Skip to content

Entrevista – Movimento Grêmio Independente

julho 9, 2010

A. Identificação.


1. Nome do Movimento

Movimento Grêmio Independente (MGI)

2. Data da Fundação.

16/11/2004

3. Principais Fundadores.

Homero Bellini Junior, Cláudio Leite Pimentel, Fernando Hackman Rodrigues, Cláudio Paim dos Santos, Roberto Pierri Bersch, Antônio Vicente Martins, Luis Augusto Portal, Antonio Carlos Maineri, José Arthur Mickelberg, Guilherme Pinho Machado, Sérgio Pegoraro, Milton Camargo, dentre outros.

4. Principal objetivo da sua criação.

Tornar o clube mais democrático; implantar eleições proporcionais para eleição do Conselho Deliberativo e diretas para Presidente; profissionalizar e modernizar a gestão do clube.

5. Atual Presidente e Equipe Diretiva.

Presidente: Milton Munhoz Camargo

Vice Presidente: Juarez Aiquel

1º Tesoureiro: Edson Berwanger

2º Tesoureiro: Claudio Paim

Secretário-Geral: José Vicente Contursi

2º Secretário: Luiz Fernando Moreira

6. Quantos membros possui o Grupo. Quantos destes são conselheiros do Clube ? Poderia listá-los?

São 62 sócios, integrantes efetivos, com pagamento de mensalidade, além de centenas de simpatizantes. O MGI conta com 28 conselheiros.

Renovam em 2010

1) Antônio Carlos Maineri;

2) Antônio Vicente da Fontoura Martins

3) Guilherme Pinho Machado

4) Juarez Souza Aiquel

5) Luiz Fernando dos Santos Moreira

6) Milton José Munhoz Camargo

7) Sérgio Sant´Anna Pegoraro

Renovam em 2013

1) Carlos Eugênio Nunes Lisboa (Cagê)

2) César Cidade Dias

3) Cláudio Paim dos Santos

4) Édson Berwanger

5) Eduardo Caminha

6) Fausto Gastão Marchiori Diefenbach

7) Fernando Hackmann Rodrigues

8) Homero Bellini Junior

9) Honório Gonçalves da Silva Neto

10) José Arthur Dahne Mickelberg

11) José César Rímolo Simões

12) José Vicente de Carvalho Contursi

13) Leandro André Krumpas Darcanchy

14) Luciano Benetti Correa da Silva

15) Luiz Augusto Franciosi Portal

16) Marcelo Aiquel

17) Marcelo de Liz Maineri

18) Mario Pocstaruk

19) Nestor Fernando Hein

20) Roberto Pierri Bersch

21) João Alfredo Píffero Steibel (suplente)

7. O Movimento participa da atual Gestão? Se não participa, concorda que seus membros participem?

O MGI não faz parte da atual gestão. Os membros podem, por decisão pessoal, participar da gestão, mas não representam o pensamento do movimento. Até agora, nenhum integrante fez parte da gestão do presidente Duda Kroeff.


8. Existem membros nomeados para comissões internas do Grêmio? Quais membros/comissões?

Sim, o Movimento Grêmio Independente participa de seis comissões estatutárias, onde apresenta projetos para o Grêmio e fiscaliza a atual gestão nas respectivas áreas, apesar destas comissões não estarem plenamente ativas.

Assuntos eleitorais: Milton Camargo

Futebol: Antônio Vicente Martins

Patrimônio: Sérgio Pegoraro

Planejamento estratégico: Juarez Aiquel

Marketing: Carlos Eugênio Nunes Lisboa (Cagê)

Finanças: José Cesar Simões

B. Ideias e Posicionamentos.

9. O Movimento é contra ou a favor da construção da Arena?

A favor, tanto que o MGI participou da comissão criada para acompanhar as negociações até a assinatura do contrato com a OAS.

10. O Movimento é contra ou a favor da Cláusula de Barreira para o CD?

Somos a favor de uma cláusula de barreira com um percentual menor do que o fixado nos estatutos. Essa foi a posição adotada de maneira uniforme pelos conselheiros do MGI na votação ocorrida no ano passado, quando a proposta acabou derrotada. Pensamos que esse tema deva ser retomado e amplamente discutido pelos associados antes de voltar a ser apreciado e decidido no Conselho.

11. O Movimento é contra ou a favor da Cláusula de Barreira para o Presidente?

O MGI é a favor de uma cláusula de barreira menor do que a atual. Também não descartamos um critério diferente do que é praticado pelo conselho. Entendemos que o conselho deve ser ouvido para aprovar os nomes dos candidatos. Assim, um conselheiro poderia votar em dois ou três nomes  para Presidente, fazendo com que a eleição seja decidida pelos associados.

12. Tem uma sugestão de melhoria/avanço nessas questões?

Já apresentamos sugestões que, infelizmente, foram recusadas pela maioria do Conselho Deliberativo. Uma opção seria um plebiscito entre os associados para diminuir as cláusulas de barreira e para alterar a forma da cláusula de barreira para Presidente.

13. Como seus integrantes votaram na reunião sobre a Cláusula de Barreira?

O MGI votou pela diminuição da cláusula de barreira para 20%.

14. Se o movimento não participa/apoia a atual Gestão, o Movimento já tem candidato para as próximas eleições?

O Movimento Grêmio Independente entende que as oposições devem apontar um candidato para as eleições e acredita que tem condições de apresentar uma candidatura. Antes, porém, é fundamental promover a renovação do Conselho Deliberativo para depois, definir o melhor candidato à presidência.

15. O Movimento é contra ou a favor aos sócios votarem pela Internet?

O MGI é favorável, desde que os votos sejam pessoais e secretos. Esta é uma questão que merece ser tratada com cuidado. Não há como negar que a maior participação do associado pode ajudar na democratização do clube, mas precisamos nos assegurar de que não haverá risco de fraudes. O novo regimento eleitoral contém a previsão de eleição via internet, mas com o registro de que só poderá ser  utilizado caso se tenha a absoluta segurança.

16.  O Movimento é contra ou a favor de postos de votação no interior?

Totalmente a favor. O Grêmio não é apenas dos associados que residem em Porto Alegre. Achamos que devem ser colocadas urnas no interior, nas cidades com um número mínimo de eleitores aptos a votar.

17. Quais as principais contribuições que o Movimento já deu ao Grêmio? Foram somente quando estavam na Gestão?

Nossos integrantes já contribuíram em muitas gestões do clube, em diferentes áreas, desde o final dos anos 1970. Mais recentemente, fora da gestão do clube, demos sustentação política à gestão do Presidente Paulo Odone, apesar de não fazermos parte de sua administração. Internamente, no Conselho Deliberativo, agimos no sentido de aprovar o Projeto Arena e para concretizar mudanças estatutárias importantes para a vida do clube.

18. O movimento tem conselheiros faltosos que poderiam ser enquadrados no artigo 66?

Não.

C. Estrutura


19. O Movimento tem sede física ou algum site atualizado na internet?

O MGI não tem sede física no momento. Na internet, o grupo conta com o site www.gremioindependente.com.br. No Twitter, as informações estão no www.twitter.com/MGIndependente. Além disso, o MGI envia newsletters a sócios e simpatizantes.

20. Quais as formas de um gremista entrar em contato com o Grupo?

Basta entrar em contato com qualquer um dos integrantes, visitar o site www.gremioindependente.com.br ou mandar e-mail para mgi@gremioindependente.com.br.

21. Como são aceitos novos membros? Existe alguma exigência para entrar no Grupo?

O único requisito é ser sócio do Grêmio e estar interessado pela modernização do clube. Temos duas categorias atualmente (associado e associado simpatizante). Para quem está se familiarizando com o MGI, o ideal é a modalidade de simpatizante. A adesão pode ser feita pela internet, pelo e-mail mgi@gremioindependente.com.br.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: