Skip to content

Por que Grêmio e Inter não podem ter seus patrocinadores?

novembro 18, 2010

Clique na imagem para ampliá-la

Um grande mito que precisa ser quebrado entre os torcedores da dupla Grenal e empresas que queiram patrocinar os dois clubes é a velha máxima de que se uma marca for estampada na camisa que representa uma metade do Rio Grande, a outra metade irá rejeitá-la. Não nego a existência de torcedores que cumprem fielmente essa teoria, mas acredito que é preciso realizar uma pesquisa séria das instituições a respeito, para não se limitar apenas no senso comum.

Uma pesquisa realizada pelo TNS Sport aponta que mais de 95,53% dos torcedores futebol não deixariam de comprar algum produto ou se utilizar de algum serviço dele por ser patrocinador de um clube rival (leiam mais a respeito). O levantamento consultou 7.001 pessoas em 14 estados do Brasil, com margem de erro de 1,1%. Ou seja, a teoria que uma instituição cai na listra negra do torcedor ao patrocinar o clube rival é bastante questionável.

Na década de 90, não creio que parte significativa de colorados tenham deixado de adquirir as tintas Renner, tampouco acredito que muitos gremistas deixaram de contar com os serviços da Aplub. Não posso crer que um torcedor vá comprar um produto ou ir atrás de um serviço de extrema importância e deixe de fazê-lo, porque na hora H, lembrou que tal instituição patrocina o clube rival.

Apesar disso, há quem defenda que no Rio Grande do Sul, a situação possa ser diferente. Certo, então vamos abordar esse ponto de vista, uma vez sendo preciso. Primeiro, torna-se necessário um trabalho tanto do Grêmio como do Internacional, com a finalidade de conscientizar o torcedor de que tal atitude nada ajuda os dois clubes.

Afinal, o torcedor que não compra um produto fabricado pela instituição que tem sua marca na camisa rival, nada vai atrapalhar naquele instante o adversário, mas irá atrapalhá-lo, assim como seu clube de coração, em longo prazo. Simplesmente porque tal atitude ajudará a implantar na cabeça de empresários a ideia de que é necessário estampar a sua logomarca na camisa dos dois clubes.

Oras, isso é muito prejudicial. Peguemos como exemplo o Banrisul, cujo pagamento destinado ao dois clubes da capital é um pouco mais de R$ 14 milhões anuais. Ruim? Não, é um bom valor, se o mesmo não fosse dividido em dois. Assim, a dupla Grenal não conseguirá acompanhar os crescentes valores de patrocinadores nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

Recebendo menos dinheiro, mais difícil se torna enfrentar adversários do eixo em competições longas, como o Campeonato Brasileiro. A diferença somente não é maior, porque Internacional e Grêmio são clubes que possuem no quadro social como forma de obter outras formas de receita, algo que ainda engatinha nos clubes do Sudeste. Mas por quanto tempo isso irá durar?

Além disso, outra prova de que dois rivais podem ter patrocinadores diferentes é o que ocorre pelo mundo. Nos clássicos de maior rivalidade no planeta, a grande maioria não possui patrocinador casado. E não estamos falando de quaisquer clássicos: Boca x River, Lazio x Roma e Galatasaray x Fenerbahçe. Logo, por qual razão Grêmio e Inter não podem ter seus patrocinadores?

 

Anúncios
10 Comentários leave one →
  1. observador permalink
    novembro 19, 2010 6:59 am

    Concordo com quase tudo hehe,fortes argumentos,dados interessantes(ainda acho q o maior clássico do planeta é o grenal hehe)como vc mesmo frisou se o produto for mesmo necessario e de boa qalidade claro q o torcedor vai comprar sem se importar se ele patrocina time A ou B,mas imagina um produto com varios concorrentes e todos do mesmo nivel na hora de adquirir esse bem, com certeza o torcedor fanatico(e não sao poucos)vai pensar duas vzs antes de comprar.É uma qestao de cultura,um mau hábito sem duvida alguma,e isso não vai ser mudado de uma hora pra outra.Lembro dum episodio decada de 90,onde a torcida do Gremio gritava “Guaíba,guaiba” em alusao a radio,pq a gaucha havia”feito algo q se identificasse com o inter”…a rivalidade grenal transcende certas coisas!!!

  2. Frederico permalink
    novembro 19, 2010 8:23 am

    Desculpa, mas esse papo de “metade azul e metade vermelha” é uma falacia inventada pela imprensa. Todo mundo sabe (e diferentes pesquisas cansaram de evidenciar) que bastante mais da metade do RGS é gremista, e o resto se divide em diferentes agremiações como o São Jose, Caxias, Juventude, SCI, etc. Colocar no mesmo patamar estas agremiações menores com o Grêmio é um insulto. As coisas no seu lugar.

    • novembro 19, 2010 10:08 am

      Frederico, calma, eu sei disso tudo. Apenas coloquei esse termo “metade azul” para ilustrar mais facilmente o conceito que o Rio Grande do Sul tem sobre os patrocinadores da dupla Grenal. Não se insulte por isso.

  3. Cassiano Silveira permalink
    novembro 19, 2010 8:39 am

    Perfeito texto. Sem dúvida os valores oferecidos pelo patrocínio na camisa do Grêmio seriam maior, pois a torcida tricolor é maior. Essa “estória” de metade azul/metade vermelha é coisa da imprensa cor-de-rosa da R.B.oS.T.aV.

  4. Fernando Larrondo permalink
    novembro 19, 2010 10:04 am

    Também concordo, existem outras bobagens como “parem de comprar na Multison” … agora a Aplub sempre me pareceu coisa de colorado …

  5. Conde permalink
    novembro 19, 2010 10:42 am

    Cara, essa situação é meio estranha mesmo
    Acho besteira o cara boicotar uma marca porque patrocina o time rival, mas por outro lado sempre evito comprar produtos da Reebook….acho que é o subconsciente, sei lá…

  6. Marco permalink
    novembro 19, 2010 11:02 am

    Trabalho com marketing e ssa coisa de deixar de comprar porque tal marca patrocina time A ou B é uma bobagem. Na verdade o único que ganha com isso é o patrocinador, que, gastando o mesmo valor, aparece dobrado na mídia por conta de patrocinar os dois clubes. Qualquer pessoa um pouco inteligente vê que se a empresa patrocinar só um dos clubes, vai aparecer só em um determinado momento nos jornais, na tv, etc… então patrocina os dois e aparece duas vezes, com o mesmo valor. E aí vem com desculpinha de patrocinar os dois pra ninguém deixar de comprar. Desculpa esfarrapada, que infelizmente cola a anos.

  7. Daniel Alves permalink
    novembro 19, 2010 1:26 pm

    É só o marketing do Grêmio deixar de preguiça, trabalhar um pouco, e anunciar no site do clube que está disposto a negociar a proposta de patrocínio com outras empresas além da atual que eu quero ver se não aparece nenhum interessado. Pra começar a notícia vai estourar feito uma bomba na imprensa, e a partir daí é estudar a melhor das propostas que concerteza vão aparecer. Essa situação atual se deve ao comodismo e incompetência do nosso marketing, do jeito que está tá bom pra eles e eles não se mexem pra buscar melhorar.

  8. novembro 19, 2010 1:57 pm

    Já passei desse tempo de ignorar produtos do patrocinador do outro.
    Hoje faço assim, preciso de uma coisa.
    Tal marca é boa, o produto é bom. A outra também é do mesmo nível, qual é mais barato?

    meu tênis é Reebok, minha chuteira é Puma…

    meu celular é Claro e Vivo. Acho TIM uma merda.

    Se eu tiver alguma vantagem, por comprar algo do patrocinador do Grêmio por ser sócio, daí é mais um ponto a ser avaliado.

    as empresas gastam 15 mi com a dupla, poderia ser 2 empresas gastando isso com cada um.

  9. novembro 22, 2010 12:52 pm

    Tchê, isso começou, prestem atenção, quando o governo do estado do RS começou a entrar na parada.
    Unificaram com a GM, que era projeto de um conselheiro do Grêmio, mas que tinha base eleitoral com os Zachias… Passou-se ao Banrisul, com Odone e Zachias participando intrinsecamente do(s) governo(s). E a renovação deste patrocínio passa por aí, tb.
    É preciso enxergar adiante, porque há muitos interesses envolvidos, muito mais do que marketing de marcas e clubes, podem apostar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: