Skip to content

Há mais história na saída de Paixão

dezembro 3, 2010

 

Foto: Tatiana Lopes/ClicRBS

Paulo Paixão já oficializou a sua saída no Olímpico após a partida entre Grêmio e Botafogo, pela última rodada do Brasileirão. Ele deixará o cargo de cargo de coordenador da preparação física para voltar a ser preparador físico. Embora ainda não se saiba onde será o seu destino, o São Paulo, que nesta semana anunciou a saída de Carlinhos Neves, surge como um possível horizonte.

A saída de Paulo seria, a princípio, uma abertura de oportunidade para que Anderson Paixão ande sozinho na sua carreira de preparador físico. Como pai, naturalmente que se trata de uma atitude nobre. Paulo Paixão sabe que, enquanto estiver ao lado do filho, será uma sobra, por todo currículo e história que possui no futebol. Por isso, numa análise rápida, ele sairá do Olímpico pela terceira vez.

Porém, acredito que haja mais nessa história. Primeiro porque a família Paixão não é unanimidade dentro do Grêmio, já houve, inclusive, críticas de conselheiros sobre o seu trabalho. Um deles, que me pediu sigilo, afirmou que tanto Paulo como Anderson ganham R$ 120 mil por mês, sendo que o Paulo dá um aquecimento e logo em seguida um “adeus”, deixando o resto é com o Anderson.

Foto: Eduardo Cecconi / Globoesporte.com

Também estranho bastante o vazamento de informações, há algumas semanas, de que Paulo Paixão não seria mantido no Grêmio. Para alguns, trata-se de teoria da conspiração armada pela imprensa. Para mim, alguém da nova direção pode ter passado essa informação a algum jornalista para já preparar o terreno para a saída dele. Essa prática é comum no meio esportivo.

Por essa razão, não acredito que Paulo Paixão saia do Grêmio apenas para dar espaço ao seu filho. Há mais detalhes nessa história que permanecem um mistério. Principalmente porque Anderson também deve sair logo após o Campeonato Brasileiro. Tanto é que se trata de um fato que a nova direção procura Flávio Oliveira, que esteve no Olímpico em 2008, para ser o novo preparador físico. Portanto, esses detalhes podem vir à tona, se a família Paixão resolver falar a respeito depois do desligamento no Grêmio.

Quanto ao trabalho de Anderson, segue o mistério. Na Era Silas, a preparação física sofreu fortes questionamentos, sendo que o time praticamente morria no segundo tempo. Com Renato, esse panorama mudou e o time passou a jogar de forma homogênea nas duas etapas. O que questiono, porém, é por que com Silas era uma realidade e com Renato foi outra. Houve interferência no trabalho por um dos dois? Ou o ambiente de ordem colaborou para o trabalho da preparação física? Isso que realmente me intriga na estadia da família Paixão no Olímpico.

 

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. dezembro 3, 2010 11:29 am

    Bruno, o time morria no segundo tempo na época do Silas por 2 motivos:
    – bagunça (tanto fora de campo qto a bagunça q o time era, o time era mto desorganizado, oq levava a TODOS correrem mais q o normal).
    – falta de comprometimento e vontade.

    não tinha nada a ver com o trabalho dos Paixão.

    Com Renato acabou a bagunça. Fazia tempo que não via um time tão organizado quanto o Grêmio atual, oq faz jogadores pouparem as corridas. O time com o Silas era muito faceiro também, então, qdo perdia a bola, tinha que correr muito pra voltar.
    Com o Renato, o time ataca muito mais, mas não é faceiro.

    • dezembro 3, 2010 11:36 am

      Será mesmo, Ezequiel? Essa é uma possibilidade, mas não a cravo de maneira categórica. Tanto que Anderson teve um trabalho questionável no Bahia e foi demitido por isso. Além do mais, a falta de comprometimento não era com todos, mas o cansaço do time no segundo tempo sim. Mesmo assim, não descarto a sua argumentação. Apenas uso o benefício da dúvida neste caso.

      • heraldo permalink
        dezembro 3, 2010 5:04 pm

        Foi só o shouza sair do time , que todos sabiam oque fazer, é muito ruim este shouza

  2. Gérson Matter permalink
    dezembro 3, 2010 12:51 pm

    Bruno,

    Concordo com o Ezequiel.

    Acho que nenhum time melhora tanto assim em poucas semanas. Acho que estavam jogando pedra no Anderson, quando na realidade o que havia era uma falta de comprometimento dos jogadores. Muito provavelmente, não para com o clube, mas sim para com o treinador. Jogavam razoavelmente bem no primeiro tempo, como q dizendo “se quisessemos, ganhavamos!”, e depois “dane-se o Silas”. Na boa, aturar William e Cia, quando tinhamos jogadores qualifcados no elenco era complicado. Havia claramente um racha entre elenco e treinador.

    A insistência do Silas com suas ovelhinhas era duro… e com certeza também era complicado para os boleiros de verdade que lá estavam! Veja o caso do Renato, que trouxe seus bruxo/indicações, os que não deram certo foram pro banco e ponto. Errar é normal, mas insistir… william batoré estava acima de qualquer racionalidade!

    Veja bem, não estou entrando no mérito do trabalho do Anderson. Só estou dizendo que esta questão de morrer no segundo tempo, talvez não era nem “morrer” o caso. Sobre o trabalho de preparação, tenho dúvidas também, mas não por isto… talvez por termos tido TANTOS jogadores constantemente no DM… inclusive jogadores sem este histórico.

    Mas, pelo que os jogadores estão jogando, nesta reta final, não veria com maus olhos mais uma temporada para o Anderson demonstrar o seu trabalho, sob circunstâncias ideais.

    E quanto ao caso do Anderson/Bahia, teria vários argumentos para questionar esta relação demissão = incompetência. Mas acho que basta uma: O Renato já não foi demitido?!?

  3. observador permalink
    dezembro 3, 2010 4:25 pm

    OLha gente não sou perito no assunto preparação fisíca mas deve ser mais fácil encontrar profissional capacitado nessa áreda do q treinadores,ou jogadores q ganham qase isso q foi citado em dinheiro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: