Skip to content

No GREnal do centenário, não há favorito

julho 14, 2009

selo_centenario_grenal_600x450_

Antes do histórico GREnal do centenário, o real foco de todo gremista deve estar concentrado no jogo contra o Coritiba, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro 2009. Porém, já me antecipo a falar de algo no mínimo curioso sobre o clássico 377, quanto a questão do favoritismo do Grêmio, segundo alguns, como o blogueiro colorado Rafael Cechin e o colunista Diogo Oliver (calma, não estou fazendo uma campanha anti-Oliver).

Menos, muito menos. Naturalmente, como torcedor, tenho plena confiança no meu time para o clássico, mas não há favorito. O Grêmio está em ascensão, enquanto o Inter passa por uma fase ruim, mas o clássico é imprevisível. O GREnal é o tipo de jogo em que um detalhe pode definir o rumo da partida.

Favorito mesmo ocorre quando há forças desproporcionais entre os times, mas não é caso do próximo GREnal, pois Grêmio e Inter têm equipes qualificadas e com seus defeitos, como qualquer outra. Não há uma diferença grande entre os dois.

Há sim, vantagem que um tem em relação ao outro. O Grêmio é um time mais consistente do que o Internacional e também tem um técnico mais capacitado, enquanto o Inter tem mais talentos individuais para decidirem o jogo num lance e talvez tenha mais opções de banco. O jogo no Olímpico pode ser mais um ponto para o Grêmio, mas os colorados já venceram em nossa casa, assim como nós já triunfamos na deles.

Portanto, não me venham com esse papo de jogar a responsabilidade do favoritismo do GREnal do Centenário ao Grêmio.  O duelo será entre duas equipes com forças similares, que estarão dispostas a jogar todas as suas fichas para obterem a vitória. Por isso, não há favorito no GREnal 377.


PS: Por falar em Rafael Cechin, vai me perdoar, mas dizer que o Mano Menezes conhece mais o Inter do que o Grêmio por ser colorado é o mesmo de dizer que o Alexandre Pato conhece mais o Grêmio do que o Inter por ter nascido gremista.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. julho 18, 2009 4:16 pm

    Por ironia, Mano è colorado e o pobre Roth, ao contrario do insinuado na imensa campanha da imprensa vermelha contra ele no GRÊMIO, é gremista. Claro, profissionais da melhor qualidade.

  2. julho 18, 2009 10:57 pm

    Será que a arbitragem vai temer, outra vez, a CBF colorada?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: