Skip to content

Brasileiro’10: Esgotado o estoque de paciência

julho 18, 2010

Não vale escrever muito a respeito dessa vergonhosa derrota do Grêmio contra o Prudente por 2×0. Simplesmente porque os erros cometidos na noite deste domingo foram os mesmos que já reclamamos aqui e em outros blogs: quantidade absurda de erros de passes, falta de retenção no meio-campo, falta de posse de bola, falta de organização tática, falta de garra, falta de indignação.  Agora  soma-se um grupo desunido, em que um jogador critica  o outro da própria equipe. Por isso, esse time do Grêmio é a imagem da derrota e do conformismo.

Perder para o Prudente já é complicado. Porém, quando a derrota vem com um adversário mais modesto, cuja folha salarial sequer chega perto de R$ 4 milhões, e ainda jogando a maior parte da etapa final com um a menos, pareceria inacreditável, se não visse com meus próprios olhos. Incrível, mas venceu um time mais organizado, que soube prender a bola e soube se defender. Não há o que contestar o resultado final. Agora, o Grêmio está na zona de rebaixamento.

Demitir um técnico não é a solução mágica, mas não vejo futuro no time de Silas. A paciência acabou, pois ele teve seis meses para entrosar esse time, o que não ocorreu. Adilson Batista está dando sopa, então está na hora de agir. Agradecemos pelo título gaúcho, contudo Silas demonstra cada vez mais que é só isso que pode nos oferecer, o que é pouco para nossa torcida.  Ainda assim, não vamos apenas colocar a culpa em Silas. Afinal, um time com a  folha salarial que tem e na zona de rebaixamento, não é o caso de demitir o diretor de futebol também?


Anúncios
12 Comentários leave one →
  1. Nivo permalink
    julho 18, 2010 9:50 pm

    fora silas AGORA! AGORA!

  2. Alfredo Carlet permalink
    julho 18, 2010 10:01 pm

    Apatia, preparo físico horrível, desorganizado…

  3. Alfredo Carlet permalink
    julho 18, 2010 10:26 pm

    Quando o momento físico deles era ruim, Mário Sérgio usou esquema cauteloso, primeiro não perdendo, jogando agrupado no seu campo, para agredir no erro do adversário. Acabou na Libertadores, com realismo.

  4. Adail permalink
    julho 18, 2010 10:51 pm

    Esta apatia, falta de vontade e de garra, não é culpa somente do Silas, estes “atletas” que vestem a camisa do Grêmio no momento, e são MUITO BEM REMUNERADOS, não estão mostrando o mínimo de respeito com a história do Grêmio, parece estarem vestindo a camisa de um time de pelada de amigos no final de semana.
    Onde está a raça e garra tricolor.

    TÁ FALTANDO VERGONHA NA CARA, PARA QUEM COMANDA E VESTE A CAMISA DO GRÊMIO!!!

  5. Fabio Silva permalink
    julho 18, 2010 10:54 pm

    essa bola murcha ficaria completo com Kroef e Meria…..

  6. Rennan Oldra permalink
    julho 18, 2010 11:29 pm

    Uma coisa eu apóio o Silas, como ele mesmo disse: “não é o técnico quem abre a barreira”

    Uma coisa é certa, a simples demissão do Silas, no meu entender iria mais prejudicar do que arrumar o time. Com a volta do Souza, acho que o time vai ter uma cara nova.

    Abraço

    • julho 18, 2010 11:42 pm

      Queria ter o seu otimismo, Rennan. Mas não consigo. Antes o problema do Grêmio fosse apenas uma falha na barreira. ou a falta de um jogador, que nunca teve, em toda sua carreira, o papel de salvador da pátria. O time está totalmente desorganizado. Vendo o inconformismo de Toninho Cecílio mesmo diante do resultado positivo e a apatia de Silas mostrou que há muita coisa errada. Peço desculpas se agora parecer um corneteiro, mas não dá. E para alguém me deixar tão indignado a ponto que pedir a demissão de fulano ou sicrano, é preciso fazer muito. E Silas e Meira fizeram.

      • Rennan Oldra permalink
        julho 19, 2010 12:57 am

        Discordar de você eu não posso, mas a simples demissão do Silas não vai corrigir o MONSTRUOSO erro do Grêmio. Jogadores, Dirigentes e técnico, parcelas iguais para todos.
        E outra, antes de colocar toda a culpa no técnico, olhem para os jogadores que vocês consideram ídolos, não jogam nada e ainda por cima não tem um pingo de personalidade, não conseguem sequer fazer uma jogada individual para pelo menos dar uma alegria pra grande torcida tricolor.

        Corneteiro? não. Você está é sendo sincero. Nunca vi um Grêmio tão ruim!

    • Daniel permalink
      julho 19, 2010 9:39 am

      Um time grande não pode depender só das individualidades, primeiro tem que ter um bom coletivo. Veja o São Paulo, por exemplo. Nos últimos anos, não teve nenhum craque mesmo, daqueles que desequilibra e define a partida. Mas jogando um futebol muito tático, ganhou três Brasileiros seguidos e há muito tempo não sabe o que é ficar fora da Libertadores.

      O Silas não tem direito de achar que a torcida está errada em criticar só o treinador. Cada jogador responde por si mesmo, o único que responde pelo time inteiro é o técnico. E nem pode dizer que é perseguição, porque agora até quem o apoiava (eu, por exemplo) não quer mais ele no Grêmio. A direção sim pode ter uma parcela de culpa igual ou até maior que a do Silas, mas os jogadores só podem ser responsabilizados pelo que fazem individualmente e não pela falta de comando.

      Por mais alto que seja o salário do time, ele é pago só pra jogar, quem define como deve ser o jogo é o treinador. Esperar que os jogadores resolvam tudo por conta própria é como esperar que uma obra se faça sem engenheiros, só com pedreiros.

    • giovani montagner permalink
      julho 20, 2010 3:23 am

      esperar que o souza entre e mude tudo é um pouco pensamento mágico, mas torço que ocorra.

  7. Alfredo Carlet permalink
    julho 20, 2010 12:47 am

    A postura dos dois técnicos, totalmente oposta, chamou atenção, caro Bruno.
    São Paulo, eles, Cruzeiro tem potencial econômico muito superior, infelizmente.
    Trazer jogador caro do exterior…O Prudente mostou que o interior paulista é ótimo mercado

  8. giovani montagner permalink
    julho 20, 2010 3:17 am

    to pensando seriamente em não ver mais os jogos do Grêmio. é uma desolação sem tamanho, pior tortura inventada… mas certamente não conseguirei ficar sem me torturar, digo, ver os jogos.
    desde março critico a preparação física e o treinador, agora chegou num ponto em que nem nos meus piores pensamentos havia imaginado. não acredito que com um plantel bom e caro estejamos correndo risco de rebaixamento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: