Skip to content

Arena: do sonho à realidade

setembro 21, 2010

Foto: Tatiana Lopes/ClicRBS

O dia 20 de setembro se tornou histórico para o Grêmio, data em que a Arena passou de um mero projeto em um papel, para o começo de uma realidade visível para toda torcida gremista. Agora, não tem mais volta, daqui a dois anos, teremos um novo e um dos mais modernos estádios do mundo.

Após árduo trabalho para obtenção de licenças, as obras da Arena foram iniciadas oficialmente nesta segunda-feira, data que o gaúcho comemora a Revolução Farroupilha. O evento foi marcado por uma carreata que pintou Porto Alegre de azul, levando 10 mil pessoas ao terreno do bairro Humaitá, a nova morada gremista.

Ainda houve provocação colorada por meio de um minúsculo avião vermelho sob um imenso céu azul, provando mais uma vez que não importa se eles tenham compromisso em Abu Dhabi no final deste ano, jamais irão nos tirar entre as suas principais preocupações. Contudo, agora não há mais como eles dizerem que o novo estádio é um jogo de lego.

O dia era tão especial, que gremistas, de grupos políticos adversários, uniram-se nesse momento histórico. O presidente da Grêmio Empreendimentos, Adalberto Preis, não escondeu a sua alegria, como se fosse uma criança tão feliz que acabara de ganhar um grande presente.

Além de Preis, vimos o presidente Duda Kroeff e o seu antecessor e provável sucessor Paulo Odone, além de Eduardo Antonini e Cacalo, gremistas da situação e oposição, unidos em torno de uma grande festa azul. É isso que se espera da Arena, para que o Grêmio supere as divergências políticas em prol do próprio clube. Pelo menos, podemos dizer que o novo estádio começou com pé-direito.

Ainda há gente que acha que a Arena vem por causa da Copa do Mundo. Engana-se, a nova morada gremista vem para o Grêmio e a sua torcida. Como Paulo Odone disse, queremos transformá-la numa nova La Bombonera, fazer com que o adversário sinta toda a pressão da Nação Tricolor, que já é bastante presente no Olímpico, mas ficará ainda maior na Arena.

Ícones gremistas também foram presenças no evento. Hugo de León ficou com a incumbência de levar um pedaço de grama do Olímpico até a Arena. Nada mais justo para o Capitão do time Campeão do Mundo de 1983. Além dele, Iúra, Tarciso, Mazzaropi também estiveram na cerimônia, como se desejassem que as glórias, que eles mesmos construíram no Olímpico, passassem para a Arena.

Impossível, porém, não associar o começo de uma nova era na Arena com o fim de outra no estádio Olímpico. Agora, cada torcedor gremista deve sentir o nosso velho casarão como se fosse um sentimento especial. Inevitavelmente teremos que lidar com alegria e tristeza, ambas caminhando juntas. Mas como o próprio presidente Duda Kroeff disse, é preciso seguir em frente, pois todos sabemos que a Arena é uma realidade, enquanto que o Olímpico está imortalizado em nossas lembranças, muito além do que concretos.

Vídeo da Arena

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. Nelson Luiz Ramão permalink
    setembro 21, 2010 10:53 am

    Caro amigo Bruno! Estamos, todos os gremistas, em festa! É o momento para darmos um passo importante rumo a um futuro de modernidade sem, no entanto, esquecermos das grandes conquistas que tiveram lugar no Olímpico Monumental. Deve ser sentimento semelhante ao que experimentaram gremistas mais antigos, quando o Tricolor deixou o Fortim da Baixada para o Olímpico. Uma certa nostalgia diante de uma mudança inevitável.
    Abraços a todos os gremistas.

  2. Eduardo permalink
    setembro 21, 2010 11:19 am

    Chega me dar uma dor no peito quando eu leio que o Olimpico será demulhido.
    Mas o que mais me orgulha é o fato do Grêmio não “precisar” da copa do mundo para fazer um “novo” estádio, enquanto outros clubes precisam do governo para reformar os seus antigos…
    Acho que os dirigentes gremistas não deveriam nem falar de copa do mundo, e só se mostrar à disposição caso alguma seleção queira usá-lo.

  3. observador permalink
    setembro 21, 2010 2:11 pm

    Tbm sentirei muita falta do monumental,palco de tantos jogos históricos,vou la tirar muita foto antes da demolição.

  4. setembro 21, 2010 2:38 pm

    ELES SENTIRAM MUITO O GOLPE ontem OK . E A IMPRENSA VERME 69 TBM .

Trackbacks

  1. Grêmio Arena: um ano depois do começo das obras » Grêmio 1903

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: