Skip to content

Paulão conquistou a torcida

novembro 14, 2010

O Grêmio vencia por 5×0 o Ceará, com gols de Jonas, Rochemback, Douglas e mais dois de André Lima. Antes da goleada se iniciar, Victor havia feito mais dois de seus inúmeros milagres debaixo da goleira. Mas durante o jogo, a torcida gritou um nome: Paulão. O zagueiro, vindo do virtual rebaixado Prudente, havia dado duas divididas em um lance, saindo-se vitorioso de ambas. Foi o suficiente para que seu nome fosse ecoado pelo Olímpico.

Nas últimas temporadas, o Grêmio seguiu em busca de um xerifão, seja como zagueiro ou volante. O nome “Paulão” parece ser bem sugestivo nesse quesito, principalmente se tratando de um jogador alto e com imposição física, complementado com cara de durão. Mas Paulão se mostrou carismático, gente boa, sorridente e consciente de suas declarações. Apresentou-se aos gremistas dizendo que poderiam esperar dele muita força de vontade e determinação. Por enquanto, vem cumprindo o prometido.

O jogador chegou ao Olímpico sabendo o que o torcedor gremista espera de um zagueiro, que é imposição física, eficiência e raça. No entanto, ele mostrou mais do que isso. Paulão também é um zagueiro técnico, que sabe tocar bem a bola, até chega a se aventurar no ataque. Apesar disso, tais qualidades não o impedem de dar aquele chutão para afastar a bola da área gremista, bem ao estilo “Paulão”. Com jeitão simples, mas eficiente, o novo defensor gremista conquistou a torcida.

Paulão é uma prova que vale a pena sair do óbvio na busca de jogadores. O grande pecado do Grêmio nesta temporada foi apostar em “atletas braço direito de técnico”, como os oriundos do Avaí, ou veteranos do São Paulo. Tanto no futebol sul-americano como no brasileiro, existem atletas baratos, porém, eficientes. Paulão é um desses jogadores, que veio do Prudente, que irá figurar a Série B em 2011. Mesmo assim, é um jogador de Série A e pode fazer história no Grêmio.

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. Daniel permalink
    novembro 14, 2010 7:41 pm

    Paulão é um Baidek negro hauhuahuha

    Na estréia dele contra o Palmeiras, confesso que fiquei com medo de ele se tornar titular. Entendi o apreço da torcida pela raça demonstrada, mas achei que aquele excesso de força faria ele ser expulso em metade dos jogos. Com o tempo, percebi que Paulão não é grosso, nem habilidoso. Ele é simplesmente Paulão, dispensa adjetivos.

  2. borracho permalink
    novembro 15, 2010 4:45 pm

    Paulao ta longe de ser um xerifao… eh um zagueiro razoavel por enquanto, firme mas com algumas rateadas perigosas na marcaçao. Alem disso ele nao parece ter uma das principais caracteristicas pra ser um xerifao, falar em campo pra poder comandar a defesa. Esta acontecendo isso com a torcida muito mais pela figura dele do q pelo futebol. Acho o Vilson bem melhor zagueiro do q ele (e obviamente ambos melhores q o Rafael Marques), Vilson q por sinal teve seu nome gritado pela torcida logo na estreia por barrar o ataque do Santos.

    Ja tinha falado aqui q sou contra esse apoio ao Paulao q surgiu no Olimpico pelo simples fato dele barrar a volta do Mario Fernandes e talvez ate a contrataçao de um xerifao de verdade pro ano q vem (dependendo da visao de jogo do Antonio Vicente Martins). Alias, como tu pode defender a “qualidade tecnica” do Paulao mas ser contra o Mario na zaga? O guri pode ate nao ser tao forte, mas desarmava muito mais bolas do q o Paulao (acabei de ver no site do Gremio q o Mario eh mais alto tambem).

  3. novembro 15, 2010 5:03 pm

    Borracho,
    Acho um desperdício o Mário Fernandes na zaga. Ele é um jogador leve, possui velocidade e habilidade que lhe dão atributos tanto defensivos e como ofensivos. Embora Mário possa ser o zagueiro mais técnico, ele é muito mais jogador como lateral e, talvez, consiga desempenho semelhante como segundo volante. Se fosse Renato (espero que continue em 2011), apostaria no guri nessa função.
    Tampouco estou de acordo com a afirmação que perdemos a Copa do Brasil porque Mário não jogou. Acho que está exagerando ao atribuir a ausência de um garoto toda a responsabilidade por uma eliminação. Também é uma situação diferente da do Silas. Ele tratou Mário como reserva de Ozeia, que, convenhamos, é muito pior do que Vilson, Paulão e Rafael Marques. Daí não haveria como concordar mesmo.
    Sobre o xerifão, concordo, não é o Paulão. Pode ser que não tenha sido claro, apenas quis dizer que o jeitão do Paulão, no começo, parecia o de um xerifão. Mas ele é muito, digamos, “gente boa” para fazer uma função que outrora era de Hugo De León e Dinho. Apesar disso, ele dá umas rateadas, mas por enquanto, aprovo o desempenho dele.
    Sobre Rafael Marques, não é um zagueiro dos sonhos, mas sejamos justos. Da mesma maneira que ele estava no time que brigava para não cair, hoje ele faz parte de um time que briga por G-4. Portanto, ele está longe de ser o nosso maior problema, por essa razão, considero as críticas exageradas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: