Skip to content

STJD voltou com tudo em suas incoerências

junho 2, 2010

Não existe explicação para as incoerências do STJD, que mais uma vez, atingiram o Grêmio. A suspensão de Jonas por dois jogos pode até ser discutível, mas ele receber essa pena e Edu Dracena ser punido com apenas uma partida escancara mais uma vez a falta de critério da entidade.

Por meio de sua súmula, Marcelo de Lima Henrique registrou que a atitude de Jonas foi um revide de Edu Dracena, que já havia lhe desferido um tapa na nuca do joga gremista. Logo, se houvesse bom senso, a pena deveria ser invertida. Não que Jonas esteja correto ao cometer esse tipo de atitude, mas numa partida onde os jogadores estão com nervo à flor da pele, mais irresponsável se torna aquele que pratica o primeiro ato de agressão, podendo a partir daí gerar uma confusão generalizada. Neste caso, Edu Dracena.

Há muito tempo desisti de tentar compreender a lógica do STJD. Nem eles se entendem, visto que inicialmente aplicam uma punição pesada e logo em seguida convertem a decisão a uma pena mais branda. É um órgão que por meio de suas trapalhadas e incoerências, mais atrapalha o futebol brasileiro do que necessariamente ajuda. É preciso sim coibir á violência, ao mesmo tempo em que é necessário ter coerência e clareza em suas punições. Nisso, o STJD passa longe.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: