemos, erroneamente, durante anos e anos de nossas vidas. Chega de formular regras para algo que não temos conhecimento.

    • Régis permalink
      dezembro 15, 2010 8:40 pm

      estereótipos*

  7. dezembro 15, 2010 9:22 pm

    Queria estar em POA prá ver este aviãozinho…. kkkkkkkkkk http://tinyurl.com/34aowsm

  8. observador permalink
    dezembro 15, 2010 11:22 pm

    olha a dnçiinhaaa do kidiabaaaaa,heheh el kabongo e pepe legal heheh,bem feito pra esse bando de manés arrogantes,q acham q o futebol começou em 2006!!

  9. giovani montagner permalink
    dezembro 16, 2010 1:14 am

    concordo com a preocupação quanto ao jogo contra o liverpool/uruguai. fica meu protesto por esse calendário esdruxulo que com menos de um mes de pré-temporada uma equipe tem que jogar uma competição importante como a libertadores. nem preciso fala o absurdo que acho começar a disputar um campeonato internacional antes do nacional.
    discordo apenas num ponto no texto, não é pré-libertadores é libertadores. perguntem a qualquer clube europeu que joga a fase anterior a de grupos da liga dos campeões para ver eles dão menos valor ou desmerecem (o liverpool/inglaterra que o diga, foi campeão disputando esta fase anterior), não estou falando que estas desmerecendo, apenas questiono esse termo “pré-libertadores”. agora, ser eliminado nesta fase é outra coisa, o que não ocorrerá com o Grêmio.

  10. Daniel Alves permalink
    dezembro 16, 2010 1:11 pm

    Concordo com o giovani.
    Pré-Libertadores é Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, que valem vagas pra Libertadores, quem se classifica nesses campeonatos disputam a Libertadores.

  11. dezembro 16, 2010 2:27 pm

    E eu que pensei que a zoação e a flauta fossem diminuir. Que nada ! Só está aumentando ! Ah, Roth, fica até 2020…. http://t.co/0RjioVs

Trackbacks

  1. Tchê, agora guenta a flauta | Grêmio, meu bom amigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: