Skip to content

Chapa Dá-lhe Grêmio segue subestimando a inteligência do torcedor

setembro 6, 2010

A chapa da situação, Dá-lhe Grêmio, segue pregando a incoerência e subestimando a inteligência do sócio e de qualquer torcedor gremista. Não tenho nada contra, pessoalmente, ao grupo e tampouco faço campanha para a oposição, Renova Tricolor, apesar de não esconder que esta é a minha preferida. Mas fico indignado com comportamentos da chapa da situação.

Entre várias promessas, corriqueiras nesse período eleitoral, estão a redução da Cláusula de Barreira de 30% a 20% e profissionalização da estrutura administrativa do Grêmio. Porém, o torcedor deve ser perguntar que, se a situação esteve no comando do clube por quase dois anos, então por qual razão tais propostas não concretizadas? É muito fácil prometer nas eleições, mas fora dela, as coisas mudam.

Além disso, vale mais uma vez lembrar que a situação tentou de todas as maneiras desvincular as eleições para o Conselho Deliberativo à escolha do futuro presidente. No entanto, essa novela em torno de Fábio Koff tem mais espaço na mídia do que qualquer proposta da chapa. Nesse vai ou não vai, teremos as eleições para os conselheiros neste sábado (11) e ainda estamos sem uma definição do caso. Isso é uma grande contradição.

Anúncios
18 Comentários leave one →
  1. Gustavo Borba permalink
    setembro 6, 2010 11:48 am

    Pedimos divulgação:
    http://terceiraviagremio.wordpress.com/

    • setembro 6, 2010 2:53 pm

      Gustavo, darei sim o espaço à Terceira Via. Vou publicar, amanhã, as propostas de cada chapa. Abraço.

  2. Alberto Sieg permalink
    setembro 6, 2010 12:29 pm

    Prezado Bruno Coelho:
    E a chapa 1 que esteve no governo com Guerreiro e depois meio situação meio oposição nos 4 anos de Odone, o que fez pela profissionalização.
    O pessoal da chapa 2 na maioria votou pela redução da cláusula de barreira. Os votos que faltaram para a aprovação – bem poucos – teriam sido supridos se o pessoal da chapa 1, a começar por Paulo Odone, tivessem comparecido e votado.
    Acho, então, que o teu comentário está deslocado da realidade.

  3. Alberto Sieg permalink
    setembro 6, 2010 12:53 pm

    Sobre esse assunto, transcrevo comentário do Dr. Carlos Josias fazendo análise do que aconteceu na sessão, com fonte e tudo:
    http://sempreimortal.wordpress.com/2009/08/13/mais-uma-vez-faltou-quorum-mais-uma-vez-faltou-vergonha-na-cara-mais-uma-vez-faltou-gremisto/#comments

    (…)
    1. 3. Mais, TODOS OS GRUPOS, TODOS, TODOS, sem exceção, tiveram ausências; que ninguém venha fazer politicagem, portanto, com isto …. o pecado foi coletivo…qualquer oportunismo politico de qualquer integrante de qualquer grupo com relação a isto será hipocresia e cinismo repudiáveis…todos perdemos, e quando todos perdem, o Grêmio Perde .. vergonha …
    3.1. Todos os Grupos, todos, todos, tiveram também os que se retiraram logo após a votação das propostas e não ficaram para a exposição do Dr. Preis sobre o Projeto Arena, eu disse TODOS, e incluo nestes todos os GRUPOS jovens, recém eleitos, meia idade, e mais idosos … logo ….não escapou ninguém, nem o candidato oposicionista à presidência, nem o tão reclamado Mr Arena que originou ranger de dentes e lágrimas quando não foi incluso na GE … se retiraram antes da apresentação do Dr. Preis, e pior o ONIPOTENTE Presidente Odone que não compareceu e tanto se sentiu injuriado quando não foi ´convidado para ser o Presidente da GE´, e que a meu juízo há muito tempo já demonstrou ser muito mais ODONISTA doq QUE GREMISTA …e que ao menos como homem da Yeda para acompanhar a copa do mundo tinha o dever a obrigação de estar presente – ou mandar represenante …., tanto ele como o Sr. Fortunati, que foi encarregado desta tarefa pelo Municipio … e que nem sei a que grupo pertence …Omissos ! Perdão por não citar todos mas estes nomes lembrados me parecem essenciais … fundamentais, quanto à presença, ou estou errado ? Não que se possa perdoar os demais, mas me parece evidente esta prioridade com relação a eles…o pecado de alguns é maior do que o de outros, de acordo com a importância de cada um, ainda que ato pecaminoso seja o memso ..
    4. No post do blog, contudo, há um erro de precipitação ao observar ” E pra piorar, não devemos ter tido conselheiros verdadeiramente corajosos para questionar o Pres. da GE sobre as suas dúvidas e de milhares de tricolores.”
    4.1. Engano, os poucos que ficaram, questionaram, como o Flavio Jacobus o Azambuja somente para citar alguns que me lembro do minguado grupo restante ….
    4.2. E eu pedi urgencia ao Presidente do CD para que fosse marcada uma reunião, aliás em diversas passagens sugerida pelo Dr. Preis, mas eu fiz o pedido expresso no que fui acompanhado por todos, com a finalidade especifica de tratar de ARENA seu CONTRATO e todas as suas consequencias salientando que fosse marcada nem que seja as 17 hroas e que termnasse de madrugada, para que somente este assunto fosse debatido, com a presença de toda a equipe responsável pelo plano e comissões analistas ….
    5. DOS QUE FICARAM HOUVE UMA JUSTIFICADISSIMA REVOLVA CONTRA O ABANDONO DOS QUE FALTARAM, E UM SENTIMENTO ÚNICO DE QUE ISTO TEM QUE ACABAR. TAlvez, aqui, ou ai, o melhor da reunião de ontem/hje…
    6. Não darei o nome aqui dos que assinaram e foram embora, se não me engano foram 8, porque não tenho certeza de todos, me lembro de 2, e cometeria uma infâmia se sacrificasse apenas 2 sem me lembrar dos demais, mas imperioso que:
    6.1. Sejam divulgados:
    6.1.1. o nome de todos os ausentes sem justificativa
    6.1.2 o nome dos que assinaram e foram embora e não votaram ( isto a mesa do CD registrou e deve ser divulgado )
    6.2. Seja criado um QUADRO DE PRESENÇAS em ordem alfabética por mandato, foi meu pedido ao Presidente do CD, e colocado à ciência dos sócios, aonde conste as reuniões havidas durante o ano, as presenças, as ausências justificadas e as faltas não justificadas.
    7. Confesso que sai envergonhado, por um lado, mas satisfeito por outro:
    7.1. A vergonha, já estampei aqui os motivos não preciso repeti-los.
    7.2. A satisfação com os que estavam lá até o fim, e com a aula de gremismo do Dr. Dourado, e com a forma luzente com que o Dr. Preis expôs o andamento do Projeto Arena.
    7.2.1. É bom que se diga sobre ele duas coisas:
    7.2.1.1. Não se furtou a responder nenhuma pergunta;
    7.2.1.2. Nem de expor sua opinião de que é um bom negócio para o clube !
    8. Se mais não disse foi porque mais não lhe pediram.
    9. Mas tb é bom que se diga, nenhum dos que ficaram deixaram de perguntar nada por serem covardes, ninguém deixou de perguntar por falta de coragem ….
    Enfim, foi isto !

  4. Alberto Sieg permalink
    setembro 6, 2010 12:56 pm

    Disse ele mais o seguinte:
    13/08/2009 às 04:47
    Adendo: FALTARAM SEIS VOTOS ( 6 ) PARA QUE A CLÁUSULA DE BARREIRA fosse quebrada para o acesso ao CD. No final fui obrigado a ser tragicômico, levando no bom humor ( se é que se pode levar no bom humor uma barbaridade dessas ) e eu fiz o segunte. Olha, cada um escolhe os seus 6 de preferência – cada um de um grupo escolhe 6 do outro, afinal foram mais de 140 … – dos faltantes que poderiam ter consagrado a redução; se faltaram seis, …. Sugiro aqui que cada um diga os seus …. vou dar os meus seis, até porque não saberia todos, mas vou dar seis que se afinavam com promessas de campanha, já que ouvi tanto sobre isto, muito sobre isto, inclusive com leitura de panfletos da epoca de de eleição no conselho, como se por acaso so um ou outro grupo carregasse o encargo de estar descumprindo a promessa …. quando na verdade todos descumpriram … não sobra nenhum …. todos descumpriram e repito, que tentar se aproveitar deste momento triste para fazer politicagem esta sendo hipócrita, entao dou os meus seis que se engajaram em chapas de promessas não cumpridas e que poderiam ter salvo a quebra da cláusula e não o fizeram:
    1. Odone ( por sinal, faltou nas 2 reuniões ) – aqui não posso deixar passar esta; o dr. Antonio Vicente Martins na outra reunião leu, muito apropriadamente, panfletos de grupos em campanha eleitoral que prometiam lutar pela redução …. só que ele se esqueceu que o grande ícone da campanha na qual ele foi candidato, foi justamente o Dr. Odone … a candidatura antonio vicente somente teve chance a partir do Odone, sem ele não decolava, quanto mais competia ….. but .. se esqueceu de lembrar, na leitura dos panfletos, que este grande ícone …. recuou …..
    2. Tulio ( idem )
    3. Alfredo Oliveira ( idem )
    4. Daniel Carrion ( idem )
    5. Francisco Rocha Santos
    6. Jaime Eduardo Machado
    Não vi a mesa do CD apresentar justificativa para a ausência de nenhum dles. Houve algumas justifiativas de falta, não me lembro quais, salvo do Richard Eduard Ducker que está nos EUA em ILINOIS, a trabalho por um período de 5 meses.
    Mas, como disse, cada um que aponte os seus 6 ausentes de ´preferência` e tem de todos os grupos, todos

  5. Alberto Sieg permalink
    setembro 6, 2010 12:57 pm

    Então prezado Bruno:
    Como o tenho como comentarista honesto, creio que o seu comentário se baseia no desconhecimento desses fatos.
    Grande abraço.

  6. observador permalink
    setembro 6, 2010 1:41 pm

    O que me preocupa realmente é o atual time do Gremio,foi sofrível vencer o Guarani,e contra o Botafogo,foi mais sorte do que juízo.Do q adianta um grande presidente pro ano seguinte,se estivermos rebaixados?

  7. setembro 6, 2010 2:13 pm

    Prezado Alberto Sieg:

    Concordo plenamente com você, quando diz que a atual oposição também teve a sua oportunidade de colocar no papel as propostas acima citadas, como a profissionalização dos departamentos do Grêmio. Portanto, não existe anjo nessa história.

    Agora, mesmo assim, o que me faz crer mais na chapa Renova Tricolor ou na Terceira Via do que na Chapa Dá-lhe Grêmio? A situação é a que menos representa renovação. Não estou inventando isso, o blog Imortal Tricolor fez uma excelente pesquisa comprovando essa tese (http://blogremio.blogspot.com/2010/08/renovacao-raio-x-das-chapas.html). Logo, se for para crer em qualquer um dos lados, com todo respeito que tenho ao pessoal da situação, que possui integrantes de grande respeito e que merecem também uma chance no Grêmio, a chapa Dá-lhe Grêmio é a que menos confio.

    Além disso, prezado Sieg, ao escrever que a oposição também teve quatro anos e nada de profissionalização no futebol, isso me faz crer que é tudo farinha do mesmo saco, o que não torna a situação melhor. Porque nesses dois anos, não vejo movimento por parte da atual situação para mudar esse quadro. Pode ser que a distância me atrapalhe nessa avaliação. Caso esteja errado, ficarei grato se me mostrar exemplos concretos do contrário.

  8. setembro 6, 2010 2:22 pm

    Continuando, prezado Alberto Sieg:

    Agora pouco pedi a lista de conselheiros que votaram contra, a favor e se ausentaram, com ou sem justificativa. Trata-se apenas de uma forma de obter conhecimento, não pretendo publicar neste blog, pois há pessoas de bem no meio disso tudo. Mas terei o prazer de pesquisar nome a nome, de qual movimento se trata e etc. Isso apenas irá contribuir quanto ao meu senso crítico na atual realidade do Grêmio.

    Já perguntei para diversas pessoas sobre qual grupo teve mais representantes ausentes e que mais votaram contra à Cláusula de Barreira. Todos me disseram: situação. Não podemos ser hipócritas em tirar a atual oposição da reta, mas algo positivo me chamou a atenção nos movimentos contrários aos partidários de Duda Kroeff. Os movimentos Grêmio Novo e Grêmio Independente foram os únicos a apresentarem as listas de conselheiros que votaram na Cláusula de Barreira e também justificaram a ausência de outros. Se não me falha a memória, o Grêmio Acima de Tudo também fez algo semelhante, mas já não tenho certeza.

    Das 150 cadeiras que serão renovadas no Conselho Deliberativo, a maioria é da situação. Portanto, concordo que existe culpa em ambos os lados, mas ainda estou convencido que a situação é a maior.

  9. setembro 6, 2010 2:26 pm

    Encerrando, prezado Alberto Sieg:

    Ainda mantenho a crítica quanto à demora por Fábio Koff. Corremos um sério risco de iludir sócios com a esperança de votar na chapa que supostamente representaria o maior presidente da história do Grêmio. É preciso ter agilidade para finalizar esse processo, pois senão, será um golpe baixo. Mesmo que o próprio Koff precise de tempo para pensar, então que não se anunciasse o nome dele antes das eleições do Conselho Deliberativo. Portanto, só haverá uma maneira de calar-me, se Koff confirmar que é candidato, o que ainda assim, é questionável, para quem disse estar afastado no que ocorre no Grêmio.

  10. setembro 6, 2010 7:37 pm

    Bruno,

    Como já fui do Movimento Grêmio Novo de 2004 a 2006, me afastei da política tricolor durante um tempo sem perder o contato com as pessoas e retornei com bastante seriedade e presença em 2009, acho que tenho alguma experiência pra poder relatar aos teus interagentes sobre como eu vejo a mecânica eleitoral e a rotina de atividades do Grêmio por dentro – algo que 99,9% dos sócios desconhecem.

    O Grêmio Acima de Tudo possui apenas sete conselheiros. Todos entraram em 2004. Se não obtiverem novo mandato e se os novos integrantes (dentre os quais me incluo, porém com chances mínimas pelo fato de o meu número ser apenas o 123 na nominata), ficaremos sem voz.

    Quem fica sem voz não consegue obter informações precisas acerca das propostas para todos os departamentos e não possui ninguém para levantar-se no plenário para relatar possíveis mudanças estatutárias. Terá sempre que entrar em contato com algum conselheiro de outro movimento e torcer para que o movimento deste acolha com simpatia a demanda proposta por quem estiver do lado de fora.

    Até onde consigo identificar a qual movimento cada conselheiro faz parte, na questão da redução da cláusula de barreira, te afirmo que, dentro do G7, houve dois movimentos que votaram maciçamente a favor da queda de 30% para 20% (eu ainda acho muito – no Tradicional Adversário, são apenas 15% e eles conseguiram eleger uma chapa de associados que se reuniu a partir de um blog com uma facilidade bem maior do que terá a 3ª Via que, a meu ver, entra com 50 nomes). Os dois movimentos foram o MGAT (um ausente, uma abstenção – sr. Nadir – e cinco votos a favor, de todas as lideranças mais conhecidas – Gabriel Fadel, Paulo Deitos, Guido Spengler, Elson Azambuja e o outro agora esqueci), o Grêmio Menino Deus e o que sobrou do Grêmio Imortal (Carlos Josias, Juliano Ferrer, Paulo Roberto Ferrer, Richard Ducker e outros). O Núcleo de Mulheres Gremistas votou predominantemente contra; o Grêmio Unido e o hoje Grêmio Vencedor tiveram muitas ausências; e os presentes votaram maciçamente contra (sobretudo este último, liderado por Renato Moreira). O Grêmio Sempre, por sua vez, dividiu-se, mas votou mais a favor do que contra – algo como 65%-35%. Mas é preciso dizer que a esmagadora maioria dos ausentes compõe aquele grupo chamado de “institucional”, que entra na chapa sempre por consenso de todos os presidentes dos movimentos mas que não pertencem a movimento algum.

    Havia mais de 70 nomes institucionais na chapa eleita em 2004. Agora, alguns caciques tentaram impor cerca de 90 nomes, mas houve uma fortíssima reação por parte da maioria dos movimentos e os institucionais foram reduzidos a algo entre 25 e 30 nomes. Te afirmo que isso prova que a dependência de um nome forte passou a ser muito menor do que era até a eleição de 2007 e que esses líderes que tinham por hábito não ter contestação interna tiveram que aprender a ser mais democráticos.

    A quantidade de novos nomes na chapa 2 é menor do que na chapa 1. Todavia, há pessoas com 10, 20, 30, 40 anos de Grêmio que não são oligárquicas e que já prestaram muitos serviços que não aparecem para o grande público sem cobrar um centavo do clube. Elas já circularam por várias gestões, sendo que, na sua maioria, não participaram de atrito com quase ninguém. Devido ao seu conhecimento profissional; dos bastidores do clube; e pela falta de pessoas qualificadas mais jovens, considero justo que seus nomes prevaleçam entre os 50 primeiros. Mas lamento (inclusive advogando em causa própria) que poderia ter ficado 25 nomes experientes + 25 novos entre os 50 ao invés de 36 – 14.

    Te afirmo categoricamente que o argumento publicitário de campanha é hipócrita tanto para a chapa 1 “Renova, Tricolor!” quanto para a chapa 2 “Dá-lhe, Grêmio!”. Nesse ponto, não há atenuante nem para uma, nem para a outra. A quantidade de nomes diferentes em si não constitui uma renovação maior ou menor, melhor ou pior mas, sim, a questão prática e ideológica denota que há erros crassos das duas chapas hegemônicas.

    A “Renova, Tricolor!” possui mais nomes novos entre aspas. O grande cacicado pertence ao Movimento Grêmio Independente, que é o maior do G4 e o mais organizado. Ele é uma outra roupagem para o que se chamou lá por 1999-2000 de SOS Grêmio. Muitos deles já trabalharam em vários departamentos do clube sem nenhum destaque, em gestões desastrosas com consequências quase tão ruins para o futebol quanto agora. Antônio Vicente Martins, Antônio Carlos Maineri, Homero Bellini, Jr… Todos eles passaram pelo futebol e muito mal – principalmente nas gestões Rafael Bandeira dos Santos e José Alberto Guerreiro.

    A relação que fazem entre “profissionalismo” e “abnegação” é falsa, pois, a exemplo das gestões do G7, também colocam abnegados em alguns departamentos (como no Jurídico, nas Finanças, em TI, no Quadro Social, no Departamento Consular e nas Categorias de Base). TODOS FAZEM ISSO SEMPRE!!! Mudam apenas os nomes, os amigos e em quem se confia.

    Mas aí já estou falando em uma outra seara, pois os conselheiros não definem diretamente quem irá compor o Conselho de Administração (o presidente e os seis vices). Embora haja a TENDÊNCIA a uma correspondência direta – por uma questão de afinidade – que, normalmente, determina que a maioria dos nomes da chapa ao CA venha de uma das chapas do CD, nem sempre isso ocorre.

    Em 2005, Odone escolheu Túlio Macedo e Flávio Vaz Netto para o CA. Eram nomes tidos como “institucionais” pelo grupo que tradicionalmente o tem apoiado. Hoje, digo que o equivalente a Túlio (Finanças), o Irany Sant’Anna Júnior, é muito superior tecnicamente em um setor crucial, que reduziu enormemente a dívida do clube. Vaz Netto não teve atuação relevante. O Josias e o Jorge Bastos (ambos até 2007) foram os destaques. Depois, o Bastos foi substituído pelo Antonini em uma combinação do próprio MGN. O excelente publicitário Reinaldo Lopes foi muito bom no início, mas ele não tinha tempo para o clube e o marketing que começou bem decaiu bastante no final. E houve o Pelaipe, bem no início, mal no fim.

    O que me preocupa é que a gestão Odone exagerou nas terceirizações e, apesar da promessa de profissionalização e do início do processo de certificação ISO 9001 no Quadro Social (sinceramente, não sei quem avalia nem o que foi avaliado, tamanhas as queixas dos associados), eles não tiveram condições para varrer certos fantasmas de dentro do armário. Lhes dou inteira razão quando afirmam que o futebol esteve melhor com um custo mais baixo, mas não houve essa economia e essa busca incessante por qualificação de todas as maneiras em todos os departamentos.

    Um grande equívoco que se faz ao associar a eleição parlamentar como uma prévia da ou como uma definição para a eleição presidencial refere-se ao fato de que não há nenhum dispositivo no Estatuto do clube que afirme que, caso o CD decida votar se – por exemplo – o Meira e o Silas devam ou não ser destituídos, o presidente deva obedecer. E nem mesmo o fato de ter amigos de décadas e colegas de trabalho dentro da mesma chapa faz com que o presidente e os vices sejam obrigados a acatar os conselhos de seus conhecidos.

    O presidente e os vices têm vida própria. Foram eleitos. O presidente sequer possui o poder de destituir um vice. Meira não faz parte do CA nem do CD, assim como Pelaipe e Krieger também não foram eleitos para a alta cúpula diretiva. Só por isso é que, com os nomes de “diretor” e de “assessor” e não de “vice-presidente” é que puderam “ser saídos” ou decidiram sair por conta própria.

    No geral, há gente boa em todos os movimentos. Mas há gente fraca também. Por fraco, não entendam diretamente como pessoas mal intencionadas mas, sim, com pessoas que não abrem a boca para falar lá dentro. De todos os movimentos. De todas as chapas. Novos e antigos. Jovens e velhos. Amigos e inimigos. Conhecidos e desconhecidos.

    Só vejo uma possibilidades de termos um Conselho Deliberativo atuante, não-oligárquico, não-neoliberal e não-neófito: alterando profunda e radicalmente o Estatuto nos artigos referentes ao funcionamento do Conselho Deliberativo e do processo eleitoral.

    A perfeição seria o associado poder votar nominalmente e os 180 nomes mais votados serem escolhidos por ordem de votação. Porém, isso é econômica e praticamente inviável. Então, apóio a sugestão do meu companheiro de MGAT Fábio Mundstock:

    – Tantas chapas quantas forem necessárias de 33 nomes: 30 titulares e 3 suplentes. O associado vota em cinco chapas. As cinco mais votadas entram integralmente.

    Qual a vantagem desse método? Ele praticamente elimina as composições esdrúxulas de movimentos incompatíveis sob a mesma chapa; facilita ao associado reconhecer uma chapa não apenas pela notoriedade midiática ou pela antiguidade de seus integrantes no Grêmio mas, sim, facilita bastante a reunião de prováveis conhecidos com os quais esteja familiarizado e nos quais confie dentro de chapas pequenas. Até mesmo pelo lado “oligárquico” é favorável, pois reduz a necessidade do constrangimento de cortar na própria carne. Isso facilitaria demais na hora de reconhecer quem é quem.

    Como sempre, escrevi bastante.

    []’s,
    Hélio

  11. setembro 6, 2010 10:13 pm

    A CHAPA 1 GANHARA , E A 3 VIA , SERA A segunda COLOCADA OKKKKKKKKKKKK .

  12. Diego permalink
    setembro 7, 2010 2:22 am

    Claúsula de Barreira: Reunião de 12/08
    23/10/2009
    Os moderadores do Blog GRÊMIO SEMPRE IMORTAL, da mesma forma como postamos a listagem encaminhada pelo nosso Colaborador Marcelo Aiquel , estamos procedendo a publicação da nominata dos conselheiros que votaram a favor da redução da cláusula de barreira, votaram de forma contrária, que não votaram por terem se ausentado da reunião e quem não compareceu.

    O material nos foi encaminhado pelo nosso comentarista Juliano Trindade.

    Foram 144 votos pela aprovação, 07 contrários, 01 abstenção, 08 assinaram a ata e não votaram e 145 ausências.

    VOTOS A FAVOR

    ADALBERTO PREIS
    ADMAR BARRETO NETO
    ALBERTO MARTINS BRENTANO
    ALEXANDRE AMARAL DE AGUIAR
    ALEXANDRE GUCCIARDO FRAGA
    ALOISIO MILESI
    ANDRE FRANCISCO DE SOUZA GUTIERREZ
    ANDRÉ LUIZ A. KRIEGER
    ANDRÉ ROUSSELET SARDÁ
    ANTONIO AUGUSTO SILVEIRO CRUZ
    ANTONIO CARLOS AZAMBUJA
    ANTONIO CARLOS S MAINERI
    ANTONIO FRIZZO
    ANTONIO ROSLANK
    ANTONIO VICENTE DA F MARTINS
    ANTONIO VILMAR SALGADO
    BEN-HUR MARCHIORI
    BRUNO ORTIZ PORTO
    CARLOS ARMANDO A. DIFINI
    CARLOS EUGÊNIO NUNES LISBOA
    CARLOS GERBASE
    CARLOS HENRIQUE E.BASTOS
    CARLOS JOSIAS MENNA DE OLIVEIRA
    CESAR CIDADE DIAS
    CESAR DA ROCHA LOPES
    CESAR LUIS DE ARAUJO FACCIOLI
    CLAUDIO F EVANGELISTA TAVARES
    CLÁUDIO GARCEZ
    CLÁUDIO PAIM DOS SANTOS
    CLODOALDO JOSE C DA SILVEIRA
    CLOVIS FREDERICO FALK
    CLOVIS MIRANDA DA SILVA
    DANIEL JUCKOWSCKY
    DANIEL RAMOS FLORES
    DANIEL TEVAH
    DAVID STIVAL
    EDSON BERWANGER
    EDUARDO CAIUBÍ RODRIGUES
    EDUARDO CAMINHA
    EDUARDO KENZI ANTONINI
    ELI DA SILVA
    ELSON BADING AZAMBUJA
    EVANDRO KREBS GONCALVES
    FABIANO BRASIL
    FÁBIO AUGUSTO TOSCANI ANDRETTA
    FAUSTO GASTÃO MARCHIORI DIEFENBACH
    FELIPE CHEMALE PREIS
    FERNANDO ANTONIO KROEFF
    FERNANDO BONATO SCHEIN
    FERNANDO ERNESTO DE S CORREA
    FERNANDO HACKMANN RODRIGUES
    FERNANDO KESSLER A DA CUNHA
    FERNANDO MARTINS C PINTO
    FERNANDO ZAMBERLAN
    FLAVIO ERNESTO JACOBUS
    FLÁVIO RIBEIRO DE VASCONCELLOS
    FRANCISCO DE PAULA DA MOTTA FRANÇA
    GABRIEL BUFFE DE MELLO
    GABRIEL PAULI FADEL
    GERALDO CORREA
    GILBERTO KROEFF
    GILBERTO PORCELLO PETRY
    GUIDO SPENGLER
    GUILHERME PINHO MACHADO
    HÉLIO VOLKMER DOURADO
    HERMES CARDOSO DUARTE
    HOMERO BELINI JUNIOR
    HONÓRIO GONÇALVES DA SILVA NETO
    IRANY DE OLIVEIRA SANT’ANA JÚNIOR
    IRNO BORDIGNON
    ISMAEL BERDICHEWSKI
    JAIME ELISEU ALVES
    JEFERSON THOMAS
    JESUS NATAL GALVES BUJES
    JOÃO BATISTA BURZLAFF
    JOÃO CARLOS ZAGO JUNIOR
    JOAO LAURO GOMES NOGUEZ
    JOÃO LUIZ MAINO
    JOÃO MANOEL MARTINS SILVA
    JOAQUIM JOSE XAVIER
    JORGE AITA
    JORGE CANTEIRO TORELLY
    JORGE DE SOUZA SANT`ANNA
    JORGE EDUARDO SARAIVA BASTOS
    JORGE FRANCISCO FAGUNDES D’ÁVILA
    JOSÉ ARTHUR DAHNE MICKELBERG
    JOSÉ PEDRO MACHADO KEUNECKE
    JOSE SILVAS
    JOSÉ VICENTE DE CARVALHO CONTURSI
    JUAREZ SOUZA AIQUEL
    JUAREZ TEIXEIRA
    JULIANO RODRIGUES FERRER
    JULIO TITOW
    JURANDIR SOARES DOS SANTOS
    LEANDRO ZIMERMAN
    LUCAS DE O. FREITAS SACCHET
    LUCIANO BENETTI CORREA DA SILVA
    LUCIANO DHAMER HOCSMAN
    LUIZ AUGUSTO FRANCIOSI PORTAL
    LUIZ CARLOS CHAVES GASPARY
    LUIZ CARLOS SCHUCH
    LUIZ FERNANDO DOS SANTOS MOREIRA
    LUIZ JOSE AUGUSTO MOSCHETTI
    MARCELO AIQUEL
    MARCELO BANDEIRA PEREIRA
    MARCELO DE LIZ MAINERI
    MARCO ANTONIO BANDEIRA SCAPINI
    MARCO ANTONIO BRASIL MIRANDA
    MARCO JOSÉ BOBSIN
    MAURICIO INDRUSIAK PEREIRA
    MILTON JOSE MUNHOZ CAMARGO
    NESTOR FERNANDO HEIN
    NILTON RENATO VARELLA MELLO
    PAULO CAUHY PETRY
    PAULO JORGE SILVEIRA LUZ
    PAULO RICARDO PIERETTI
    PAULO ROBERTO FERRER
    PAULO VIEIRA SILVA
    RAUL RÉGIS DE FREITAS LIMA
    REGINALDO PUJOL
    RENATO DE CASTRO MOREIRA
    RENATO DONADIO MUNHOZ
    RENATO KLIEMANN PAESE
    RICARDO EICHLER FERNANDES
    RICARDO FEIJO PADILLA
    RICARDO S DE FREITAS LIMA
    ROBERTO MATTE SILVEIRA MARTINS
    ROBERTO MAX LIEBSTEIN
    ROBERTO PIERRI BERSCH
    ROBERTO SANTOS SILVEIRO
    ROBERTO SOMMER
    RODRIGO ANDRADE KARAN
    ROGER GONCALVES LEAL
    RONEI LOPES KROLOW
    ROSA BEATRIZ FORESTI
    RUBEM BORBA FRANCO
    RUI COSTA DOS SANTOS
    SERGEI IGNACIO ASSIS DA COSTA
    SERGIO BECKELLI
    SERGIO LUIS BOMBASSARO
    SERGIO SANT’ANNA PEGORARO
    THIAGO ANDRADE KARAN
    VERNEY ANTONIO FERREIRA MARTINS
    VILSON LOURIVAL GRILLO
    VOTOS CONTRÁRIO

    ALFREDO ANUNCIATO GALILEO
    DÉCIO DIGLIO SELAIMEN
    DENIS VIEIRA ABRAHÃO
    EMA TEREZA FACCHIN C DE SOUZA
    GILMAR CAMPS ISSLER
    LUIZ ANTONIO M. MOREIRA
    ROBERTO DIAS LEIVAS
    ABSTENÇÃO

    CARLOS AZEREDO JOCHIMS
    ASSINARAM E SAIRAM ANTES DA VOTAÇÃO

    CARLOS ALBERTO BRACH
    CESAR DIAS NETO
    ERNESTO ZAGONEL
    FERNANDO FLORES CABRAL JR.
    IVO RODRIGUES FERNANDES
    RICARDO SCAVUZZO MACHADO
    ROBERTO HEINZELMANN KALIL
    RONALDO MICHAELSEN NAPOLEAO
    NÃO COMPARECERAM

    ALCEU CESAR PACHECO
    ADRIANO RODRIGUES SARAIVA
    AIRTON FERREIRA DA SILVA
    AIRTON RUSCHEL
    ALBERTO AUGUSTO ALVES ROSA
    ALBERTO JERONIMO GUERRA NETO
    ALBERTO JESUS AFONSO
    ALEXANDRE BARTELLE GRENDENE
    ALFREDO FERREIRA DE OLIVEIRA
    ALFREDO OLIVEIRA DE OLIVEIRA
    ANDRE LUIZ PLANELLA VILLARINHO
    ANGELO DANIEL CARRION
    ANTONIO BRITTO FILHO
    ANTONIO CARLOS M KEUNECKE
    ANTONIO ESCOSTEGUY CASTRO
    APOLINÁRIO KREBS MARTINS CARDOSO
    ARTUR BACHINI
    AUGUSTO C. VALLE OBANDO
    CARLOS ALBERTO SAMPAIO
    CARLOS BIEDERMANN
    CARLOS GUILHERME LUCE
    CELESTINO GRANATO GOULART
    CHRISTIANO KROEFF SABOYA
    CIRO CARLOS EMERIN SIMONI
    CLÁUDIO HUMBERTO SAUTER
    CLAUDIO JOSE BATISTA DA ROSA
    CLAUDIO MOOJEN ABUCHAIM
    CLAUDIO NESS MAUCH
    CLÁUDIO ODERICH
    CLOVIS HAGGSTRAM
    CRISTIANO LINDNER RIBAS
    DECIO MARTINS COSTA JUNIOR
    EDSON PETRY
    EDUARDO M. S. MARTINS
    ELMO JOSE ANFLOR
    ELVIO JOSE PIRES
    EVANDRO LUIS JANOVICK
    FÁBIO ANDRÉ KOFF
    FELIPE HERRMANN
    FELIX PETER
    FERNANDO ANTONIO ZANELLA
    FERNANDO DI PRIMIO CONCEIÇÃO
    FLAVIO ANTONIO PAIVA
    FLÁVIO OBINO
    FLAVIO OBINO FILHO
    FRANCISCO A.MARTINS COSTA MOTTA
    FRANCISCO DE PAULA SANTOS
    FRANCISCO JOSÉ MOESCH
    FREDERICO PEIRUQUE HEXSEL
    FULVIO ARAUJO SANTOS
    GENARO BORGES
    GERALCY CLEMENTE HERRMANN
    GERALDO NOGUEIRA DA GAMA
    GILBERTO ALOISE
    GILBERTO VENOSI BARBOSA
    HELVIO MORO
    HUGO PINTO RIBEIRO
    ILDO LUIZ ELY
    IRAJA DANI UNGARETTI
    IVO FOGAZZI BALESTRIN
    JAIME SOUZA DE MARCO
    JANDIR DOS SANTOS RIBAS
    JAYME EDUARDO MACHADO
    JEFERSON BEN HUR DE ALMEIDA
    JOÃO CARLOS DA SILVA SEVERIANO
    JOAO CESAR PEDROTTI
    JORGE ALBERTO P MENDES RIBEIRO
    JORGE GERDAU JOHANNPETER
    JORGE SANTOS BUCHABQUI
    JOSÉ ALBERTO FOGAÇA MEDEIROS
    JOSÉ ALBERTO MACHADO GUERREIRO
    JOSE ALENCAR BOHRER
    JOSE AUGUSTO DA FONTOURA JAPUR
    JOSE CARLOS SAMPAIO
    JOSÉ CÉSAR RIMOLO SIMÕES
    JOSE DE JESUS PEIXOTO CAMARGO
    JOSÉ FORTUNATI
    JOSE ION LEMOS DE BRITO
    JOSE MARIA KROEFF
    JOSE OTAVIO GERMANO
    JOSÉ PEDRO GOULART
    JOSÉ PEDRO PACHECO SIROTSKY
    JULIO R ANDRIGHETTO MOTTIN
    KEVIN CHAVES KRIEGER
    LAURO ANTONIO PEREIRA JULIANO
    LEANDRO ANDRÉ KRUMPAS DARCANCHY
    LEO CORONATO DE OLIVEIRA
    LIBORIO FRANCISCO P SANTA MARIA
    LUIS GUSTAVO SCHMITZ
    LUIS JOAO DE DEUS
    LUIZ CARLOS LOPES MADEIRA
    LUIZ CARLOS P. SILVEIRA MARTINS
    LUIZ PAULO ROSEK GERMANO
    LUIZ ROBERTO STIGLER MARCZYK
    MARCELO S. MARTINS
    MARCOS BIER HERRMANN
    MARINO LEITAO DE ABREU
    MARIO POCSTARUK
    MAURO KNIJNIK
    MIGHEL PERGHER
    MILTON MARTINS KUELLE
    NADYR PIRES LIMA
    NELSON C. DE NONOHAY
    NELSON PACHECO SIROTSKY
    NEWTON QUITES
    NEY FONTANA FEIJO
    NILTON CESAR LIMA
    NORTON LUIZ LENHART
    OLY ÉRICO DA COSTA FACHIN
    OMAR GUSTAVO PANITZ SELAIMEN
    OSWALDO FETT
    OTOMAR OLEQUES VIVIAN
    PAULO ARMANDO BORN
    PAULO DAVID DA SILVA GUSMAO
    PAULO EDUARDO C L EICHENBERG
    PAULO ODONE C. DE ARAÚJO RIBEIRO
    PAULO ROBERTO JARDIM PELAIPE
    PAULO ZANCHI ANDRE DOS SANTOS
    PEDRO DA SILVA PEREIRA FILHO
    PEDRO GERMANO FRIES
    PEDRO LUIZ FAGUNDES RUAS
    RAFAEL BANDEIRA DOS SANTOS
    REINALDO LOPES
    RENATO MOLL RIBEIRO
    RICARDO VONTOBEL
    RICHARD EDUARD DUCKER
    ROBERTO BANDEIRA PEREIRA
    ROGERIO MEDEIROS ILHA MOREIRA
    ROMILDO BOLZAN JR
    RONALDO RIBEIRO DE CARVALHO
    RUDI ARMIN PETRY
    RUDY OTHMAR PETER
    RUY ARNALDO DE MENDONCA MEINHARDT
    SALIM BARROS NIGRI
    SARJOB ARANHA NETO
    SAUL BERDICHEVSKI
    SERGIO LEWINSOHN
    SERGIO MATTOS
    SÉRGIO VASQUES SOUZA
    SHIRLEY KROEFF
    TULIO JAIRO PIRES DE MACEDO
    VALMOR SAUTER
    WALTER ROBERTO BARCELLOS POLI
    WILLY OSCAR WISCHRAL
    ZELIO WILTON HOCSMAN

  13. Diego permalink
    setembro 7, 2010 2:24 am

    Juliano Trindade disse:
    23/10/2009 às 23:31
    64AVALIE
    Os moderados infelizmente suprimiram algumas informações da lista. Na lista consta o nome do grupo politico a que cada Conselheiro pertence, bem como o percentual dos integrantes de cada grupo que compareceu e votou a favor da proposta.

    Geral do Grêmio 100%
    Núcleo das Mulheres Gremistas 100%
    Grêmio Independente 83,33%
    Grêmio Novo 81,81%
    Grêmio Sempre 75%
    Grêmio Unido 72,72%
    Grêmio sem Fronteiras 66,66%
    Grêmio Menino Deus 57,14%
    Grêmio Acima de Tudo 50,00%
    Grêmio Imortal 38,88%

    Considerando uma média de 70% razoável, os movimentos políticos Grêmio sem Fronteiras, Menino Deus, Acima de tudo e Imortal devem explicações aos associados.

    Ressalta-se que o Grêmio Imortal é atualmente o maior grupo do Conselho. Dos 36 Conselheiros do grupo apenas 17 compareceram. 14 votaram a favor, 02 contra, o Conselheiro Denis Abraão e Luis Antonio Moreira e 01 assinou e foi embora sem votar, o famoso Fernando Flores Cabral Junior.

    Também teve um Conselheiro do movimento Grêmio Unido que votou contra, o nome dele é Alfredo Anunciato Galileu

  14. Diego permalink
    setembro 7, 2010 2:29 am

    Bruno Coelho disse:
    24/10/2009 às 14:25
    50AVALIE
    Marcos, talvez a solução para suprir a ausência do conselheiro, mesmo apresentando justificativa, poderia ser mesmo o direito de voto do suplente nessas circunstâncias. O que não dá é que a votação não siga em frente por falta de quórum, isso é inadmissível.

    Bruno Coelho disse:
    24/10/2009 às 14:38
    60AVALIE
    Concordo com o Fabrício, é sim injusto comparar movimentos de tamanhos diferentes. Mas o Grêmio Imortal precisa sim prestar esclarecimentos. O grupo é o maior no CD com 36 conselheiros, conforme o Juliano Trindade disse, apenas 17 apareceram. Puxa, para piorar a situação, eles tem um site desatualizado e um blog cuja última postagem foi em outubro de 2007. É obrigação dos grupos políticos pertencentes ao CD prestarem conta ao associado por meio de sites próprios. Mesmo que utilize a imprensa local, como ficam os gremistas fora RGS?

    Juliano Trindade disse:
    24/10/2009 às 14:41
    35AVALIE
    Estou sendo novamente impedido de escrever neste blog injustamente. Não ofendi, não agredi, não utilizei nenhuma palavra de baixo calão contra ninguém

    GRÊMIO SEMPRE IMORTAL disse:
    24/10/2009 às 14:53
    40AVALIE
    Os moderadores do Blog GRÊMIO SEMPRE IMORTAL informam que na próxima terça-feira estaremos postando entrevista no tópico PALAVRA DE GREMISTA com o conselheiro e Presidente do Movimento Grêmio Imortal JULIANO FERRER.

    carlos josias disse:
    24/10/2009 às 16:15
    23AVALIE
    JULIANO.

    1. A GERAL DO GREMIO NÃO É GRUPO POLITICO. NINGUÉM ASSUME A PATERNIDADE DA ENTRADA DELES PQ UM DELES É O ORTIZ. SÃO 2. INDO OS 20 COM FORAM, DÁ O IMPRESSIONANTE PERCENTUAL DE 100%. MAS EU E TU NÃO SABEMOS QUAL O GRUPO DELS, E SO PODE SER MGN OU GGI. NÃO EM OUTRA, ERA A CHAPA. OU ODONISTA. ESTA CONCLUSÃO SIMPLISTA QUE FAZES, TANTO QUANTO A DO LUIS ALI EM CIMA E A FAMOSA CONCLUSÃO DO CARA QUE DE LONGE OLHA UMA LOURA DE COSTA VESTIDA COM MALHA DE ABRIGO: TEM A APARÊNCIA DE BOA !!!!!!! CALMA CARA. TU TÁ SENDO PRECIPITADO. TU E O LUIS. SE FOSSEM OUTROS DIDRIA MAU INTNCIONADOS. É MAIS FACIL JUNTAR 5 PARA JOGAR FUTSAL DO 11 PARA JOGAR FUTEBOL DE CAMPO. COM 2 É FÁCIL FAZER 100%, O MESMO SERVE PARA O NÚCELO DAS MULHERES, SÃO POUCOAS, 100% É BARBADA ( AMO A ROSA ACHO A PARTICIPAÇÃO DELAS FUNDAMENAL, ESTOU ME LIMITANDO A MOSTRAR QUE É BOBAGEM ESTA COMPARAÇÃO APREESSADA POIS EQUIVOCADISSIMA ), O MGN TEM MUITO MENOS PARTICIPANTES DO QUE O G SEMPRE OU O IMORTAL – ELES ALUGAM UMA VAN E VÃO TODOS JUNTOS PARA O CD. VOTAR …, LOGO ….. E O MESMO SERVE PARA O GGI. ENTÃO POR FAVOR, AQUI NINGUÉM É BOBO.

    1.1. POR FALAR EM ODONISMO, VÁRIOS DELS NÃO FOAM, O CARIOCA, QUE NUNCA VAI,HOJE AINDA TERIA DESCULPA, ANDA ADOENTADO – NA ELEIÇÃO FOI – MAS HISTORICAMENE NAO COMSTUMAVA IR SALVO NOS INTERESS DO PATRÃO.

    1.2. BRITO, OTOMAR, MENDS RIBEIRO FILHO, REINALDO LOPOES, RICARDO VONTOBEL ETC.

    2. A QUESTÃO É DE MATEMÁTICA. GERAL 100%, SÓ TEM 2. QUANTO MAIOR O N. ABSOLUTO DE CONSELHEIRO DE UM GRUPO POR EVIDENTE E DE TÃO LÓGICO CHEGA A SER CONSTRANGEDOR, MAIS DIFICIL FICA DE ALCANÇAR PERCENTUAL ALTO. A ANÃLISE NÃO PASSA POR AI. MAIS IMPORANTE DO QUE ISTO É FLAGRAR AS GRANDES LIDERANÇAS QUE SE AUSENTARAM.

    2.1. E AQUI VOLTO A FRISAR, O SR. MADEIRA, CANDIDATO DO MGN E DO GGI PARA COMANDAR CD, NÃO FOI, MAS ELE NÃO VAI NUNCA E VOU DAR A BARBADA, HÁ ANOS NÃO VAI E TEM A CARA DE PAU DE MANDAR JUSTIFIAÇÕES A CADA AUSÊNCIA REPETIDA. E OS MOVIMENOS QUE O APOIARAM PARA PRESIDIR O CD OCULTARAM ISTO NA CAMPANHA E CONTNUAM SILENTES AGORA. PQ ? TU NÃO ACHA QUE TAMBÉM AQUI SE DEVE EXPLICAÇÕES ???? TU TERIAS ALGUMA OPINIÃO AQUI SOBRE ISTO OU TB CHAMARIAS ELE E OS MOVIMENTOS QUE O APOIARAM DE SE PASSAR POR ´ANJINHOS`?

    2.1.1. O RAUL RÉGIS ELEITO, E O KRIEGER, ESTÃO JUFISTICANDO O ACERTO DE SUAS CANDIDATURAS DE DOS GRUPOS QUE O APOIARAM. OU NÃO JULIO ?

    2.1.2. VINDO A LISTA DOS JUSTIFICADOS, ESTARÁ O NOME DO MADEIRA.

    3. JULIO, AMO A GERAL DO GREMIO. FUI SEU INCANSÁVEL DEFENSOR TODOS SABEM DISTO, OS INTEGRANTES DA BANDA SÃO MEUS AMIGOS PESSOAIS, O MEU FILHO TOCA NA BANDA, E ACHO QUE COM ISTO DIGO TUDO NÃO ?…. MAS O GRÊMIO NÃO NASCEU COM ELA E TAMPOUCO FOI ELA QUEM INVENTOU A TORCIDA DO CLUBE. E SEMRE HÁ UM MAS. ESTE MOÇO DE NOME ORTIZ QUE ENTROU APADRINHADO PELA CHAPA ODONE, JÁ DEU O QUE FALAR. E COMO. SOBRE ELE TERIAS OPINIÃO OU PEDIDO DE EXPLICAÇÕES A DAR ? E TU LUIS, TENS O QUE DIZER SOBRE ISTO ? PODERIAS DIZER COMO SE APOIA UM CANDIDATO QUE NUNCA VAI, NUNCA FOI, NUNCA VEM E NUNCA IRÁ ?

    4. CUIDADO COM OS PEDIDOS QUE FAZEM PORQUE PODES SER ATENDIDOS. DEVAGAR COM O ANDORZINHO PORQUE SANTINHO NAO TEM EM LUGAR NENHUM, MAS SECAÇÃO TOTAL JÁ SABEMOS QUE TEVE.

    4.1. A PROPÓSITO, ONTEM, MEU QUERIDO E SEMPRE ELOGIADO, POR MIM, AMIGO HOMERO, COMETEU UM PECADO, A MEU JUÍZO, IMPERDOÁVEL. NA SEMANA, ÀS VÉSPERAS, DO GRENAL, CHAMAR UM JOGADOR DO GRÊMIO QUE PODE DECIDIR O JOGO ( COMO JÁ FEZ VÁRIAS VEZES E CONTRIBUIU DECISAVAMENTE, A MEU VER, NO ULTIMO E HISTORICO GRENAL ) DE
    C O V A R D E, É, NO MÍNIMO, UMA IMPERDOÁVEL MANIFESTAÇÃO PARA QUEM É TÃO GREMISTA. NUNCA, NUNCA, SE DESPRESTIGIA UM ATLETA ÀS VÉSPERAS DO GRENAL, POR MAIS QUE SE ODEIE ELE E POR MENOS QUE SE GOSTE DELE. E SE ELE AINDA É DO TIPO QUE PODE DECIDIR, AI O ERRO É TERRÍVEL. NA SEGUNDA, BEM, NA SEGUNDA FEIRA, SE ELE FOR MAL, PODE SE CHAMADO DE TUDO, MAS ANTES DO JOGO É PECADO MORTAL. A MAIS QUANDO PARTE DE ALGUÉM TÃO EXPERIENTE. ACHO QUE É A PRIMEIRA CRITICA QUE FAÇO AO HOMERO AO LONGO DOS ANOS E ATÉ PEÇO DESCULPAS A ELE POR ISTO, MAS FOI MUITO INFELIZ A MANIFESAÇÃO.

    AGORA,

    I
    N
    DEPENDENTEMENTE DE TUDO ISTO O QUE AQUI REGISTRO
    PENSO QUE O GREMIO IMORTAL QUE TEM NOVO PRESIDENTE, DEVE LÁ DENTRO, INTERNAMENTE, VER O QUE ACONTECEU E CHECAR ESTA FREQUENCIA PARA VER SE VERDADEIRA E PARA VER SE ESTÃO RELACIONANDO CORRETAMENTE SEUS MEMBROS COMO FALTANTES.

    carlos josias disse:
    24/10/2009 às 16:36
    30AVALIE
    Por falar nisto, o blog anunciou para 3a feita o palavra de gremista com Juliano Ferrer do G IMORTAL. Eu sempre achei que o palavra de gremista seria uma otima oportunidade para um bate bola com o entrevistado tb entre os comentaristas. Seria uma otima oportunidade para esclarecer o tema acima, sobre quem é quem no imortal, quantos conselheiros tem, qtos efetivos e qtos suplentes, e por ai vai.

    carlos josias disse:
    24/10/2009 às 16:40
    31AVALIE
    JULIO. SOBRE A TUA PESQUIZA DE PERCENTUAL POR GRUPO:

    1. No percentual do MGN foi incluido os licenciados como ausntes ou simplsmente não foram contados pois lincenciados ? O percentual altera consideravelmente. O licenciado não dá lugar para outro, ou seja, não faz nem desocupa a moita e, logo, a meu juízo, deve contar como ausente !

    2. Poderias listar por grupo os conselheiros, assim poderemos ver se o tel percentual está certo e se a tua lista é efetivamente correta. Por exemplo: do Gremio Sempre são cnselheiros …..
    2.1. O Grêmio Imortal não tem site – e quem acima registrou que deveria ter eu cncordo plenamente, tem toda a razão do mundo, o GI tinha a obrigação de ter um canal de comunicação com o associado, isto é mais do que um erro, é uma falha e tanto. Então imperioso que o Julio aponte quem ele entendeu como conselheiro do grupo.
    DEste e dos demais, mesmo que os demais sejam buscadoso nos sites, seria possível ao leito daqui identificar de prnto quem é quem.

    3. JULIO, ainda, tu que teve a facilidade de obter esta lista, poderia conseguir aquela sobre o processo Guerrero ? Seria interessante ver também quem votou no que.

  15. Diego permalink
    setembro 7, 2010 2:31 am

    Juliano Trindade disse:
    24/10/2009 às 17:33
    11AVALIE
    A pedido do Josias, passo a lista completa dos integrantes de cada movimento e seu posicionamento na eleição do dia 12 de agosto de 2009.

    Núcleo das Mulheres Gremistas

    1. Rosa Beatriz Foresti (votou a favor)

    Geral do Grêmio

    1. André Francisco de Souza Gutierrez (votou a favor)
    2. Bruno Ortiz Porto (votou a favor)

    Grêmio Independente

    1. Antonio Carlos Maineri (votou a favor)
    2. Antonio Vicente Martins (votou a favor)
    3. Carlos Eugênio Nunes Lisboa (votou a favor)
    4. César Cidade Dias (votou a favor)
    5. Cláudio Paim dos Santos (votou a favor)
    6. Edson Berwanger (votou a favor)
    7. Fasto Gastão Marchiori Diefenbach (votou a favor)
    8. Fernando Hackmann Rodrigues (votou a favor)
    9. Guilherme Pinho Machado (votou a favor)
    10.Homero Belini Junior (votou a favor)
    11. Honório Gonçalves da Silva Neto (votou a favor)
    12. Jayme Eduardo Machado (não foi)
    13. José Artur Dahne Mickelberg (votou a favor)
    14. José Cesar Rimolo Simões (não foi)
    15. José Vicente de Carvalho Contursi (votou a favor)
    16. Juarez Souza Aiquel (votou a favor)
    17. Leandro André Krumpas Darcanchy (não foi)
    18. Luciano Correa Benetti Correa da Silva (votou a favor)
    19. Luiz Augusto Francioli Portal (votou a favor)
    20. Luiz Fernando dos Santos Moreira (votou a favor)
    21. Marcelo Aiquel (votou a favor)
    22. Marcelo de Liz Maineri (votou a favor)
    23. Mario Pocstaruk (não foi)
    24. Milton José Munhoz Camargo (votou a favor)
    25. Nestor Fernando Hein (votou a favor)
    26. Paulo Cauhy Petry (votou a favor)
    27. Roberto Pierri Bersch (votou a favor)
    28. Sergio Santana Pegoraro (votou a favor)
    29. Eduardo Caminha (votou a favor)
    30. Hugo Pinto Ribeiro (não foi)

    Grêmio Novo

    1.André Rousselet Sarda (votou a favor)
    2.Ângelo Daniel Carrion (não foi)
    3.Edson Petry (não foi)
    4.Eli da Silva (votou a favor)
    5.Evandro Luis Janovick (não foi)
    6.Fábio Augusto Toscani Andretta (votou a favor)
    7.Fernando Bonato Schein (votou a favor)
    8.Flávio Ribeiro de Vasconcellos (votou a favor)
    9.Gabriel Buffe de Mello (votou a favor)
    10.Jeferson Thomas (votou a favor)
    11.João Manoel Martins Silva (votou a favor)
    12.Jorge Eduardo Saraiva Bastos (votou a favor)
    13.Jorge Francisco Fagundes D’avila (votou a favor)
    14.Lucas de Freitas Sacchet (votou a favor)
    15.Mauricio Indrusiak Pereira (votou a favor)
    16.Nilton César Lima (não foi)
    17.Paulo Ricardo Pieretti (votou a favor)
    18.Rodrigo Andrade Karan (votou a favor)
    19.Ronei Lopes Krolow (votou a favor)
    20.Sergio Luis Bombassaro (votou a favor)
    21.Thiago Andrade Karan (votou a favor)
    22.Eduardo Kenzi Antonini (votou a favor)

    Grêmio Sempre

    1. Adalberto Preis (votou a favor)
    2. Alexandre Amaral de Aguiar (votou a favor)
    3. André Luiz Panella Villarinho (não foi)
    4. Antonio Augusto Silveiro Cruz (votou a favor)
    5. Apolinário Krebs Martins Cardoso (não foi)
    6. Carlos Armando Difini (votou a favor)
    7. Cláudio Evangelista Tavares (votou a favor)
    8. Felipe Chemale Preis (votou a favor)
    9. Ildo Luiz Eli (não foi)
    10. Irany de Oliveira Santana Junior (votou a favor)
    11. João Carlos Zago Junior (votou a favor)
    12. Jorge de Souza Santana (votou a favor)
    13. Paulo Jorge Silveira Luz (votou a favor)
    14. Roberto Max Liebstein (votou a favor)
    15. Saul Berdichevski (não foi)
    16. Ricardo Feijó Padilla (votou a favor)

    Grêmio Unido

    1. Alfredo Anunciato Galileo (votou contra)
    2. André Luiz Krieger (votou a favor)
    3. Flavio Antonio Paiva (não foi)
    4. Ivo Fogazzi Balestrin (não foi)
    5. João Batista Burzlaff (votou a favor)
    6. João Lauro Gomes Noguez (votou a favor)
    7. Luiz Carlos Chaves Gaspary (votou a favor)
    8. Marco José Bobsin (votou a favor)
    9. Paulo Vieira Silva (votou a favor)
    10. Rubem Borba Franco (votou a favor)
    11. Verney Antonio Ferreira Martins (votou a favor)

    Grêmio Sem Fronteiras

    1. Airton Ferreira da Silva (não foi)
    2. Antonio Frizzo (votou a favor)
    3. Cláudio Garcez (votou a favor)
    4. Cláudio Oderich (não foi)
    5. Fabiano Brasil (votou a favor)
    6. Fernando Zamberlan (votou a favor)
    7. Hermes Cardoso Duarte (votou a favor)
    8. Irno Bordignon (votou a favor)
    9. Jaime Eliseu Alves (votou a favor)
    10. Jéferson Bem Hur de Almeida (não foi)
    11. João Luiz Maino (votou a favor)
    12. Oswaldo Fett (não foi)

    Grêmio Menino Deus

    1. Aloísio Milesi (votou a favor)
    2. José Pedro Machado Keunecke (votou a favor)
    3. Jurandir Soares dos Santos (votou a favor)
    4. Newton Quites (não foi)
    5. Roberto Bandeira Pereira (não foi)
    6. Jaime Souza de Marco (não foi)
    7. Ismael Berdichewski (votou a favor)

    Grêmio Acima de tudo

    1. Carlos Henrique Bastos (votou a favor)
    2. Flávio Ernesto Jacobus (votou a favor)
    3. Flavio Obino (não foi)
    4. Gabriel Pauli Fadel (votou a favor)
    5. Guido Spengler (votou a favor)
    6. Hélio Volkmer Dourado (votou a favor)
    7. Ney Fontana Feijó (não foi)
    8. Oly Érico da Costa Fachin (não foi)
    9. Walter Roberto Barcellos Poli (não foi)

    Grêmio Imortal

    1. Alberto Jerônimo Guerra Neto (não foi)
    2. Alberto Martins Brentano (votou a favor)
    3. Bem-Hur Marchiori (votou a favor)
    4. Carlos Gerbase (votou a favor)
    5. Carlos Josias Menna de Oliveira (votou a favor)
    6. Daniel Ramos Flores (votou a favor)
    7. Denis Vieira Abrahão (votou contra)
    8. Eduardo Silveira Martins (não foi)
    9. Elvio José Pires (não foi)
    10. Evandro Krebs Gonçalves (votou a favor)
    11. Fernando Antonio Kroeff (votou a favor)
    12. Fernando Di Primio Conceição (não foi)
    13. Fernando Flores Cabral Junior (assinou e foi embora)
    14. Francisco Martins Costa Motta (não foi)
    15. João César Pedrotti (não foi)
    16. Jorge Santos Buchabqui (não foi)
    17. José Alencar Bohrer (não foi)
    18. Juliano Rodrigues Ferrer (votou a favor)
    19. Kevin Chaves Krieger (não foi)
    20. Luciano Dhamer Hocsman (votou a favor)
    21. Luis Gustavo Schmitz (não foi)
    22. Luiz João de Deus (não foi)
    23. Luiz Antonio Moreira (votou contra)
    24. Luiz Carlos Silveira Martins (não foi)
    25. Marcelo Silveira Martins (não foi)
    26. Marcos Bier Herrmann (não foi)
    27. Paulo Roberto Ferrer (votou a favor)
    28. Pedro Luiz Fagundes Ruas (não foi)
    29. Renato de Castro Moreira (votou a favor)
    30. Renato Kliemann Paese (votou a favor)
    31. Richard Eduard Ducker (não foi)
    32. Roberto Silveira Martins (votou a favor)
    33. Rui Costa dos Santos (votou a favor)
    34. Sergio Mattos (não foi)
    35. Sergio Vasques Souza (não foi)
    36. Zelio Wilton Hocsman (não foi)

    carlos josias disse:
    24/10/2009 às 17:37
    24AVALIE
    Exatamente isto Saul. Exemplo. Já vi dizerem aqui que o Fernando Flores Cabral é do Imortal. Não não é. Idem para o Elvio e o L Moreira, já falei aqui detidamente sobre os dois ( e já falei inclusive da importância dos dois na campanha 2005 e pedi o testemunho do Bastos que estava lá para dizer se tinha algo contrário ao que eu afirmava, não compareceu … ) pois ficou claro na citação que ambos estavam sendo usados de forma censora dada uma suposta antipatia de parte da torcida frente aos dois, pura maldade: o filho do Moreira é do GGI !
    E tem vários outros nomes citados que não são e alguns não citados…. Mas o assunto também alcança uma complexidade maior quando te pergunto assim:

    O GREMINHO GREMINHO NÃO SEI SE VAI A TODAS, NÃO SEI, NÃO CUIDO, MAS VAMOS DAR DE BARATO, VAI. EU PERGUNTO, QUAL A CONTRIBUIÇÃO QUE ELE PODE DAR. ATÉ HOJE NENHUMA, A NAO SER QUE FICASSE NA PORTA FAZENDO O PREGÃO:
    GREMINHO GREMINHO MEU AMOR EU TE AMO !!!!

    CLARO, PRA VOTAR NO QUE O GRUPO MANDA, AI É IMPORTANTE. ENTÃO AS COISAS TEM DE SER ANALISADAS DE MANEIRA MENOS SIMPLISTA COMO ALGUNS AFOITOS E ANISOSOS POR RETALHAÇÃO POLITICA GOSTAM, ÀS VEZES ATÉ BEM INTENCIONADOS É VERDADE, MAS INCONSEQUENTES.

    carlos josias disse:
    24/10/2009 às 17:51
    22AVALIE
    AH. AGORA EXAMINEI A TAL LISTA DO GREMIO IMORTAL. NOSSA, O JULIO ENLOUQECEU.
    TA ERRADA E BEM ERRADA.

    EXEMPLOS DE NOMES LISTADOS COMO DO GI E QUE NÃO SÃO NÃO TEM FICHAS NÃO VAO A RUNIÕES, EVENTO, NADA NENHUMA RELAÇÃO POSSUEM – VOU CITAR ALGUNS EXEMPLOS, NÃO VOU ME LEMBRAR DE TODOS, MAS VOU CITAR ALGUNS QUE NÃO SÃO DO GI E NADA TEM A VER ERROU A LISTAGEM E FEITO, AFUNDOU OU SR. JULIO TRINDADE COM TRIPA E TUDO.

    ZÉLIO HOCSMANN
    SÉRGIO VASQUES ( EU JÁ TINHA DITO ISTO )
    ROBERTO SILVEIRA MARTINS ( IDEM )
    OBS.: O DUCKER ESTÁ A TRABALHO EM ILINIOIS E ISTO JÁ FOI DITO POR MIM AQUI VARIAS VEZES )
    MARCELO SILVEIRA MARTINS ( IDEM )
    LUIS A MOREIRA ( IDEM )
    O CACALO JÁ DISSE NÃO TEM FICHA MAS DOU DE BARATO QUE SEJA UMA ESPÉCIE DE PADRINHO, MAS NÃO VAI AS REUNIÕES, NAO PARTICIPA ETC… ISTO JÁ FOI MINUNDENTEMENTE DITO AQUI MAS QUE SEJA DE LAMBUJA ESSA
    JOSÉ ALENCAR BOHERER nunca teve ficha no imortal e nunca foi identificado cm o grupo, eu já disse aqui, ele vota em quem o F Kof aconselhar sempre foi assim,
    FERNANDO FLORES CABRAL nunca teve ficha, vota com o Fabio Kof, nunca vai e nnca foi a reuniões, nao e do grupo
    ELVIO PIRES ( IDEM )
    EDUARDO SILVEIRA MARTINS ( idem )
    BEM HUR MARCHIORI ( IDEM )
    JULIO TU ERRO COMIGO INCLUSIVE, EU NÃO SOU MAIS DO GREMIO IMORTAL, ESTOU DESLIGADO DO GRUPO HÁ MAIS DE 2 MESES ( embora simpatize )
    DANIEL FLORES – nunca foi do grupo, nem ficha, nunca participou etc
    FRANCISCO MARTINS COSTA não está mais vinculado ao grupo desde 2005

    TIRANTE EU E O CACALO VOU DEIXAR DE LAMBUJA ESTA
    O
    JULIO ERROU SÓ
    DOZE ( 12 ) NOMES. DOZE. QUAL O PERCENTUAL DE ERRO :

    TÁ FURADA A LISTA. SE UMA ESTÁ, ME AUTORIZO A PENSAR QUE OUTRAS TB. ENTÃO NÃO SERVE.

  16. Diego permalink
    setembro 7, 2010 2:35 am

    Os dados podem não ser 100% corretos conforme o comentário abaixo. Mas é melhor identificar – até para poder ver se está certo ou errado – do que ficar acusando genericamente.

    matheus disse:
    24/10/2009 às 18:16
    31AVALIE
    Nao vi alguns nomes associados a nenhum dos grupos. Se o Cacalo e familia foi associado ao GI então justo que ODONE, que não foi, e seus secretairos, Francisco Santos ( tinha a camisa do MGN no dia da eleição ) e Carioca, que não foram, estivessem na lista do MGN. To errado ? E tem muito mais gente nessa turma ai. Eu prefiro o Zelinho em casa do que o Greminho Greminho presente, esse é de matar. Alguns em casa são muito melhors do outros presentes.

    Cada um tem o direito de fazer a opção que bem entender. Mas a realidade não pode ser manipulada.

  17. Diego permalink
    setembro 7, 2010 11:19 am

    Prezado Bruno Coelho:
    Respeito a tua opção.
    Mas, na minha opinião, é claro, ela se dá pelos motivos errados.

    Primeiro motivo errado: a de que a chapa dá-lhe Grêmio é a que menos renova. Ora, “renovar”, em si, não é um valor. Renova-se para melhor e renova-se para pior. O que importa é a qualidade dos integrantes. Extremando: Prefiro não renovar e ter Fábio Koff a renovar e ter Greminho.

    Segundo motivo errado: a questão da profissionalização. Profissionalização não é um valor. Valor é ter uma administração estratégica. Métodos profissionais. E, é claro, como meio, como instrumento, ter, na medida do necessário profissionais para a execução. Isso tudo quem fez, pela primeira vez, foi o pessoal do Grêmio Sempre ao liderar o primeiro Planejamento Estratégico de toda a história do Grêmio. Que o Odone, em campanha eleitoral, ironizava como os “quadradinhos do Preis”, mas declarou alto e bom som, no Conselho, que se não fosse seguido rigorosamente o Grêmio não sairia desta situação. E declarou, também, que foram os “quadradinhos do Preis” que salvaram o Grêmio.

    Quando no governo, o pessoal da chapa 1 nem sequer promoveu a obrigatória revisão do Plano Estratégico – hoje no Estatuto do Clube – por iniciativa do Grêmio Sempre.

    Essa revisão – muito mais lenta do que o desejável – está sendo feita pela gestão Duda com métidos rigorosamente profissionais.

    O lamentável é que, todas essas gestões, ao implementar a administração estratégica, têm sido muito timidas. Fazem à “meia-boca”. Mas melhor assim do que nada como era anterioremente.

    O Grêmio está nesta situação porque, nos anos 2000 a 2002, o pessoal da chapa 1 (Gestão Guerreiro) errou completamente a estratégia jogando fortunas pela janela contratando jogadores velhos Amato, Astrada, Paulo Nunes Nenê, Magrão e, o pior, deixando dívidas impagáveis, por passes que viraram pó em 2001 com a vigência da Lei Pelé (inclusive perda de Ronaldinho que eles – em erro primário – garantiam que não sairia do Grêmio)

    Enquanto isso o coirmão acertava a estratégia, levava com seriedade um planejamento e o resultado estamos vendo…
    Então, caro Bruno, com todo o respeito pela tua opção, tenho a convicção que ela se dá pelos motivos errados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: