Skip to content

O mal está na dependência ao Tcheco

novembro 6, 2009
tags:

Tcheco  - 06-11-09

Em São Paulo, crescem os boatos sobre a vinda de Tcheco para o Corinthians. Alguns chegam a dizer que até existe um pré-contrato entre as partes, o que não acredito, mas também não considero impossível. Com uma renovação praticamente assegurada para 2010, desta vez até o próprio meia reclama da demora do Grêmio em definir a sua permanência.

Coincidentemente ou não, essas informações surgiram depois da mudança de perfil para 2010 anunciada por Paulo Autuori. Não demorou muito para que alguns integrantes da imprensa já associassem essa notícia a Tcheco, como se ele fosse a representação do fracasso.

Enquanto as especulações sobre a ida de Tcheco ao Corinthians continuam, alguns colegas corintianos me perguntam sobre o jogador e digo a eles que será uma boa contratação, caso se concretize. E logo em seguida, digo-lhes que torço para que Tcheco permaneça no Grêmio.

Como já deixei claro, não sou devoto à filosofia anti-Tcheco.  Acredito que muitos argumentos de torcedores que desejam a sua saída são defasados e injustos. Mesmo que o nosso camisa 10 não seja um craque, muito menos é um amarelão.

Não podemos nos esquecer que o Grêmio foi Campeão Gaúcho de 2007 e passou as fases decisivas da Libertadores do mesmo ano com Tcheco no time e decidindo alguns jogos. Assim como não poderia me esquecer do jogo em que vencemos o Palmeiras no Palestra Itália pelo Brasileirão 2008, com o gol do próprio camisa 10.

Ainda assim é verdade que Tcheco desaparece em alguns jogos? Sim, isso ocorre de fato, mas não por ele ter um espírito fraco na hora da decisão e sim porque os jogos decisivos geralmente são aqueles mais pegados e fortes na marcação.  E Tcheco não é mais nenhum garoto com os seus 33 anos.

Diante disso, o problema não está exatamente no jogador e sim no Grêmio.  Atualmente, o  time gremista criou uma dependência pelo Tcheco que  é  preocupante. Sem ele no time titular, o Grêmio passa a ser uma equipe com perda significativa no seu poder de criação.

Por essa razão que Tcheco é um jogador que agrega qualidade ao time gremista, mesmo que ainda tenha as suas limitações e apresente certo declínio físico. Então ele pode alternar entre o time titular e o banco de reservas, possibilidade que não incomoda o meia.

Mas o Grêmio precisa mesmo é diminuir a dependência ao Tcheco, o que não implica em dizer que ele deva sair do Olímpico. Portanto é imprescindível que o clube traga outro meia de qualidade. Isso não apenas ajudará o time de Paulo Autuori, também evitará com que se cometa mais injustiças com Tcheco.

Anúncios
7 Comentários leave one →
  1. novembro 6, 2009 7:24 am

    É isso ai Bruno voce tirou as palavras de minha boca, eu concordo que essa dependencia que o Grêmio tem do Tcheco atrapalha muito, mas pra mim tanto faz, ele saindo ou não acho que o Grêmio tem que contratar um cara muito bom pra ser o principal articulador do time, e como nos falavamos acho que as palavras dele e o que estao noticiando na imprensa ta com cara de despedida sim. abraço.

    Saudações do Gremista Fanático

  2. heraldo permalink
    novembro 6, 2009 2:45 pm

    O GREMIO sem o Tcheco, ficara na dependencia do souza e do autuori,mais borges,waschinton(?), e hugo e leandro e richarlison(parece que quer sair), Os polentas conseguirão colocar o vermelho no MANTO IMORTAL, nada mais obvio, nada mais cacalo e koff.

  3. novembro 6, 2009 3:37 pm

    Não tem mto q cometar… TU FALO E DISSE! ashahusuas
    eu sou fã do Tcheco, mas acabam crucificando ele as vezes. Ele nao é craque nem jovem, mas faz falta no time, mesmo assim nao se pode criar tamanha dependencia.

    E por favor né qrem Riquelme e Roberto Carlos, vão qrer nosso Tcheco?

  4. tarsischwald permalink
    novembro 6, 2009 4:24 pm

    Concordo contigo Bruno. E gostaria de ver o Roger no time.
    Aliás, estou tão desesperado que até o Ronaldinho Trairúcho, agora que ele aparentemente voltou a jogar um pouco. 🙂

    Abs!

  5. novembro 6, 2009 7:55 pm

    Hoje estou passando apenas para convidar a vocês para a estréia do nosso novo quadro, compareça, deixe seu comentário/opinião. Aguardo você lá. Trata das mulheres no futebol.
    Abraços.
    Equipe Esporte Total
    http://esportetotalbh.blogspot.com/

  6. Filipe Almeida Hackford permalink
    novembro 8, 2009 2:15 pm

    O problema do Tcheco no Grêmio é que com um tempo sem taças(clube e o jogador) e sem craques ele conseguiu ter a identificação da torcida e foi elevado ao “status” de ídolo. Porem o tempo passou e muitos viram que não era isso. O Tcheco é apenas um jogador mediano, mas diferentmente dos Tulios, Adilson ,Joilson,Alex Mineiros,Tutas da vida se podia esperar alguma coisa dele. Não sou um daqueles guris que colocam o Tcheco como ídolo, mas tbm não concordo em crucifica-lo totalmente e deixar fora do “castigo” Thiego,Herrera,Fabio Santos e principalmete quem contrata essas nabas.

  7. Alfredo Carlet permalink
    novembro 8, 2009 10:45 pm

    Tcheco, Peti, com mais idade, precisam do respaldo de um esquema tático, preparação física, especiais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: