Skip to content

Os dilemas do Grêmio

abril 3, 2009

grenal-1

Grandes dilemas passam pelas cabeças dos gremistas, ao mesmo tempo em que a desconfiança renasce no Olímpico. E o maior questionamento tricolor passa pelo clássico GREnal, pela Taça Fábio Koff. Usar ou não usar titulares? Eis a questão.

Num pensamento frio e calculista, a coerência manda colocar o time reserva. Porque expor os jogadores titulares a dois jogos de grande desgaste físico e mental num espaço de 48 horas, exige a escolha de uma prioridade, que neste caso, trata-se da Libertadores.

Em gramados gaúchos, já perdemos quatro jogadores. O primeiro foi William Magrão, que se lesionou em partida contra o Avenida e ficou fora do primeiro semestre e consequentemente da Libertadores. Logo depois Ruy no jogo contra o São Luiz. Já contra o Caxias, foi a vez de Douglas Costa fica fora do campo de batalha (com risco de ficar de fora por um mês), assim como Alex Mineiro, que oficialmente está fora da partida deste domingo, por dores musculares. Então, para aqueles que acham que o Grêmio deve jogar a competição estadual e continental com titulares, tem aí a prova que isso é suicídio.

Seguindo essa lógica, o roteiro manda usar reservas no Beira-Rio e preservar os titulares contra o Aurora. Mas o contexto manda exatamente o inverso.

Para uma menor parcela de gremistas, a qual eu me incluo, a derrota contra o Inter não será uma catástrofe (desde que haja um futebol minimamente satisfatório), mesmo significando o sétimo clássico sem vitória. Naturalmente, se o Grêmio vence, irei comemorar. Se perder, vida que segue e foco no Aurora.

Mas então, por qual razão defender titulares contra o Inter e até misto contra o Aurora? Porque a maioria não pensa desse jeito. A maior parcela da torcida gremista quer quebrar essa sequencia chata de jogos sem vitória, quer colocar água no chope colorado na festa dos 100 anos do Internacional, o que tornará este clássico como o GREnal do centenário colorado.

Como se não fosse o bastante, a pressão sobre Roth é quase insuportável. Não há técnico melhor do que ele no mercado, mas a maioria não quer saber, deseja de qualquer maneira a sua saída. Mais essa derrota no clássico seria perfeita para um novo levante sobre o técnico gremista.

E neste contexto, fica em jogo a confiança dos jogadores. Qual será o impacto para o jogadores, se houver mais uma derrota no GREnal? Como ficará a confiança dos atletas para a Libertadores? Será que eles suportarão o clima pesado que instalará no Olímpico, caso isso ocorra?

Podemos achar que toda essa tempestade é exagerada, quando se tem uma Libertadores no caminho. E de fato, é sim! O bom senso manda priorizar aquilo que é mais importante. No entanto, a verdade é que não é essa a tendência. Direção e Roth vivem em rota de colisão com boa parte dos torcedores e da mídia esportiva. E uma derrota no Beira-Rio colocará no epicentro desse terremoto, amplificado pela imprensa esportiva gaúcha, os jogadores e também o Projeto Libertadores.

Por essa razão, nunca um GREnal pôde ser considerado uma partida de Libertadores, como o clássico 376. Se o Grêmio vence, o time recupera a moral, os torcedores a auto-estima e a busca pelo Tri da América ganha força. Se perder, o time voltará a ser totalmente questionado, clima ficará ruim no Olímpico, haverá pressão de torcedores e da imprensa e a confiança no torneio sul-americano poderá ir pelos ares.

O GREnal de domingo exige os titulares, mesmo que toda coerência peça a utilização dos reservas. Mas tudo isso não ocorre pelo Campeonato Gaúcho. Depois desse jogo, o Grêmio até poderá voltar a escalar os reservas, caso prevaleça no clássico. Mas a vitória é pela Libertadores. Este jogo seria aquela injeção de ânimo que os jogadores precisam. Afinal, um clássico pode arrumar a casa de um e desarrumar a casa de outro.

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. Frank permalink
    abril 3, 2009 11:15 pm

    Acredito que nem com os titulares conseguimos engrossar para cima deles lá dentro. No primeiro turno foi assim, uma derrota injusta em Erechim e uma derrota mais do que justa no Beira Rio.
    Se os reservas vão conseguir mais uma derrota constrangedora no domingo, não importa, é um resultado esperado e totalmente dentro do normal. O problema é os titulares levarem mais uma tunda (o que, convenhamos, não é nada impossível, levando em conta o nosso ataque…) e terminarem de complicar as coisas para a continuação da primeira fase da Liber.
    O importante agora é classificar na Liber, e bem. Depois, começa outro campeonato. Nossas chances são poucas por enquanto, mas quem sabe o time não começa a se acertar, ainda mais sem essa maratona de jogos para atrapalhar… Imagina se ganhamos o GREnal, ainda teríamos uns 4 jogos para apertar no calendário? Não dá, complica geral…

  2. Régis permalink
    abril 3, 2009 11:22 pm

    Caramba, Bruno, esta foto é das antigas, da época em que a Coca-Cola patrocinava o campeonato brasileiro, e que não havia tanto rigor nos uniformes, visto que as meias de ambos os clubes eram idênticas. É bem legal rever estas imagens, sou bem saudosista. Agora lembrei que eu colecionava cards do chiclete ping-pong, onde vinham três por embalagem. Nesta coleção, o Grêmio tinha como goleiro o grande Manga, e a zaga chefiada por Hugo de Leon. A gurizada se enchia de cárie mascando chicletes, mas com o intuito de preencher cada um dos clubes. Quem lembra desta coleção, sabe o que estou falando. O divertido era a disputa na brincadeira do “bafo” durante o recreio na escola. A roubalheira era grande, todos melecavam a mão. hehehehehe Abraço a todos.

  3. elaine ruckert permalink
    abril 5, 2009 7:23 pm

    pelo amor de DEUS, sr. duda kroeff quando voces desta direção mediocre vao mandar o CELSO ROTH E O PREPARADOR FISICO PARA O QUINTO DOS INFERNOS??????????????????????????? querem que o nosso GREMIO PASSE PELO MESMO QUE FOI COM O PRESIDENTE OBINO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: