Skip to content

Erro de comunicação ou propaganda enganosa?

março 7, 2010

Foto: Vinícius Rebello

Como era de se esperar, muitos não gostaram da nova camisa do Grêmio. Desta vez, porém, podemos afirmar que o modelo causou uma divisão. Há gente que não aprovou o novo design adotado (talvez a maioria) e outros que aprovaram a nova vestimenta. Este blogueiro que lhes escreve, por exemplo, achou bonita a nova camisa, mesmo com ressalvas, como a diferença de tamanho entre as listras azuis e pretas e a falta do branco, passando a impressão de ser uma camisa bicolor se a observá-la de longa distância.

Sem querer entrar mais nesta polêmica se a camisa é feia ou bonita, é preciso constatar que houve sim erro de comunicação por parte do Departamento de Marketing. O diretor Cesar Pacheco cometeu dois equívocos. Primeiro deles é afirmar que a camisa seria tradicional. Segundo foi fazer a comparação com a camisa de 1995, que também foi errônea. Por causa disso, o torcedor gremista esperou uma coisa e no final deu outra e isso pode explicar um pouco o sentimento de frustração de alguns.

Nos tempos atuais é impossível exigir que todas as camisas a cada temporada sejam tradicionais. Os fornecedores de materiais esportivos precisam mudar o modelo (às vezes cometendo crimes), caso contrário venderá tanto como deveria. O questionável modelo 2009, por exemplo, foi severamente criticado e mesmo assim obteve boas vendas, pois é possível observar muitos gremistas a usando (até este blogueiro tem uma). Além disso, uma das camisas mais bonitas do Grêmio em todos os tempos não pode ser chamada de tradicional, que é o modelo 2005, eleito o mais bonito do mundo pela Revista Monet.

O modelo 2010 não é tradicional. Uma camisa do Grêmio tradicional tem listras mais finas e de mesmo tamanho entre as cores azul e preto, assim como também há maior participação do branco, dando a entender de que se trata de uma camisa tricolor.  Um exemplo de camisa tradicional foi o desenho feito pelo nosso colega Tarciso Salvatore e até serviu de sugestão para o a camisa 2010.

O segundo erro foi a comparação com a camisa usada na Libertadores de 1995, porque não existe tamanha semelhança entre os modelos, principalmente  porque aquela camisa tinha as  listras azuis e pretas com praticamente o mesmo tamanho e uma distribuição distinta em relação à camisa de 2010. Se fosse para ter uma referência, Pacheco deveria indicar a camisa de 2003, que é a mais semelhante com o novo modelo.


Por essa razão, houve sim falha de comunicação do Departamento de Marketing do Grêmio, visto que prometeram uma camisa e veio outra completamente diferente. Pior, a direção corre o risco de ser acusada de enganar a torcida, pois houve uma venda no escuro, os torcedores passaram a ter uma referência completamente equivocada do que estaria por vir e  assim compraram o produto. Esse é um erro que não se pode cometer.

Anúncios
10 Comentários leave one →
  1. Daniel Augusto Danieli permalink
    março 7, 2010 10:14 pm

    Amigo Bruno,

    Dessa vez não concordo com você, essa camisa consegue ser mais feia que a do ano passado, se torcedores e blogueiros como você que conseguem passar idéias para as pessoas através do blog defenderem uma atrocidade dessas nunca mais teremos a camisa do Grêmio como ela deve ser. Sinceramente, quando vi o time entrar em campo com aquela camisa… nem parece o Grêmio.

  2. março 7, 2010 11:15 pm

    Caro Daniel.

    Particularmente, considero o modelo 2010 mais aceitável do que o anterior. Mas compreendo o que quer dizer, pois concordo com algumas críticas. A única afirmação que pode ser uma unanimidade neste debate é que mais uma vez a Puma não conseguiu agradar a todos, bem longe disso.

    Abraço.

  3. março 8, 2010 4:19 am

    Maracanã, novembro 1950, Grêmio 3×1 Fla.
    Grêmio de azul celeste cala, outra vez, o Maracanã.
    Surge a mística da celeste tricolor.

    • Filipe Almeida Hackford permalink
      março 8, 2010 6:33 am

      É verdade que o Grêmio foi o primeiro time de fora do RJ a vencer o Flamengo lá no Maracanã, mas a celeste que se comenta lá e eles (sudestinos em geral,os cariocas principalmente) não esquecem é a camisa celeste do Uruguai. Eu fui na final Grêmio 2×2 Flamengo em 1997, e usava o 3×1 como provocação e ninguem sabia disso…

  4. Filipe Almeida Hackford permalink
    março 8, 2010 6:46 am

    Uma direção burra que não sabe o que quer, contrata mal, só poderia fazer uma palhaçada com a promoção da camisa. Quando eu ví aquele ponto de interrogação no site da Grêmio,
    não tive dúvidas de que a camisa seria estranha. A PUMA se superou, o “Midea” tá bagaceiro,
    chama mais atenção que o ‘Tramontina”. E o bizarro da coisa, a camisa virou BICOLOR.
    Essa direção é muito burra ao dizer que a camisa seria parecida com a de 1995, sendo que ela é completamente diferente. Venderam 2000 camisas parece, acho que não vai ir longe disso.
    A verdade é que Adidas(sou fã), Nike (não sou fã dessa marca), Reebok, Umbro, Penalty(sou fã, mas hoje tá em baixa) e Olympikus fariam camisas melhores. Pra quem não tem as camisas antigas, a solução são as reedições, isso se conseguirem achar nas lojas.

    Fora PUMA, Fora Duda, Pacheco e cia.

  5. março 8, 2010 10:51 am

    Decepção geral. Parece que a direção do GRÊMIO deixa a Puma fazer o que quer com a nossa paixão. Bastavam pequenos ajustes (corrigir o azul, centralizar a lista branca e contornar o número com preto em vez de dourado) na camisa Libertadores 2009 que a venda explodiria.
    A camisa não chega a ser feia (tb, depois da KIKO, não poderia ser pior), mas NÃO É O GRÊMIO!!!
    Mais importante é que o escudo continua errado. Veja a diferença entre o escudo TRADICIONAL do GRÊMIO e a aberração usada hoje em dia em: http://www.gremiodemocratico.com/pages/resgate.html
    Respeito à tradição é resgate da dignidade. Só assim retomaremos o caminho das glórias.

  6. Firmino permalink
    março 8, 2010 6:04 pm

    O pessoal tem que parar de culpar a Puma por tudo. Acredito que nada foi imposto ao clube. Antes de lançar a camiseta ela passa por aprovação dos dirigentes, e se eles entenderem que precisa de alterações, solicitam. Ou seja, é mais culpa da direção do que qualquer outro.

    Mas, eu gostei da camiseta, e tenho visto pessoas que “não gostaram” no dia mas já estão aceitando. Tenho certeza que se essa camiseta levantar taça além do ruralito, o pessoal vai comprar em massa. Imagina se ela vira item cult no futuro? haha

    Nós, gremistas, estamos perdidos mesmo, corneteamos até nossa prórpria camiseta. Horrorosa é a camisa do time da beira do lago, por pior que possa vir a ser a nossa, ela será no máximo meia boca. hehe

  7. Claudio COLORADÇO permalink
    março 10, 2010 9:55 pm

    Olha..eu gostei do pij… opa, da camisa.
    Não sei pq a maioria dos blogs e no orkut tem gente dizendo que é desesperador o desenho , não acho tanto assim , abraços 😉

Trackbacks

  1. Sobre a novidade na camisa « Grêmio 1903
  2. Sobre a novidade na camisa » Grêmio 1903

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: