Skip to content

Grêmio 3×2 Santo André – Campeonato Brasileiro 2009

julho 26, 2009
Foto: Daniel Marenco - ClicRBS / Rafael Marques e Souza foram os nomes da partida

Foto: Daniel Marenco - ClicRBS / Rafael Marques e Souza foram os nomes da partida

Uma noite fria de inverno dominava Porto Alegre neste sábado. A temperatura de aproximadamente 7°C provavelmente tirou a coragem de muitos torcedores de se aventurarem ao Olímpico para assistir à partida entre Grêmio e Santo André, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro 2009. E não dá para culpar quem ficou em casa. Sendo assim, 11.180 pessoas foram ver de perto a vitória do Grêmio, mas com tom de dramaticidade não esperado.

O jogo começou equilibrado. Logo nos primeiros minutos, o Santo André deixou claro que não havia viajado apenas para se defender. O Ramalhão, como é chamado, marcou na área gremista, dificultou muito a saída de bola. O Grêmio precisou de alguns minutos para se achar e criou chances de gols nos pés de Herrera e Tcheco.

Mas foi o time do ABC que saiu na frente. Gustavo Nery passa a bola para Marcelinho Carioca, que por sua vez a deixa passar para Antonio Flávio recebê-la livre pela esquerda (onde estava o Jadilson?) para entrar na área e chutar na saída de Victor. A bola entrou devagar, antes foi tocada pelo goleiro gremista, em seguida bateu a trave esquerda, mas quando Rafael Marques enfim a alcançou, ela já tinha cruzado a linha. O Santo André saia na frente no estádio Olímpico.

O Grêmio foi para cima, como era de esperar. Rafael Marques e Souza perderam chances incríveis. Tudo bem, mais tarde eles mudariam a história do jogo. No entanto, antes disso, o Santo André teve chances de fazer o segundo gol. Jadilson deixava uma avenida pela esquerda e a defesa custava a se recompor rapidamente nos contra-ataques do adversário. Adilson pouco apoiava o ataque no primeiro tempo e Tcheco estava numa noite apagada. Tudo para facilitar a marcação do time de Sérgio Guedes.

Nos minutos finais da primeira etapa, o Grêmio conseguiu reverter a situação. Quanto tudo apontava para vantagem do Ramalhão ao término primeiro do primeiro tempo, o Grêmio empata o jogo. Souza cobrou o escanteio e Rafael Marques se antecipou na primeira trave e desviou de cabeça a bola para o gol, deixando o placar em 1×1.

Porém, o melhor ainda estava por vir. Souza recebeu passe de Túlio e chutou a bola pela direita e encobriu Neneca. Um golaço, que o camisa 8 dedicou ao seu amigo Bosco, goleiro do São Paulo que se lesionou na partida contra o Internacional. Assim, o Grêmio voltaria aos vestiários com a vantagem no placar, mesmo jogando abaixo de sua capacidade.

No segundo tempo, o Grêmio melhorou, pressionando ainda mais o Santo André. E o terceiro gol esteve muito perto de sair de novo com a participação de Souza. Em cruzamento de Jadilson pela esquerda, o meia cabeceia a bola, que encobre novamente Neneca, mas desta vez o goleiro teve a ajuda da trave, que evitou o gol gremista.

No outro lado, Rafael Marques não fez outro gol (ainda), mas salvou o Grêmio de levar um empate. Victor já tinha feito boa defesa em chute de Gustavo Nery, Antonio Flávio pegou a bola e a levantou para Nunes mandá-la de cabeça ao gol. O goleiro gremista já estava quase vendido no lance, mas Rafael Marques a tirou de seu trajeto às redes e evitou o gol do time do ABC. Minutos depois, Nunes seria expulso por levar o seu cotovelo ao rosto de Herrera, que também deu a sua valorizada no lance.

Com um a menos, o Grêmio estava com a vitória quase garantida. Apenas faltava o terceiro gol para dar tranquilidade. E já com Joilson no lugar de Tcheco, Jadilson faz outro lançamento pela esquerda e Herrera de cabeça manda a bola para o gol, mas Neneca faz uma defesa simplesmente espetacular. O goleiro do Santo André ainda teve que trabalhar no chute de Adilson, bem melhor no segundo tempo e apoiando mais o ataque. Mas tudo parecia estar preparado para apenas Souza e Rafael Marques se protagonizarem. Em cobrança de falta pela direita aos 34 minutos, o meia lança para área e o zagueiro gremista cabeceia a bola para o gol, fazendo o terceiro gol gremista.

Ainda houve tempo para um chute na trave de Herrera e o gol do Santo André marcado por Ricardo Goulart aos 48 minutos. Porém já não havia tempo para mais nada. O Grêmio venceu novamente no Olímpico e obteve mais três valiosos pontos, mesmo jogando menos do que pode. O Tricolor foi para 21 pontos e se aproxima do G-4. Agora o desafio será o São Paulo no Morumbi. E quem sabe diante de um adversário forte, a primeira vitória longe do Olímpico aconteça.

Ficha Técnica – Grêmio 3×2 Santo André – 14ª rodada do Campeonato Brasileiro 2009

Grêmio
Victor; Mário Fernandes (Thiego), Léo, Rafael Marques e Jadílson; Túlio, Adílson, Tcheco (Joílson) e Souza; Jonas (Isael) e Herrera
Técnico: Paulo Autuori

Santo André
Neneca; Cicinho, Marcel, Cesinha e Gustavo Nery (Vinícius); Fernando, Ricardo Conceição, Marcelinho Carioca (Ricardo Goulart) e Elvis (Pablo Escobar); Antônio Flávio e Nunes
Técnico: Sérgio Guedes

Data: 25/7/2009 (sábado)
Local: Estádio Olímpico Monumental
Público: 11.180 pessoas
Renda: R$ 149.385,50
Árbitro: Alício Pena Júnior (MG)
Assistentes: Helberth Costa Andrade e Jair Albano Felix (MG)
Cartões amarelos: Ricardo Conceição, Elvis, Fernando, Gustavo Nery (Santo André); Souza, Mário Fernandes (Grêmio)
Cartão vermelho: Nunes(Santo André)
Gols: Antônio Flávio, aos 19min; Rafael Marques, aos 43min; Souza, aos 45min do primeiro tempo. Rafael Marques, aos 34min; Ricardo Goulart, aos 48min do segundo tempo

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. julho 26, 2009 1:43 pm

    Rafael Marques e Rever formam a melhor zaga gremista.

  2. julho 26, 2009 7:37 pm

    Grande Bruno, é sempre bom te-lo em meu blog, valeu a visita, e o seu blog continua show de bola, parabens, boa a vitoria do Grêmio apesar das dificuldades, e que partida do Souza, ele atuando assim é certo que o Grêmio vence, abraço.
    Saudações do Gremista Fanático

  3. Juliano permalink
    julho 26, 2009 8:55 pm

    Mais 3 pontos, isso é o mais importante. O resultado de 3×2 não diz bem o que foi o jogo, o tricolor foi superior o jogo todo e mereceu vencer, apesar das bobagens dos gols sofridos, no primeiro uma atenção dos meias e a zaga, e no segundo perdendo a bola em nosso campo quando se tentava administrar a partida. “Tcheco estava numa noite apagada” Bruno? Ele está sempre apagado, o time melhorou com a entrada de Joílson, acho que melhorou simplismente pela saída de Tcheco, está mais que na hora dele sair do time. Tem que contratar um meia para ajudar Souza, com isso até o ataque vai melhorar o seu rendimento. Agora está mais qu na hora de fazer umas 4 vitórias seguidas para entrar no G4, senão não vai conseguir. E anota aí, em mais 5 rodadas no máximo vamos estar na frente dos da beira do lago. FORA TCHECO e fora Duda “Obino”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: