Skip to content

Parabéns ao Mano e erros que o Grêmio não pode cometer

julho 2, 2009
Foto: Ricardo Duarte / Agência RBS

Foto: Ricardo Duarte / Agência RBS

Antes de tudo, é preciso enaltecer o trabalho de Mano Menezes no comando do Corinthians, repetindo uma enorme competência já conhecida quando trabalhava no Grêmio. Desde 2005, ao assumir o comando do Tricolor, o treinador já conquistou três campeonatos estaduais, repôs dois grandes clubes de volta à Série A, conquistou um vice-campeonato da Libertadores e agora ganha a Copa do Brasil. Neste momento, Mano Menezes é o melhor técnico do Brasil e o pragmatismo corintiano se deve a ele.

Em relação à final da Copa do Brasil, espero que os jogadores gremistas tenham visto a partida entre Internacional e Corinthians. Não com intuito de secar (embora seja impossível não o fazer), mas para observar os erros que não poderão ser cometidos na noite desta quinta-feira no Olímpico, contra o Cruzeiro.

O Internacional, precisando fazer três gols, pressionou muito pouco o Corinthians. Não havia marcação sob-pressão no campo do adversário e quando tinha a posse de bole, o time de Tite ameaçava muito pouco o clube alvinegro. O resultado foi o Corinthians matar o jogo no primeiro tempo, ao fazer 2×0. E a primeira grande defesa de Felipe, ocorreu apenas quando já havia esse placar, em chute de Nilmar. Para um time que precisava fazer uma diferença de três gols, foi um comportamento muito apático.

Então, o Grêmio não pode cometer esses erros. O segredo para reverter o placar de 3×1 a favor dos cruzeirenses obtido no Mineirão é a marcação sob-pressão, atuar mais no campo do adversário, forçar o erro cruzeirense e assim fazer com que surjam as oportunidades de marcar os gols necessários para a classificação.

Outro fator extremamente necessário é as aparições de Tcheco e Souza. D’Alessandro pouco jogou (no final, apenas se preocupou em arrumar confusão) e isso dificultou ainda mais as ações coloradas. Se os dois meias gremistas fizerem o mesmo no jogo desta quinta, então ficará muito difícil o Grêmio reverter a vantagem do Cruzeiro e Maxi López e Herrera ficarão isolados no time de Adilson Batista.

Missão fácil? Naturalmente não é fácil, ainda mais quando se trata de manter esse ritmo na maior parte dos 90 minutos. Porém, nesta fase da Libertadores e com uma desvantagem considerável a reverter, será necessário doação máxima por parte dos atletas. Portanto, que o jogo entre Internacional e Corinthians sirva de lição para o Grêmio diante do Cruzeiro. Reverter é possível, mas a postura do Grêmio terá que ser diferente da do Internacional.

Off-topic 1: Parabéns aos corintianos pelo Tricampeonato da Copa do Brasil.

Off-topic 2: Mais uma vez, parabéns ao Mano Menezes, segundo título conquistado dentro do Beira-Rio.

Off-topic 3: Solidariedades de um Tetracampeão da Copa do Brasil para os colorados. ,-)

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Leonardo permalink
    julho 2, 2009 3:20 pm

    NOVA VERSÃO DO CANTO DA TORCIDA CHOROLADA

    CHOROLADO CHOROLADO
    NADA VAI NOS CONSOLAR!!!!
    SOMOS TODOS UNS SOFREDORES!!!!!
    NÃO PARAMOS DE CHORAR!!!!!!

  2. julho 4, 2009 1:24 am

    Parabéns, igualmente, ao preparador físico, levado do GRÊMIO pelo Corinthians, Francisco. O Corinthians corre mais que todos. Pena não termos condição financeira para manter o excepcional fisicultor. O Mano é inteligente, preparo físico é fundamental.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: