Skip to content

Placar bom, futebol nem tanto

julho 4, 2010

Depois do futebol triste contra o Coritiba, o Grêmio visivelmente melhorou e venceu o Vasco da Gama por 3×0, embolando tudo na Copa da Hora, uma vez que o Avaí passou pelo Coritiba. Assim, todos os clubes estão com três pontos, fazendo com que todos os ainda tenham chances de conquistar o título nesta segunda-feira (5), dependendo de suas combinações. No caso do Grêmio, vencer o Avaí é necessário, ao mesmo tempo em que o Coritiba precisa tropeçar contra o Vasco.

O placar de 3×0 é bom, alguns dizem que é goleada, mas o futebol apresentado pelo Grêmio nem tanto. Não quero ser rigoroso na análise de um amistoso, porém, esta é a minha função. Uma coisa é cobrar Silas no começo do ano, quando ainda está ajeitando o time. Outra é cobrá-lo na segunda metade da temporada, quando o time já deveria constar ajustado.

O que não me agradou é que falta de posse de bola por parte do Grêmio. Quando a defesa do adversário é uma mãe, então prende a bola no ataque, toque mais, porque assim os espaços vão aparecer ao natural. O placar de 3×0 poderia ser até maior nos primeiros 45 minutos se o Grêmio marcasse mais e prendesse a bola aos arredores da área defendida pelo goleiro Fernando Prass.

A marcação do time de Silas também deixou a desejar. Faltava cobertura para as subidas de Edilson e Neuton nas laterais. O meio-campo começou muito faceiro, tanto que Jefferson atuava com muita liberdade nas proximidades da área gremista e criou chances de gols. A marcação no setor melhorou um pouco com o passar do tempo, mas não em um nível satisfatório.

A vitória foi construída pela fragilidade do adversário, que é um dos fortes candidatos a brigar até o fim do Brasileirão para sair da zona de rebaixamento, e pela categoria da nossa dupla de ataque, Jonas e Borges, que se aproveitou bem das falhas defensivas do Vasco.

Foto: Flávio Neves/ClicRBS

No segundo tempo, Silas começou por tirar Adilson e Jonas para as entradas de Ferdinando e Roberson. Não concordei, pois preferia a saída de Rochemback, que pouco produziu na etapa inicial. Já o volante de confiança de Silas, também não fez nada notável. Talvez precise recuperar ritmo de jogo, visto que se com cem por cento de condição física, Ferdinando já causa discussões, imagine sem isso.

O técnico gremista ainda colocou em campo André Lima, Uendel, Fernando e Saimon. O jovem zagueiro entrou no final, então não teve muito que fazer.  Já o novo lateral-esquerdo, mais um jogador oriundo do Avaí, mostrou nada. Espero que seja apenas o impacto da estréia, se não for, começarei a questionar a serventia de sua contratação.

Já André Lima nem tocou na bola, mas há uma desculpa para isso. O Grêmio no segundo tempo decidiu em administrar o resultado e essa postura foi somada ao fato do Douglas, cérebro do nosso meio-campo, cansar no na etapa complementar, depois de um boa atuação no primeiro tempo.

Importante destacar também é que Silas recuou em suas convicções, ao menos nesta partida. Mário Fernandes provou que não pode ser, em hipótese alguma, reserva de Ozéia na zaga e tampouco de Edilson na lateral-direita. Não importe onde jogue, ele tem vaga no time titular. Aliás, diga-se, Rafael Marques é melhor do que Ozéia.

Gostei de Neuton, ainda precisa ajustar a marcação na esquerda e subir mais, no entanto, ele tem muita categoria e vai evoluir. O lançamento do campo de defesa, que posteriormente resultou no primeiro gol de Jonas, foi dele. Por outro lado, ainda estou esperando Leandro estrear pelo Grêmio. Aguardemos…


Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. Rennan Oldra permalink
    julho 4, 2010 3:03 pm

    Mas nem com resultado positivo as críticas cessam?
    pqp

    • julho 4, 2010 4:12 pm

      Rennan, minha função como blogueiro é fazer uma análise além do placar final. Fazer comentário sobre o resultado é a coisa mais fácil do mundo. Mas me cabe apontar as qualidades positivas e negativas do time, independentemente do placar. O Grêmio venceu o Vasco, por mérito próprio e também porque o adversário é fraco. Mas houve falhas. Vou omiti-las porque vencemos por 3×0? Pelo amor de Deus.
      Outra coisa, não confunda corneta com crítica construtiva. Você acompanha este blog há algumas semanas e deveria saber que não criticamos sem razão. Mas se você pensa que sou exagerado, amém, vivemos numa democracia.

      • Rennan Oldra permalink
        julho 5, 2010 3:06 am

        Não disse que você deve parar de criticar, mais pelo fato de dizer que o Grêmio jogou mal…
        Os 2 primeiros gols saíram de jogadas isoladas. Chute de longe do Jonas, e arrancada do Edílson. Já o 3° foi uma bela de uma cagada! mas mendigou dançou! kkkk

        rlx mano, é que eu ando meio com raiva de tanta crítica que vejo, algumas sem sentido nenhum, de certos “torcedores” e algumas vezes acabo me excedendo.

        me desculpe qualquer coisa…

        abraço.

  2. Rennan Oldra permalink
    julho 5, 2010 3:08 am

    Quanto ao “Bola murcha”, nem sei o que esse cara ainda faz no Grêmio, com a volta de Souza, vai ter o próprio, Douglas, Hugo e Maylson. Que chance ele tem?

  3. Alfredo Carlet permalink
    julho 6, 2010 2:21 pm

    CABEÇA DE ÁREA + ADILSON !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: