Skip to content

DIRETO AO PONTO: erros, acertos e o saldo de 2010

dezembro 6, 2010

 

Direto ao ponto, por Talis Ramon

O Grêmio encerrou ontem a sua participação na temporada 2010 com um banho de bola diante do fraco e desacreditado Botafogo. Mais desacreditado ainda pois sabia que, além de superar os 11 gremistas em campo, teria que superar o grito de 45 mil vozes nas arquibancadas. E, como dizia meu avô, não deu nem pro cheiro.

Jonas comemora gol diante do Botafogo - Foto: Valdir Friolin (05.12.2010)Jonas comemora gol diante do Botafogo – Foto: Valdir Friolin

Um jogaço, daqueles que valem o dobro do que se paga pelo ingresso. Uma bela atuação de praticamente todos os personagens para encerrar e consolidar a ascensão mais do que incrível do Grêmio de Portaluppi. Mais do que uma vitória, a permanência do G4 e a esperança de vaga na Libertadores, o que valeu foi o apoio da torcida àqueles que lutaram até o fim. Foram bravos, não esmaeceram. Quando o Grêmio perdeu o rumo e não conhecia outro caminho a não ser o de um provável e aterrorizante terceiro rebaixamento, surgiu Renato. Surgiu Gabriel, Paulão e Clementino. Ressurgiram Douglas, André Lima e Lúcio. Até Fábio Santos ressurgiu. O Grêmio ressurgiu. O imortal, até então apagado e ofuscado pelas mãos de Silas, incapaz de dominar e mobilizar o grupo, ergueu-se de forma nunca antes vista e saltou da 19ª para a 4ª colocação.

Erros fizeram o Grêmio deixar de disputar o título. Acertos fizeram o Grêmio crescer no segundo turno. Erros e acertos fizeram o Grêmio chegar na última rodada com possibilidade de classificação para a Libertadores. Vamos a alguns deles:

ERROS:

• Permanência de Silas – a chamada “Era Silas” deveria ter sido encerrada ainda na parada para a Copa do Mundo. Foi quando o time começou a dar sinais de fraqueza e desmotivação individual. Jogadores decisivos passaram a não ajudar e o time como um todo afundou. Silas, junto com Luiz Onofre Meira, saiu após uma derrota vexatória para o Fluminense. Era tarde. O Grêmio necessitava de uma injeção de ânimo antes, para evitar a perda de pontos em jogos considerados fáceis;

• Reforços que não deram certo – ainda sobre o comando de Silas e Meira, o Grêmio trouxe jogadores que, entre um jogo e outro, provaram não ser confiáveis e nem dignos de uma vaga na equipe titular. Ferdinando, Ozeia, Uendel e William são alguns exemplos de dinheiro jogado fora e tempo perdido com jogadores fracos e tecnicamente incapazes de produzir qualquer coisa que seja positiva na equipe.

• A queda na Sulamericana – o técnico Renato Portaluppi chegou quando já não havia espírito de luta e superação entre os jogadores. O resultado negativo diante do Goiás foi inevitável, mesmo com a chegada de Renato. Ainda não era o Grêmio de Renato. Ali, na derrota, ainda era o Grêmio de Silas. Com uma ou duas semanas de trabalho a mais antes desse jogo, talvez a desclassificação não fosse tão iminente e, em consequência disso, a disputa de uma final seria quase uma certeza com o passar do tempo.

ACERTOS:

• Renato, o salvador da pátria – a saída de Silas e a chegada de Renato representaram uma mudança de clima e empenho poucas vezes vistas aqui. Quem nada produzia passou a mostrar serviço, quem já produzia passou a se empenhar mais, quem chegou no meio do caminho já mostrou qualidade para disputar posição. A torcida passou a jogar junto com o time e a evolução técnica e tática do time, dentro e fora de casa, colocou o Grêmio como um dos melhores times do Brasil e o melhor no segundo turno do Brasileirão;

• Reforços modestos e qualificados – Renato acertou com precisão todos os reforços que trouxe. Paulão, do modesto e rebaixado Prudente, foi elevado à magnitude de um astro. Ocupou a vaga na zaga sob desconfiança e dela não mais saiu. Por cima e por baixo, Paulão venceu a maioria. Foi aplaudido, exaltado. O mesmo ocorreu com Diego Clementino, o talismã tricolor. Gilson terminou 2010 como reserva e Vilson no Departamento Médico. Mas, na grande maioria das vezes em que foram acionados, deram retorno positivo. Gabriel, trazido da Grécia, deu um impulso astronômico para a lateral-direita.

• A volta dos que não foram – os jogadores acima citados acrescentaram qualidade técnica ao Grêmio, especialmente no segundo turno do Brasileirão. Mas contaram com a maestria de Douglas, apagado com a batuta de Silas. André Lima, um reserva de pouquíssimo luxo no Fluminense, ocupou com qualidade a vaga deixada por Borges. Formou com Jonas a melhor dupla de ataque do Brasil nas últimas 15 ou 20 rodadas. Victor, novamente convocado pela Seleção, levou a injeção de ânimo que precisava e passou a operar, no mínino, um milagre a cada jogo. Até que pouco produzia com o comando de Silas passou a produzir com Renato. Caso de Edílson, nos 3×0 diante do Vitória.

Renato e jogadores do Grêmio agradecem à torcida - Foto: Ricardo Duarte (05.12.2010)Renato e jogadores do Grêmio agradecem à torcida – Foto: Ricardo Duarte

Em 2011, com ou sem Libertadores, o Grêmio precisará de acréscimo de qualidade. Mas, em comparação ao que tínhamos no começo de 2010, a necessidade é menor. O Grêmio tem hoje um time encaixado, entrosado e produtivo. Que ataca e defende em bloco, em conjunto. Peças de reposição deverão chegar (toda ajuda é bem-vinda).

Talvez seja cedo para fazer qualquer prognóstico ou previsão, mas o fato é que a esperança, como sempre, não morrerá. E a esperança de dias melhores parece cada vez mais real.

É esperar para ver.

‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗

@talisramon escreve toda segunda-feira para o @BlogGremio1903.

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. Daniel permalink
    dezembro 6, 2010 4:02 pm

    Também acrescentaria a contratação do Leandro, mas talvez não possamos considerá-la um erro exclusivo da diretoria, já que a própria torcida também acreditava que ele poderia dar certo no Grêmio. Os “bruxos” do Silas sim eram tragédias anunciadas. Ferdinando até foi útil pra compor elenco e ainda fez o gol que nos classificou à final do Gauchão, mas como o Odone já anunciou que está interessado em contratar um volante, dá pra entregar a plaquinha de agradecimento e mandar ele de volta pro time do Guga sem problemas.

    Agora a missão é se livrar do Lesandro, vender o Souza pra Arábia e renovar com a turma que o Renato trouxe. Depois buscar um lateral-direito pro lugar do Edilson, já que ele só volta em seis meses, e mais um ou dois reforços pro meio.

  2. borracho permalink
    dezembro 9, 2010 2:13 pm

    Eh muito importante fazer esse tipo de balanço, mas parece q as pessoas estao esquecendo de algumas coisas…

    Primeiro eh jogar toda culpa dos maus resultados no Silas. Mas quem contratou o Silas? Quem contratou os reforços do Silas? Quem trouxe um bando de refugos bambis mercenarios? Quem comandou (so na teoria mesmo) o Departamento de Futebol naquela pessima fase (e nas anteriores tambem)? Quem marcou torneio amistoso no intervalo da Copa? Quem achava normal perder Grenada e tirava ferias na epoca q o mercado de jogadores mais ferve? LUIS ONOFRE MEIRA nos afundou “fundo” durante o tempo em q comandou o departamento de futebol e eh sem duvidas o maior culpado. Isso tem q ficar claro, e ser repetido diversas vezes pra q ele nunca mais pise no Olimpico ou q mantenham uma topeira daquelas no comando do futebol por tanto tempo.

    Segundo eh elogiar o elenco do Gremio e achar q da pra ganhar a Libertadores 2011 assim. Pros q nao se lembram, o Gremio so foi bem no primeiro semestre e na Copa do Brasil quando entraram os guris da base, e no segundo semestre quando vieram os reforços super-motivados do Renato. A coisa tava tao ruim q ate reforços inexpressivos deram melhor resposta do q os q estavam no grupo. Nos temos um time base (q pode ser muito bem qualificado com algumas contratçoes), mas nosso grupo eh ruim… o Renato nao quis falar nada pra ganhar a confiança dos jogadores durante a competiçao, mas manter assim eh burrice (esse grupo quase nos rebaixou!). Se ele conseguiu bons resultados com esse grupo ruim e dividido, imagina com uma grupo bom e forte.

    Pra começar tem q fazer uma bela limpa nas laranjas podres q o Duda e o Guerra nao tiveram coragem de concluir e nos jogadores mediocres q vieram parar aqui, mandar toda a bambizada embora e mais Ferdinando, Ozeia, Rafael Marques, etc. e depois começar a qualificar as posiçoes do time. A espinha dorsal ja esta quase pronta:

    Victor

    Gabriel
    Mario Fernandes

    Adilson
    Rochemback
    Douglas

    Jonas

    Mais algumas contrataçoes pontuais e o aproveitamento dos guris da base (item ignorado pelo Renato, mas se deus quiser com o Odone na presidencia ele vai rever os seus conceitos) e da pra ganhar o Tri da Libertadores.

    -Zagueiro Xerifao ->Demichelis, acabou de ser dispensado do Bayern, zagueiro de seleçao argentina livre; Rhodolfo do Patetico PR, bom, novo e barato; Mauricio Victorino, zagueiro de seleçao uruguaia muito barato mas ja tem varios clubes brasileiros interessados;

    -Laterais -> Assim como a chegada do Gabriel fez toda a diferença no time, um lateral esquerdo de qualidade melhoraria ainda mais (vale lembrar q uma das causas da perda da Libertadores 2009 foi a falta de laterais decentes, ninguem merece jogar uma semifinal com Ruy Cabeçao e Fabio Santos), German Re do Estudiantes seria uma baita contrataçao; Neuton ja provou q pode ser titular na esquerda (destuiu no Grenal e na Copa do Brasil contra o Fluminense), so q depois da lesao nunca mais teve chances, eh muito melhor q o Fabio Santos e pode crescer na posiçao; Paulinho do Patetico PR (ex-Novo Hamburgo) tambem pode ser um bom e barato reserva; George Lucas ex-Gremio parece q vai ficar livre do Santos, uma boa opçao na lateral direita ate pra ser titular se o Gremio nao conseguir ficar mais com o Gabriel no meio do ano q vem;

    -Volante -> Adilson e Rochemback ate q estao bem de volantes, mas talvez o nosso meio esta faceiro demais pra uma Libertadores, Pelletieri muito bom e barato camisa 5 e capitao do Lanus seria uma otima contrataçao; Battaglia seria perfeito, mas acho dificil ele sair do Boca agora;

    -Meio -> Diego de Souza do Defensor, uruguaio barato e q joga muito, cairia como uma luva no time do Gremio jogando no lugar do Lucio; Mithyue e Pessali, a volta de um e a subida do outro para os profissionais traria bastante qualidade pro nosso grupo;

    -Ataque -> Acho q falta um centroavante brigador (o Andre Lima se atira demais) e de qualidade tipo o Maxi Lopez, mas vale lembrar q o desempenho do Jonas sempre cai de produçao quando ele nao eh a principal estrela no ataque; Apesar de eu ser contra, provavelmente o Borges vai permanecer no Gremio, entao talvez nao seja necessario contratar (o Wesley da base tem q ganhar mais espaço tambem pq esse guri joga muito!);

  3. borracho permalink
    dezembro 9, 2010 2:21 pm

    Rafael Moura (q ate tem o cabelo parecido com o do Maxi hehehe) poderia ser uma boa, mas acho q deve estar supervalorizado agora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: