Skip to content

DIRETO AO PONTO – mata-mata: a volta da emoção e o fim do ‘corpo mole’

novembro 22, 2010

Direto ao Ponto, por Talis Ramon

Dia desses, em um periódico qualquer, li uma declaração de Joel Santana, técnico do Botafogo, que me chamou atenção. O Papai Joel, como é carinhosamente conhecido, defendeu o retorno do Campeonato Brasileiro disputado no tradicional “mata-mata”, também conhecido como playoff. Ele contesta a fórmula oposta (pontos corridos) alegando que tira a emoção da disputa.

Eu concordo com Joel. É bem verdade que as disputadas por pontos corridos são, por vezes, mais acirradas. Temos jogos interessantes em quase todas as rodadas, pelo menos um estádio superando o público de 30 mil pessoas. Mas como o tema deste blog é o Grêmio, é necessário dizer que a fórmula do mata-mata, este ano, nos favoreceria muito.

Entre as razões que me fazem defender o retorno dos playoffs, está a da garantia de que jogos como Botafogo x Inter, São Paulo x Fluminense (2010) e Flamengo x Grêmio (2009), na reta final da competição, não teriam a presença da dúvida “entrega-não entrega”. O Campeonato Brasileiro é a competição mais difícil do mundo, e isso não sou eu quem diz. Mas, por ser a mais difícil, aparenta ser também a mais desorganizada. Erros de arbitragem, pra lá e pra cá, prejudicam pelo menos três ou quatro times a cada rodada. E isso não é de hoje. Há anos este cenário não muda, muito por causa da indiferença (ou medo) dos clubes perante a Comissão de Arbitragem e, principalmente, a CBF.

Campeonato Brasileiro 2002 - Santos 3x0 Grêmio (Foto: Deduc)Em 2002, Santos e Grêmio disputaram a semifinal do último mata-mata do Brasileirão

O Brasileirão poderia ser disputado unindo as duas fórmulas, por exemplo. Até certo ponto do ano disputa-se por pontos corridos e, a partir de tal data, os melhores colocados disputariam os playoffs para decidir quem seria o campeão e quem levaria as vagas da Libertadores. Semelhante ao que ocorre no Gauchão, por exemplo. Não deixaria Internacional e Santos de fora da disputa (considerando os 8 primeiros como “finalistas”) faltando dois meses para o término da competição. Além, é claro, de beneficiar o Grêmio.

Começamos o Brasileirão na zona de rebaixamento e por ali ficamos até praticamente a metade. E lá se vão 19 rodadas de reação, superação e determinação. Tudo isso após a chegada de Renato. É justo que um time que lutou durante todo o segundo turno e teve a melhor campanha neste período saia do Campeonato de mãos vazias? O Grêmio corre o risco de não chegar a Libertadores. Basta um brasileiro, Goiás ou Palmeiras, meter a mão na taça da Sul-americana. Aí todo o empenho e a dedicação vão por água abaixo. Todo este cenário seria diferente se a turma de Silas e Meira tivesse abandonado o Estádio Olímpico logo que os sinais de fracasso começaram a surgir.

O Campeonato por pontos corridos nem sempre premia o melhor time, como dizem. Premia também o mais beneficiado pela arbitragem, o que mais tem força política, o que mais é beneficiado nos julgamentos do STJD… e assim vai ser por muitos anos. O mata-mata que defendo traz uma emoção incomparável ao fim do ano. Um jogo entre um time grande e um relativamente pequeno nos pontos corridos não traz sucesso algum para a bilheteria. Se os dois times se enfrentarem no mata-mata e o segundo ainda contar com uma dose de sorte, a garantia é de casa cheia. Sem falar que o mata-mata anula completamente a existência da tal “mala branca”, que nas suas variâncias pode se transformar em preta. Há um conjunto de fatores que alavancam a ideia de que o mata-mata é mais interessante, mais emocionante e mais rentável. A própria Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão da competição de forma praticamente vitalícia, estaria apoiando e estudando a mudança com a CBF.

O que me faz pensar na volta do mata-mata é a competitividade e a justiça, nada mais. O Grêmio reagiu de forma inimaginável no segundo turno, transformou-se na melhor campanha e hoje não deve nada para Corinthians, Cruzeiro e nem Fluminense. Mas, graças a Silas, Meira e aos pontos corridos, está fora da disputa. Está com chances pouco concretas de disputar a Libertadores. Com o mata-mata, a esperança tricolor perduraria por mais alguns dias. Situações como estas, em que um time reage na reta final, colocariam a dose de ânimo e emoção que o Brasileirão há anos está precisando.

Assim, provavelmente, o “entrega-não entrega”, a mala branca ou preta e o corpo mole ficariam fora da disputa.

‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗

@talisramon escreve toda segunda-feira para o @BlogGremio1903.

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. milton permalink
    novembro 23, 2010 2:05 pm

    Bah, faco minhas as tuas palavras. A prova mais cabal

  2. milton permalink
    novembro 23, 2010 2:15 pm

    (enviei sem querer sem completar o comentario)
    A prova mais cabal que os pontos corridos estao acabando com o futebol brasileiro sao os interminaveis posts de membros da imprensa implorando por didgnidade e etica no futebol. Mas vai te catar! Eu jogo futebol pra beneficiar a mim mesmo, e nao a meu rival! Se o jogo nao me interessa, nao vou jogar com o mesmo afinco e ponto final! Quer etica em final de campeonato? Faz uma final de verdade pra competicao.
    O mais ridiculo eh ter o titulo do flamengo do ano passado “manchado” por causa de entregas de rivais (propositais ou subjetivas). Esse ano eh a mesma coisa. Onde ja se viu isso acontecer numa final de campeonato onde o adversario se recusou de ir com forca maxima? So em pontos corridos mesmo pra isso acontecer.
    Coisa mais ridicula o Sao Paulo comemorando o titulo brasileiro em goiania, longe da torcida do sao paulo ou do gremio. Coisa ridicula o campeao jogar contra um adversario que esta nem ai pro jogo (cruzeiro vs palmeiras, goias vs corinthians, ou fluminense vs guarani). Os pontos corridos fizeram do brasileirao um mero distribuidor de vagas, e nao uma competicao onde se busca o titulo.
    Ate voltar o formulismo, so consigo acompanhar ‘in loco’ copa do brasil e libertadores.

  3. Daniel Alves permalink
    novembro 24, 2010 2:00 pm

    A forma de disputa atual do Brasileirão é a forma mais justa, pois, premia o time mais regular da competição, porém, de que adianta ter uma competição justa com os times se os times não são justos com a competição? No primeiro ano de disputa dos pontos corrido fui a favor dessa forma de disputa, mas hoje defendo a volta do “mata-mata”.
    Mas pior que isso é a Sul-Americana dar vaga pra Libertadores. Isso é um absurdo, é querer premiar time que não teve a competência pra ganhar a vaga nos meios convencionais. Na Europa não é assim, a Liga Europa (Europa League) não dá vaga pra Liga dos Campeões (Champions League), só na América do Sul acontece uma fatalidade dessas. Aí fica essa palhaçada de time abrindo mão de jogar o Brasileirão pra jogar Sul-Americana, dando motivos pra imprensa ficar com essa de mala branca, mala preta… Se não quer jogar Sul-Americana, não joga, coloca o time B, os juniores, sei lá, mas Sul-Americana não pode dar vaga pra Libertadores.
    Abraço

  4. Rodrigo Diniz permalink
    novembro 26, 2010 1:51 am

    Eu sou gremista fanático e infelizmente não vi o mundial de 1983 (nasci em 85). Eu só queria saber uma coisa: por que a FIFA não reconhece o nosso mundial? Por que na página da FIFA não encontramos nosso escudo?
    Esses dias eu estava pesquisando a imagem da taça de 1983 e vi que dizia: COPA TOYOTA. Por que não se chamava MUNDIAL DE CLUBES? E tem um mapa da América do Sul e um mapa da Europa com o dizer: SUDAMERICAN Vs. EUROPAN … E quando eu fui no museu do imortal tinha um mapa da América do Sul + América Central + América do Norte + África + Ásia + Oceania dando a entender que todos os continentes participaram.
    Alguém poderia me responder o porquê destas contradições? Eu não quero mentiras e o que a RBS inventa… Eu quero a verdade! Não aguento mais ouvir meus amigos dizer uma coisa e a mídia repetir a mesma coisa e não encontrar fatos históricos que comprove que sou campeão do mundo. Por favor alguém me ajude. Obrigado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: